Geral, Jornal de Santa Catarina, clicRBSJornal de Santa Catarinahttp://jornaldesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/urn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-iatom© 2011-2018 clicrbs.com.br2018-05-24T16:13:41-03:00urn:publicid:clicrbs.com.br:24374251Universidades do Vale do Itajaí suspendem aulas por causa da greve dos caminhoneirosParalisações causam desabastecimento em todo o Estado2018-05-24T16:13:41-03:002018-05-24T16:13:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArtur MoserUniversidades do Vale do Itajaí suspendem aulas por causa da greve dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24374251Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-universidades-do-vale-do-itajai-suspendem-aulas-por-causa-da-greve-dos-caminhoneiros-10353950Universidades do Vale do Itajaí suspendem aulas por causa da greve dos caminhoneirosParalisações causam desabastecimento em todo o Estado2018-05-24T16:13:41-03:002018-05-24T16:13:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brAlém de efeitos no transporte coletivo, falta de gasolina nos postos de combustíveis, desabastecimento em mercados e vários outros problemas, a greve dos caminhoneiros que bloqueia estradas em todo o Brasil forçou a suspensão de aulas em unidades de ensino.Na rede pública de ensino em Blumenau as aulas estão confirmadas, mas a Secretaria Municipal de Educação sinalizou que não serão feitas avaliações até amanhã. Na rede de ensino superior a programação também foi afetada. A Universidade Regional de Blumenau (Furb) suspendeu todas as aulas quarta, quinta e sexta-feira. As atividades acadêmicas serão retomadas só na segunda-feira, enquanto a parte administrativa segue normalmente.O Ibes Sociesc suspendeu as aulas em todos os cursos quinta-feira e, a princípio, mantém a programação de sexta, mas os alunos devem acompanhar a situação via redes sociais da instituição. A Uniasselvi informou que a princípio mantém todas as atividades normalmente. No Litoral, a Univali também anunciou o cancelamento das aulas de graduação e pós-graduação nesta quinta e sexta-feira. As atividades serão retomadas só na segunda-feira. A suspensão vale para todos os campi da instituição.Leia maisSupermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosHospitais do Vale suspendem cirurgias eletivas por causa da greve dos caminhoneirosNão há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoAO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa CatarinaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaUniversidades do Vale do Itajaí suspendem aulas por causa da greve dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-universidades-do-vale-do-itajai-suspendem-aulas-por-causa-da-greve-dos-caminhoneiros-10353950Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24374210Supermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosUm aumento expressivo do movimento também foi registrado2018-05-24T15:57:53-03:002018-05-24T15:57:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick Rodrigues / Jornal de Santa CatarinaSupermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24374210Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-supermercados-de-blumenau-e-regiao-sao-impactados-pela-paralisacao-dos-caminhoneiros-10353931Supermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosUm aumento expressivo do movimento também foi registrado2018-05-24T15:57:53-03:002018-05-24T15:57:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA paralisação dos caminhoneiros já dura quatro dias nas rodovias de Santa Catarina e começa a impactar o abastecimento dos supermercados de Blumenau e região. Em levantamento feito pelo Santa com as principais redes da região, grande parte dos estabelecimentos relataram dificuldades no abastecimento do estoque. Um aumento expressivo do movimento também foi registrado, que pode acarretar num rápido processo de desabastecimento das gôndolas. O Giassi e Galegão inclusive estão buscando alternativas pra comprar produtos de hortifrutigranjeiros, que são os primeiros a sumirem das prateleiras, com a falta de reposição de mercadorias. A Cooper também aponta problemas com abastecimento e afirma que em algumas filiais começa a faltar produtos, principalmente perecíveis. O Bistek relata que não recebe há três dias mercadorias, que vem do centro de distribuição em Içara e se persistir a situação no sábado já deve ter alguns produtos de alto giro em falta, assim como a Rede Top, que também está com dificuldades com reposição. A rede Angeloni, que possui sua central de distribuição em Porto Belo emitiu nota informando que a situação atual é muito preocupante e o setor supermercadista está mobilizado para sensibilizar o Governo acerca dos impactos na economia e também com a perda de produtos que possuem o prazo de validade de poucos dias, que as barreiras montadas em Santa Catarina e nos demais estados comprometem toda a cadeia de abastecimento e, com isso, o setor vai ter uma queda significativa nas vendas neste período se a greve for mantida.O presidente da Associação Catarinense dos Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, afirma que caso o protesto não termine até esta sexta-feira, a partir do fim de semana consumidores podem sentir reflexos também em produtos de alto giro, como água mineral, que costumam receber cargas semanalmente dos fornecedores. Ainda que haja um acordo que ponha fim ao protesto até esta sexta, a estimativa é de que a situação só seja normalizada entre segunda e terça-feira, até que todos os caminhões se desloquem e consigam repor os estoques dos supermercados.Leia maisNão há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoAO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa Catarina Prefeitura de Blumenau anuncia medidas para economizar combustíveisPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaSupermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-supermercados-de-blumenau-e-regiao-sao-impactados-pela-paralisacao-dos-caminhoneiros-10353931Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24374203Hospitais do Vale suspendem cirurgias eletivas por causa da greve dos caminhoneirosSanto Antônio, em Blumenau, anunciou a medida em nota na tarde desta quinta2018-05-24T15:54:08-03:002018-05-24T15:54:08-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSLuiz Carlos Kriewall Filho / EspecialHospitais do Vale suspendem cirurgias eletivas por causa da greve dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24374203Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-hospitais-do-vale-suspendem-cirurgias-eletivas-por-causa-da-greve-dos-caminhoneiros-10353928Hospitais do Vale suspendem cirurgias eletivas por causa da greve dos caminhoneirosSanto Antônio, em Blumenau, anunciou a medida em nota na tarde desta quinta2018-05-24T15:54:08-03:002018-05-24T15:54:08-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs protestos dos caminhoneiros que chegaram ao quarto dia nesta quinta-feira trazem impactos também para a saúde. Hospitais do Vale do Itajaí suspenderam procedimentos e confirmaram a realização de cirurgias somente casos de urgência e emergência. Confira as medidas anunciadas pelos hospitais até a tarde desta quinta-feira:Hospital Santo AntônioConfirmou na tarde desta quinta a suspensão das cirurgias eletivas – aquelas com data marcada. Segundo o comunicado, a instituição vai dar prioridade às cirurgias de emergência, que continuam sendo feitas. Os procedimentos eletivos voltarão a ser feitos apenas após o fim da manifestação dos caminhoneiros. A direção do hospital pede apoio à população para que apenas casos de urgência e emergência sejam direcionados ao pronto-socorro.Hospital Regional do Alto Vale (Rio do Sul)Também anunciou que a partir desta sexta-feira deixará de fazer as cirurgias eletivas para efetuar apenas as de emergência. Hospital Beatriz Ramos (Indaial)Apenas cinco cirurgias de pequeno porte estão marcadas para esta quinta-feira. Depois disso, os procedimentos só serão feitos após a normalização do abastecimento de roupas, materiais e medicamentos, segundo o diretor-administrativo da unidade, Valter Francisco Neto. O mesmo vale para internações, que serão feitas apenas em casos de urgência e emergência.Hospital Waldomiro Colautti (Ibirama)Informou que por enquanto o atendimento segue normal e que há materiais e insumos para manter os serviços até a metade da próxima semana.Leia tambémSupermercados de Blumenau e região são impactados pela paralisação dos caminhoneirosUniversidades do Vale do Itajaí suspendem aulas por causa da greve dos caminhoneirosAO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa CatarinaGreve só acaba quando a isenção de impostos "virar lei", diz AbcamPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaHospitais do Vale suspendem cirurgias eletivas por causa da greve dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-hospitais-do-vale-suspendem-cirurgias-eletivas-por-causa-da-greve-dos-caminhoneiros-10353928Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24374099Não há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoFalta de combustível foi confirmada pelo presidente do Sinpeb2018-05-24T15:12:01-03:002018-05-24T15:12:01-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJean LaurindoNão há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24374099Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-nao-ha-mais-gasolina-e-etanol-nos-postos-de-blumenau-e-gaspar-afirma-sindicato-10353903Não há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoFalta de combustível foi confirmada pelo presidente do Sinpeb2018-05-24T15:12:01-03:002018-05-24T15:12:01-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO presidente do Sindicato do Comércio Varejista de derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb), Júlio Cesar Zimmermann, confirmou à reportagem do Santa que nesta quinta-feira, às 14h50min, não havia mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar. Além disso, o desabastecimento é registrado em postos do Alto Vale do Itajaí. Desde o fim da tarde de quarta alguns estabelecimentos já registravam falta de combustíveis o que se agravou nas últimas 24 horas.Isso motivou os postos a dispensar frentistas e fazer a limpeza nos pátios dos estabelecimentos. Agora os empresários aguardam notícias das negociações entre os caminhoneiros e o governo federal. Mesmo assim, Zimmermann alerta que os combustíveis demorarão para voltar às bombas.– Estamos aguardando notícias para semana que vem, porque acho que antes disso não vai ter reabastecimento. Pelo que estou vendo, nem hoje (quinta) nem amanhã (sexta) teremos abertura do terminal – afirma Zimmermann ao se referir sobre a base de distribuição de combustíveis em Itajaí.No total, Blumenau tem cerca de 60 postos filiados ao Sinpeb. Na região, são 270, em 43 municípios entre Ilhota e Pouso Redondo.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaNão há mais gasolina e etanol nos postos de Blumenau e Gaspar, afirma sindicatoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-nao-ha-mais-gasolina-e-etanol-nos-postos-de-blumenau-e-gaspar-afirma-sindicato-10353903Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24373821Greve dos caminhoneiros afeta distribuição do Santa; leia o jornal aqui2018-05-24T12:24:41-03:002018-05-24T12:24:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaGreve dos caminhoneiros afeta distribuição do Santa; leia o jornal aquiJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24373821Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-greve-dos-caminhoneiros-afeta-distribuicao-do-santa-leia-o-jornal-aqui-10353745Greve dos caminhoneiros afeta distribuição do Santa; leia o jornal aqui2018-05-24T12:24:41-03:002018-05-24T12:24:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brEm razão da greve dos caminhoneiros, a edição impressa do Santa teve sua distribuição afetada nesta quinta-feira (24) para a região do Vale e Alto Vale do Itajaí. O caminhão que transportava os exemplares foi impedido de chegar a essas localidades. A edição pode ser conferida abaixo.Você pode acessar a versão impressa clicando aqui.Assim que a situação for normalizada, as entregas serão retomadas. O conteúdo produzido pelo Santa continua sendo publicado normalmente no site www.santa.com.br.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaGreve dos caminhoneiros afeta distribuição do Santa; leia o jornal aquiJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-greve-dos-caminhoneiros-afeta-distribuicao-do-santa-leia-o-jornal-aqui-10353745Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-cdl-desmente-informacao-de-fechamento-mais-cedo-do-comercio-em-blumenau-10353755CDL desmente informação de fechamento mais cedo do comércio em BlumenauEntidade afirma que não fez nenhuma orientação sobre horário e que cada estabelecimento pode atender normalmente2018-05-24T12:16:13-03:002018-05-24T12:16:13-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau emitiu um comunicado na manhã desta quinta-feira que não fez nenhum tipo de orientação sobre o horário do comércio para esta quinta no município em virtude da greve dos caminhoneiros. Cada estabelecimento pode atender normalmente, dentro do horário habitual.O comunicado foi enviado após uma mensagem que circulou em aplicativos como o Whatsapp que informaram que a CDL teria orientado o comércio a fechar mais cedo como forma de apoio à paralisação.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCDL desmente informação de fechamento mais cedo do comércio em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-cdl-desmente-informacao-de-fechamento-mais-cedo-do-comercio-em-blumenau-10353755Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24373416Linhas intermunicipais do Vale estudam alteração nos horários para o fim de semanaVolkmann suspende operação no domingo, já as empresas Rainha e Presidente garantem operação total até esta sexta-feira2018-05-24T10:45:41-03:002018-05-24T10:45:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSRafaela MartinsLinhas intermunicipais do Vale estudam alteração nos horários para o fim de semanaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24373416Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-linhas-intermunicipais-do-vale-estudam-alteracao-nos-horarios-para-o-fim-de-semana-10353672Linhas intermunicipais do Vale estudam alteração nos horários para o fim de semanaVolkmann suspende operação no domingo, já as empresas Rainha e Presidente garantem operação total até esta sexta-feira2018-05-24T10:45:41-03:002018-05-24T10:45:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brAssim como a prefeitura de Blumenau, as empresas que operam linhas intermunicipais na cidade também estudam alterações. Pelo menos até esta sexta-feira, há a garantia de operação de todos os horários das empresas Rainha, Verde Vale, Presidente e Volkmann. A partir do fim de semana, porém, a manutenção dos itinerários não é garantida. Confira:::: Seterb confirma suspensão parcial de linhas de ônibus::: Prefeitura de Blumenau anuncia medidas para racionar combustíveisRainhaEstuda algumas suspensões de horários para o fim de semana, como forma de racionar o diesel e garantir parte da operação no início da próxima semana. Até sábado há a garantia de horários normais.VolkmannA empresa mantém a operação até sexta-feira. No sábado, haverá apenas três horários que ainda serão confirmados pela companhia. No domingo, não haverá linhas de ônibus de Pomerode a Blumenau.Expresso PresidenteA empresa garante a operação até esta sexta-feira. Para o fim de semana, a direção estuda suspender horários, tal como ocorre com o transporte coletivo de Blumenau.Verde ValeA empresa comemora o fato de ter recebido combustível na sexta-feira, o que garante a operação total até segunda-feira. Mas a direção ainda não decidiu se fará o racionamento ou não no fim de semana, decisão que será tomada até as 17h desta quinta. A tendência é de que nos próximos dois dias os horários sejam normais.CatarinenseA Viação Catarinense informou que todas as linhas estão em situação normal e que até o momento não houve problema de falta de diesel. Caso isso ocorra, pode ser analisada a unificação de horários, mas isso não ocorreu até o momento. Em Blumenau, foi informado que apenas encomendas não estariam sendo transportadas para evitar problemas em bloqueios de caminhoneiros.ReunidasA Reunidas confirmou que está com dificuldade de abastecimento de diesel e que já está com 28 horários paralisados. Os passageiros desses horários estão sendo remanejados para uma linha anterior ou posterior da tabela de horários. Até o fim de semana a empresa acredita que consegue manter a operação, mas caso o combustível continue em falta nos postos, mais ajustes devem ocorrer. A operação de cargas da empresa já está paralisada.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaLinhas intermunicipais do Vale estudam alteração nos horários para o fim de semanaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-linhas-intermunicipais-do-vale-estudam-alteracao-nos-horarios-para-o-fim-de-semana-10353672Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-prefeitura-de-blumenau-anuncia-medidas-para-economizar-combustiveis-10353660Prefeitura de Blumenau anuncia medidas para economizar combustíveisServiços de fiscalização estão suspensos e obras serão afetadas2018-05-24T10:35:14-03:002018-05-24T10:35:14-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brAlém da suspensão do transporte coletivo em diversos horários pelos próximos dias, a prefeitura de Blumenau anunciou nesta quinta-feira de manhã uma série de medidas de emergência para economizar combustíveis. A situação é uma resposta à falta de combustíveis na maioria dos postos da região, motivada pela paralisação dos caminhoneiros que está bloqueando rodovias desde segunda-feira.As mudanças foram anunciadas em uma coletiva de imprensa no Salão Nobre da prefeitura, com a presença do prefeito Mário Hildebrandt e de praticamente todos os secretários do poder público municipal. De forma geral, todos anunciaram a suspensão de fiscalizações preventivas e vistorias na cidade, priorizando apenas o atendimento interno, sem uso dos veículos.Serviços de saúde devem continuar atendendo normalmente, pois a prefeitura conseguiu reservar uma cota de combustível para atendimentos de emergência. Polícia Militar e Corpo de Bombeiros também informaram que têm gasolina até segunda-feira.Leia maisAO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa Catarina Blumenau amanhece com filas em postos de combustíveisA Defesa Civil anunciou não está mais fazendo vistorias e irá para a rua apenas para atender ocorrências. O mesmo ocorre na equipe do Desenvolvimento Social e outras pastas que trabalham com fiscalização.Na rede pública de ensino as aulas estão confirmadas, mas a secretaria de Educação sinalizou que não serão feitas avaliações nesta quinta e sexta-feira.O Samae frisou que o tratamento de água não está comprometido e que a coleta de lixo ocorre normalmente até domingo.No setor de obras da prefeitura, algumas frentes de trabalho que dependem de combustíveis para as máquinas ou de peças que vêm de outras cidades serão paralisadas. É o caso das obras nas ruas Humberto de Campos e General Osório. Obras que dependem apenas de trabalho manual continuarão normalmente.A Fundação Cultural cancelou o Parque da Leitura, marcado para sábado, e também a Biblioteca Ambulante desta sexta-feira.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPrefeitura de Blumenau anuncia medidas para economizar combustíveisJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-prefeitura-de-blumenau-anuncia-medidas-para-economizar-combustiveis-10353660Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24373290Seterb confirma suspensão parcial de linhas de ônibus em Blumenau. ConfiraNo domingo, os veículos nem sequer sairão da garagem2018-05-24T10:08:47-03:002018-05-24T10:08:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesSeterb confirma suspensão parcial de linhas de ônibus em Blumenau. ConfiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24373290Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-seterb-confirma-suspensao-parcial-de-linhas-de-onibus-em-blumenau-confira-10353636Seterb confirma suspensão parcial de linhas de ônibus em Blumenau. ConfiraNo domingo, os veículos nem sequer sairão da garagem2018-05-24T10:08:47-03:002018-05-24T10:08:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brEm coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira, a prefeitura de Blumenau confirmou a suspensão total de horários de ônibus em alguns períodos dos próximos quatro dias. No fim de semana haverá o maior impacto para o usuário. Para se ter ideia, no domingo os veículos nem mesmo sairão da garagem.A medida, segundo o presidente do Seterb Marcelo Althoff, é para garantir a operação pelo maior tempo possível com o estoque atual de combustível da Blumob. Segundo ele, sem o racionamento o combustível iria terminar nesta sexta-feira. Com a medida, há margem de segurança para atuar nos horários de pico até segunda-feira. Sem mudanças na situação dos caminhoneiros, a partir de terça-feira a Blumob não terá como atuar.— Temos também a preocupação com o reabastecimento. Depois que a situação normalizar, a Blumob ainda vai precisar de tempo para reabastecer a frota. A procura será muito grande — sinalizou o presidente da autarquia.Confira os horários em que haverá suspensão total do transporte coletivo:Quinta-feira, 24 de maio15h às 16h3019h às 21h30Sexta-feira, 25 de maio4h30 às 6h8h às 11h14h às 17h19h às 21h30Operação encerra às 22h45Sábado, 26 de maio4h30 às 6hOperação encerra às 13h30Domingo, 27 de maioNão haverá transporte coletivoSegunda, 28 de maio4h30 às 6h8h às 11h14h às 17h19h às 21h30Operação encerra às 22h45Entre 3h40 e 4h30 o transporte será normal para o deslocamento dos trabalhadores das fábricas.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaSeterb confirma suspensão parcial de linhas de ônibus em Blumenau. ConfiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-seterb-confirma-suspensao-parcial-de-linhas-de-onibus-em-blumenau-confira-10353636Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24373048Blumenau amanhece com filas em postos de combustíveisAlguns postos da cidade estão fechados por falta de combustível2018-05-24T09:05:24-03:002018-05-24T09:05:24-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJosé Alberto EspercotBlumenau amanhece com filas em postos de combustíveisJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24373048Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-blumenau-amanhece-com-filas-em-postos-de-combustiveis-10353564Blumenau amanhece com filas em postos de combustíveisAlguns postos da cidade estão fechados por falta de combustível2018-05-24T09:05:24-03:002018-05-24T09:05:24-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA paralisação dos caminhoneiros autônomos em todo o Brasil, que chegou ao quarto dia com 75 bloqueios em Santa Catarina, já afeta com força o abastecimento de combustíveis no Estado. Em Blumenau, o risco de desabastecimento causou grandes filas nos postos durante a manhã desta quinta-feira. Nos estabelecimentos próximos às rodovias, como no Badenfurt e na Fortaleza Alta, as filas chegaram a tomar o acostamento.O movimento acima do normal também causou o fim do estoque em diversos postos. Há relatos na cidade de estabelecimentos que estão vendendo apenas gasolina aditivada ou etanol. Em alguns casos, como em um posto na Rua São Paulo, a unidade nem abriu as portas nesta quinta-feira.Em alguns postos que ainda têm gasolina, consumidores relatam aumentos abusivos. Um estabelecimento no bairro Fortaleza teria aumentado o valor para R$ 4,59 na quarta-feira à tarde, e consumidores chegaram a relatar valores de R$ 4,89 em outras regiões de Blumenau.Leia maisTransporte coletivo de Blumenau estuda mudanças em função de protestos dos caminhoneirosCaminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialAO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa CatarinaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaBlumenau amanhece com filas em postos de combustíveisJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-blumenau-amanhece-com-filas-em-postos-de-combustiveis-10353564Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-blumenau-adere-ao-dia-da-liberdade-de-impostos-10353296Blumenau adere ao Dia da Liberdade de ImpostosNo município, 27 estabelecimentos comerciais vão prestar serviços e vender produtos com desconto de tributos e taxas incidentes2018-05-24T08:00:02-03:002018-05-24T08:00:02-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brBlumenau está entre os municípios que vão participar nesta quinta-feira do Dia da Liberdade de Impostos, uma ação de conscientização sobre a carga tributária que incide em produtos e serviços e que onera a população. A data marca o dia em que o brasileiro começa a trabalhar para pagar contas e não mais os impostos.Em Blumenau, a ação é organizada pela CDL Jovem, núcleo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Além da venda de produtos sem impostos em 27 estabelecimentos, haverá ações de panfletagem e conscientização sobre o tema (confira na tabela). A iniciativa é da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e ocorrerá em 17 Estados. Empresários dos mais variados segmentos venderão produtos com o desconto referente ao valor dos impostos incidentes.Neste ano, a campanha tem como mote o “Impostossauro – o Pesadelo do Brasil”. O “mascote” é um dinossauro, mostrando que o sistema tributário do Brasil é arcaico e feroz, por “morder” uma parte de tudo que compramos. O vice-coordenador da CDL Jovem Blumenau e um dos organizadores do evento na cidade, Jefferson Godoy, destaca a importância da conscientização do consumidor sobre os impostos pagos.– Todos sabemos que no Brasil a carga tributária é alta, mas, em geral, as pessoas não se dão conta de quanto de imposto realmente pagam. O objetivo da ação é justamente mostrar esses valores e como isso impacta na vida do empresário e do consumidor – explica Godoy.O presidente da CDL de Blumenau, Helio Roncaglio, destaca a importância da ação para despertar nos cidadãos a necessidade de se informar e procurar meios de mudar este cenário.– A carga tributária no Brasil é alta, pois foi aprovada pelos políticos, nossos representantes. Todos nós, empresários ou não, sofremos diretamente com isso e devemos nos informar e cobrar por um sistema mais justo. O Dia da Liberdade de Impostos está aí para despertar o interesse nas pessoas pelo tema – pondera.Como será a data na cidadeLojas de três shoppings e outros cinco estabelecimentos participarão do Dia da Liberdade de Impostos na cidade, totalizando 27 estabelecimentos comerciais. Cada local terá as próprias regras, como quais e a quantidade de itens que serão vendidos sem impostos e a forma de pagamento. Confira a programação completa com as ações e as empresas parceiras em tinyurl.com/liberdadeimpostos.Ações de conscientizaçãoPraça Dr. Blumenau: das 9h às 10h30minEntrega de panfletos à população e mostra de produtos com os respectivos valores de impostos.Neumarkt Shopping: das 12h às 14h e das 18h às 20hEntrega de panfletos.Shopping Park Europeu: das 12h às 14h e das 18h às 20hEntrega de panfletos.Norte Shopping: das 12h às 14hEntrega de panfletos aos clientes.::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaBlumenau adere ao Dia da Liberdade de ImpostosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-blumenau-adere-ao-dia-da-liberdade-de-impostos-10353296Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24372605Projeto quer combater pichação em BlumenauNovas leis endureceram multas contra infratores e ações querem promover o grafite, mas fiscalização depende de apoio da comunidade2018-05-24T07:30:02-03:002018-05-24T07:30:02-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesProjeto quer combater pichação em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24372605Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-projeto-quer-combater-pichacao-em-blumenau-10353278Projeto quer combater pichação em BlumenauNovas leis endureceram multas contra infratores e ações querem promover o grafite, mas fiscalização depende de apoio da comunidade2018-05-24T07:30:02-03:002018-05-24T07:30:02-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrocar rabiscos e sinais das pichações pelas formas coloridas do grafite e dar mais cor aos muros de Blumenau. É esse o caminho de um projeto que pretende fechar o cerco contra os pichadores na cidade por meio de fiscalização, multas mais caras e novas penalizações contra quem suja fachadas de imóveis públicos ou particulares.Aprovada pela Câmara de Vereadores de Blumenau e sancionada pelo prefeito Mário Hildebrandt (PSB) semanas atrás, a Lei Complementar 1.183 prevê que, a partir de agora, quem for flagrado pichando ou colocando cartazes sem autorização é obrigado a arcar com o reparo do dano ao proprietário do imóvel. Terá que pintar novamente o local para cobrir a pichação. A lei é de autoria do vereador Marcos da Rosa (DEM), presidente da Câmara e idealizador do projeto “Blumenau sem pichação”.– É um problema que tem aumentado em Blumenau. A gente passa por algumas ruas e fica até envergonhado. Vamos deixar nossa casa suja assim? Pichar é crime, a pessoa pode ser penalizada por dano ao patrimônio, e precisamos apertar o cerco. Esse movimento agora tem duas leis que tornaram mais dura a legislação contra esse delito e ainda queremos fazer uma série de ações na cidade – explicou o vereador.No ano passado, a Câmara havia aprovado uma outra emenda à Lei 2047, do ano de 1974, que instituiu o Código de Posturas do Município. Nos anos 1970 a lei já previa penalização aos pichadores, mas ela foi se tornando mais específica e dura com o tempo. Em 2014, ganhou uma nova redação, ampliando o conceito de pichação, e com a lei do ano passado delimitou novas multas em caso de reincidência. Atualmente, conforme a legislação, a cobrança aos pichadores deve ser em torno de R$ 1,5 mil, ficando mais cara com as taxas de reajuste anuais. A multa dobra em caso de reincidência e também é pesada (de R$ 5 mil) para os comércios que venderem latas de tinta spray para menores de idade e não mantiverem cadastro dos compradores.O problema, no entanto, é fazer a lei valer e efetivamente fiscalizar a ação dos pichadores nas ruas de Blumenau. No papel, a função é dos fiscais do município e da Polícia Militar. Na prática, os órgãos dependem bastante da colaboração da população:– A ação da Polícia Militar é muito importante, mas depende da fiscalização de todos nós. As entidades e lojistas também estão abraçando a causa, então devemos promover uma campanha de conscientização na cidade – frisou Marcos da Rosa.Nesse caso, um meio de denúncia para os moradores é pelo WhatsApp da PM de Blumenau. No número (47) 99993-8910 a população pode enviar mensagens com denúncias e, inclusive, fotos das pichações para comunicar a polícia.Reunião com grafiteiros para definir medidasDiferentemente de projetos em outras cidades que trocam os desenhos nos muros por camadas lisas de tinta, a ideia em Blumenau é incentivar o grafite como arte no local da pichação. Por isso, a Fundação Cultural também entrou no debate ao lado do Conselho Municipal de Cultura e do Conselho do Museu de Arte de Blumenau. A ideia é capacitar e trazer para perto das ações os grafiteiros, transformando os lugares pichados em murais grafitados.– A partir de julho vamos reunir os grafiteiros, apresentar a lei e conversar com eles para ver quais ações implantar. Estamos com seis espaços grafitados na Fundação Cultural e há vários em Blumenau que eles desenharam a pedido da prefeitura. Um grupo finaliza nesta semana um mural no novo trecho da Rua Humberto de Campos, que bancamos pela fundação e com materiais doados pela Secretaria de Turismo – ressaltou o presidente da Fundação, Rodrigo Ramos.Mesmo com a dificuldade de fiscalização, Ramos vê as novas leis como uma maneira de trazer o assunto à tona e debater meios de substituir o vandalismo pela arte, trabalhando nas áreas da educação e da cultura.::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaProjeto quer combater pichação em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-projeto-quer-combater-pichacao-em-blumenau-10353278Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:23555820Transporte coletivo de Blumenau estuda mudanças em função de protestos dos caminhoneirosEm nota, Seterb informou que empresa Blumob tem combustível para manter serviço até sexta-feira e que vai utilizar ônibus menores em linhas desta quinta-feira2018-05-23T19:37:22-03:002018-05-23T19:37:22-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSLucas CorreiaTransporte coletivo de Blumenau estuda mudanças em função de protestos dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:23555820Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-transporte-coletivo-de-blumenau-estuda-mudancas-em-funcao-de-protestos-dos-caminhoneiros-10353093Transporte coletivo de Blumenau estuda mudanças em função de protestos dos caminhoneirosEm nota, Seterb informou que empresa Blumob tem combustível para manter serviço até sexta-feira e que vai utilizar ônibus menores em linhas desta quinta-feira2018-05-23T19:37:22-03:002018-05-23T19:37:22-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs protestos de caminhoneiros ameaçam refletir também no transporte coletivo de Blumenau. No início da noite desta quinta-feira, o Seterb emitiu um comunicado informando que, no momento, a Blumob, empresa responsável pelo serviço, possui combustível para manter o funcionamento normal do sistema até esta sexta-feira.Em função disso, a Blumob e o Seterb vão avaliar medidas para racionalizar o uso da frota. A primeira definição é que nesta quinta-feira o serviço vai operar normalmente, com todas os horários, porém substituindo ônibus maiores por veículos menores operando em determinados horários buscando uma economia de diesel. Ao longo da manhã desta quinta uma reunião com a empresa será feita para decidir outras possíveis medidas para os próximos dias.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTransporte coletivo de Blumenau estuda mudanças em função de protestos dos caminhoneirosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-transporte-coletivo-de-blumenau-estuda-mudancas-em-funcao-de-protestos-dos-caminhoneiros-10353093Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24371833Pneus são queimados em manifestação na cidade de GasparSegundo a PRF, a principal orientação é para que não haja o bloqueio do fluxo de veículos na pista2018-05-23T17:46:43-03:002018-05-23T17:46:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesPneus são queimados em manifestação na cidade de GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24371833Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-pneus-sao-queimados-em-manifestacao-na-cidade-de-gaspar-10352996Pneus são queimados em manifestação na cidade de GasparSegundo a PRF, a principal orientação é para que não haja o bloqueio do fluxo de veículos na pista2018-05-23T17:46:43-03:002018-05-23T17:46:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brHá quatro fogueiras com pneus incendiados e uma fumaça escura que recobre a marginal da rodoviaFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa CatarinaVinte quilômetros antes, no Km 48 da BR-470, em Gaspar, caminhoneiros fazem mais um dia de bloqueio. As condições são as mesmas do de Indaial: passagem livre para carros de passeio e abordagem a quem transporta carga. Por ali há menos caminhões estacionados, cerca de 50, mas há quatro fogueiras com pneus incendiados e uma fumaça escura que recobre a marginal da rodovia. O hino do Brasil também é executado durante todo o dia. Há também algumas faixas também incluem dizeres como “Greve geral”, “O Brasil vai parar”, “Fora, Temer” e até em defesa de intervenção militar.– Nossa luta é pela redução do preço do diesel, que é o maior problema, mas também por mais segurança nas estradas, redução nos pedágios. Tudo isso aumenta muito o nosso custo e dificulta o trabalho – conta Antônio Sueira Filho, um dos integrantes do ato.Segundo a PRF, a principal orientação é para que não haja o bloqueio do fluxo de veículos na pista, algo que os manifestantes concordaram. Eles desmentem com veemência o boato de que a pista seria fechada até mesmo para veículos de passeio nesta tarde, alegam que isso é apenas uma tentativa de enfraquecer o movimento.O único conflito registrado pela PRF foi a de um motorista de um automóvel que relatou ter tido o carro danificado ao passar pelo Km 48 em Gaspar. A PRF esteve no local na tarde desta quarta e conversou com os manifestantes, que afirmaram que ele teria tentado furar o bloqueio. Em uma conversa rápida, foi definido que as abordagens continuariam a ser feitas como foram até agora, impedindo apenas a passagem de veículos de carga e liberando os carros de passeio ou veículos vazios.Leia tambémCaminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPneus são queimados em manifestação na cidade de GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-pneus-sao-queimados-em-manifestacao-na-cidade-de-gaspar-10352996Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24371832Caminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialManifestantes afirmam que há cerca de 500 caminhões estacionados em pátios e às margens do Km 68 da BR-4702018-05-23T17:45:53-03:002018-05-23T17:45:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesCaminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24371832Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-abordam-condutores-e-protestam-pelo-terceiro-dia-em-indaial-10352992Caminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialManifestantes afirmam que há cerca de 500 caminhões estacionados em pátios e às margens do Km 68 da BR-4702018-05-23T17:45:53-03:002018-05-23T17:45:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNo acostamento do Km 68 da BR-470, em Indaial, um grupo de cerca de 20 pessoas aborda motoristas que passam nos dois sentidos. Quem passa de carro de passeio, ônibus, vans com passageiros ou carga de alimentos sem refrigeração tem caminho livre. Já os condutores de caminhões, kombis, caminhonete e até pick-ups compactas com alguma carga, até mesmo peças de ferro-velho, precisam baixar o vidro e conversar com os manifestantes. Alguns são convidados a estacionar em um pátio ou às margens da rodovia e permanecer por ali.O trecho de Indaial é um dos três pontos da BR-470 em que havia paralisação nesta quarta-feira, o terceiro dia de protestos dos caminhoneiros contra a recente alta dos combustíveis no Brasil. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os outros pontos ficam no Km 48, em Gaspar, e no Km 90, em Ascurra. Na Rua Anfilóquio Nunes Pires, bairro Bela Vista, em Gaspar, trecho municipalizado da Rodovia Jorge Lacerda, caminhoneiros também fazem um ponto de paralisação nesta quarta.A 400 metros do ponto em que os caminhões são abordados em Indaial, outro grupo de motoristas permanece em volta de um motor-home com um toldo e bandeiras do Brasil. Ali é uma espécie de base dos manifestantes. Eles estão por ali desde segunda-feira. Organizam refeições como o cachorro-quente servido ao meio-dia desta quinta e recebem alimentos que segundo eles são doados por empresários e apoiadores.Os caminhoneiros são enfáticos em dizer que o movimento é coletivo e não há uma única liderança, mas são eles que ajudam a coordenar a manifestação ao longo desses três dias. Um deles é Júlio Cesar Nunes Leite. Ele reforça um discurso que é comum por ali: o de que o protesto é contra alta no preço do diesel, mas não só isso.– Nosso protesto é também contra os altos valores de pedágios, a cobrança por eixos suspensos, pela diminuição da carga tributária, o valor do frete e até uma revisão na política de multas, contra a chamada indústria das multas. Do jeito que está fica inviável, estávamos tirando do padrão de vida da nossa família para conseguir absorver todos os custos – argumenta Júlio, que sugere até a privatização da Petrobras como uma medida para trazer competitividade e baixar os preços dos combustíveis.Caminhoneiros parados dizem apoiar movimentoAté o início da tarde desta quarta os manifestantes contabilizavam cerca de 500 caminhões parados no trecho de Indaial. Apesar de recusarem qualquer ligação com sindicatos ou grupos políticos, no grupo que aborda os motoristas há manifestantes com camisa e panfletos do movimento “O Sul é Meu País”. Embora refute o rótulo de líder, Júlio tenta dar alguma orientação aos que abordam os carros e acompanha para que ninguém ligado a sindicatos participe do ato.– Não é ser líder, mas se não tiver alguém para organizar, não funciona. Anarquia é só no livro de Karl Marx que é bonito – afirma.Nos caminhões estacionados, motoristas como Leopoldo José Lermen, 62 anos, esperam por uma definição para conseguir seguir viagem. Ele carregou quatro toneladas de frango em Joinville e seguia para Chapecó até parar em um protesto nesta terça-feira, em Massaranduba. Conseguiu seguir viagem, mas no mesmo dia parou na manifestação de Indaial, onde nesta quarta-feira seguia estacionado, com o motor ligado para que a câmara fria conserve a carga congelada. Por pelo menos mais dois dias o diesel deve conseguir manter os alimentos conservados.– Acho justo o protesto porque não tinha mais condição de a gente trabalhar. Estávamos rodando por nada, o frete não aumenta, o preço do diesel, não tem condição. Tem que ser feita alguma coisa – afirma.Leia também Pneus queimados e manifestação também em GasparPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCaminhoneiros abordam condutores e protestam pelo terceiro dia em IndaialJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-abordam-condutores-e-protestam-pelo-terceiro-dia-em-indaial-10352992Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24371390Ponte de Ferro e túnel serão fechados para manutenção na manhã desta quinta-feiraEstruturas passarão por manutenção e limpeza. Trânsito ficará interrompido entre 5h e 6h45min2018-05-23T14:54:33-03:002018-05-23T14:54:33-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSHugo César de Lima SalesPonte de Ferro e túnel serão fechados para manutenção na manhã desta quinta-feiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24371390Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-ponte-de-ferro-e-tunel-serao-fechados-para-manutencao-na-manha-desta-quinta-feira-10352842Ponte de Ferro e túnel serão fechados para manutenção na manhã desta quinta-feiraEstruturas passarão por manutenção e limpeza. Trânsito ficará interrompido entre 5h e 6h45min2018-05-23T14:54:33-03:002018-05-23T14:54:33-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs motoristas que costumam utilizar a Ponte Aldo Pereira de Andrade, a Ponte de Ferro, no Centro, de Blumenau, e o túnel da Rua Vitório Alcântara, no bairro Ponta Aguda, devem rever o trajeto nas primeiras horas na manhã desta quinta-feira. Isso porque as duas estruturas serão interditadas para manutenção.Servidores da Secretaria Municipal de Conservação e Manutenção Urbana farão reparos e limpeza da ponte e do túnel. O trânsito ficará fechado entre 5h e 6h45min. A Guarda Municipal de Trânsito estará no local para orientar os motoristas. Em caso de mau tempo, os serviços podem ser adiados.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPonte de Ferro e túnel serão fechados para manutenção na manhã desta quinta-feiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-ponte-de-ferro-e-tunel-serao-fechados-para-manutencao-na-manha-desta-quinta-feira-10352842Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24371126Motoristas de vans escolares protestam contra alta dos combustíveis em BlumenauEm manifestação organizada pela associação da categoria, cerca de 70 veículos percorreram as principais ruas da cidade na manhã desta quarta-feira2018-05-23T12:23:40-03:002018-05-23T12:23:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDiorgnes LimaMotoristas de vans escolares protestam contra alta dos combustíveis em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24371126Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-motoristas-de-vans-escolares-protestam-contra-alta-dos-combustiveis-em-blumenau-10352715Motoristas de vans escolares protestam contra alta dos combustíveis em BlumenauEm manifestação organizada pela associação da categoria, cerca de 70 veículos percorreram as principais ruas da cidade na manhã desta quarta-feira2018-05-23T12:23:40-03:002018-05-23T12:23:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brMotoristas de vans escolares organizaram uma carreata pelas principais ruas de Blumenau na manhã desta quarta-feira em protesto aos aumentos no preço dos combustíveis. Cerca de 70 veículos participaram da ação, que foi organizada pela Associação dos Permissionários do Transporte Escolar de Blumenau (Apteblu).De acordo com o presidente da Apteblu, José Carlos de Souza, a ação serviu de apoio à manifestação que caminhoneiros organizam em todo o país desde segunda-feira. Conforme Souza, um novo manifesto está agendado para ocorrer no próximo dia 6 de junho, em todo o país.Para sexta-feira, grupos de motoboys de Blumenau também estão organizando um ato pelas ruas da cidade. A manifestação está programada para começar às 15h na Prainha e seguir para a Rua 7 de Setembro.Leia maisGreve dos caminhoneiros chega ao terceiro dia com bloqueio em 42 trechos de SCProtestos de caminhoneiros podem causar desabastecimento em postos até sexta-feira, afirma sindicatoPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaMotoristas de vans escolares protestam contra alta dos combustíveis em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-motoristas-de-vans-escolares-protestam-contra-alta-dos-combustiveis-em-blumenau-10352715Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24369519Protestos de caminhoneiros podem causar desabastecimento em postos até sexta-feira, afirma sindicatoSupermercados também temem falta de produtos nos próximos dias se situação se mantiver, sobretudo em setores como frutas e verduras2018-05-23T11:25:42-03:002018-05-23T11:25:42-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesProtestos de caminhoneiros podem causar desabastecimento em postos até sexta-feira, afirma sindicatoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24369519Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-protestos-de-caminhoneiros-podem-causar-desabastecimento-em-postos-ate-sexta-feira-afirma-sindicato-10352683Protestos de caminhoneiros podem causar desabastecimento em postos até sexta-feira, afirma sindicatoSupermercados também temem falta de produtos nos próximos dias se situação se mantiver, sobretudo em setores como frutas e verduras2018-05-23T11:25:42-03:002018-05-23T11:25:42-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs protestos de caminhoneiros em rodovias do Estado já começam a dar sinais dos primeiros reflexos na região do Vale do Itajaí. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb), o fechamento da base em que as distribuidoras retiram combustível em Itajaí para abastecer os postos da região está fechada desde a tarde desta terça-feira.Em função disso, caso a base permaneça fechada, estabelecimentos de Blumenau e região podem começar a sofrer com falta de combustíveis entre esta quinta e sexta-feira. Segundo Zimmermann, os preços altos dos combustíveis têm prejudicado a capacidade de estoque dos postos, que costumam receber novos carregamentos em intervalos de dois a três dias. Nesta quarta, o sindicato afirma que já recebeu relatos de alguns postos com dificuldade de abastecimento na região do Alto Vale.A Prefeitura de Ibirama afirmou à reportagem que, com a possibilidade de problemas na entrega de combustíveis em estabelecimentos, a administração municipal tem priorizado o abastecimento de veículos da Secretaria de Saúde. Em Blumenau, um supermercado informou que há risco de falta de produtos de hortifrúti já a partir desta quarta-feira. O motivo é que o centro de distribuição da rede fica na região Sul do Estado e, por causa dos bloqueios, não conseguiu chegar ao estabelecimento.O presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, participou de um evento em Lages na manhã desta quarta, mas já recebeu informações de reflexos dos protestos nas rodovias também para supermercados do Vale do Itajaí.- O quadro já não é bom, principalmente na parte de frutas e verduras. As lojas se abastecem todos os dias, ou dia sim e dia não no Ceasa. Tem caminhão trancado desde segunda-feira e não consegue circular. Algumas indústrias se manifestando que já pararam de carregar mercadorias. Tudo isso obviamente vai causando um desabastecimento. A gente acha que se nada mudar, o fim de semana será muito ruim. Já temos vários relatos de desabastecimento - afirmou.:: Leia mais notícias em santa.com.brPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaProtestos de caminhoneiros podem causar desabastecimento em postos até sexta-feira, afirma sindicatoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-protestos-de-caminhoneiros-podem-causar-desabastecimento-em-postos-ate-sexta-feira-afirma-sindicato-10352683Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24369515Caminhoneiros protestam contra alta dos combustíveis pelas ruas de BlumenauSegundo informações da Guarda de Trânsito, cerca de 40 caminhões saíram de um posto de combustíveis e percorreram ruas centrais da cidade2018-05-22T16:26:48-03:002018-05-22T16:26:48-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJean LaurindoCaminhoneiros protestam contra alta dos combustíveis pelas ruas de BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24369515Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-protestam-contra-alta-dos-combustiveis-pelas-ruas-de-blumenau-10351940Caminhoneiros protestam contra alta dos combustíveis pelas ruas de BlumenauSegundo informações da Guarda de Trânsito, cerca de 40 caminhões saíram de um posto de combustíveis e percorreram ruas centrais da cidade2018-05-22T16:26:48-03:002018-05-22T16:26:48-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brCaminhoneiros que desde esta segunda-feira protestam contra a alta dos combustíveis no país fizeram um protesto percorrendo as ruas de Blumenau na tarde desta terça-feira. Segundo informações da Guarda de Trânsito, cerca de 40 caminhões saíram de um posto de combustíveis na Rua Dr. Pedro Zimmermann, na Itoupava Central, e passaram pelas ruas 2 de Setembro, Engenheiro Paul Werner, São Paulo, 7 de Setembro, Itajaí e República Argentina. O ato começou por volta das 14h e teve o acompanhamento de agentes de trânsito.Os caminhões percorreram as ruas buzinando, com faixas de protesto e dizeres de “Greve geral”. A principal reclamação dos manifestantes é contra a alta recente dos combustíveis, principalmente do diesel, que tem encarecido os custos dos caminhoneiros. A falta de segurança nas estradas também é um tema abordado pelos caminhoneiros.A terça-feira também é de protestos na BR-470, entre Gaspar e Blumenau e também em Indaial, onde caminhões seguem estacionados às margens da rodovia e caminhoneiros que trafegam pelo local são convidados a aderir ao movimento.Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa CatarinaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCaminhoneiros protestam contra alta dos combustíveis pelas ruas de BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-protestam-contra-alta-dos-combustiveis-pelas-ruas-de-blumenau-10351940Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24368982PM prende três pessoas por farra do boi em BombinhasAnimal foi resgatado na praia de Mariscal2018-05-22T12:33:38-03:002018-05-22T12:33:38-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia MilitarPM prende três pessoas por farra do boi em BombinhasJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24368982Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-pm-prende-tres-pessoas-por-farra-do-boi-em-bombinhas-10351685PM prende três pessoas por farra do boi em BombinhasAnimal foi resgatado na praia de Mariscal2018-05-22T12:33:38-03:002018-05-22T12:33:38-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrês pessoas foram detidas em Bombinhas nesta segunda-feira após participarem de uma suposta farra do boi na praia de Mariscal. A Polícia Militar (PM) foi acionada e encontrou o animal na faixa de areia com sinais de exaustão e muito perto da maré cheia, correndo risco de afogamento.De acordo com a PM, os agentes isolaram o local. Um grupo de farristas tentou atravessar a água para soltar o boi, na tentativa de impedir a apreensão. Segundo a Polícia, vários envolvidos acabaram fugindo quando mais PMs chegaram e conseguiram prender três pessoas, que teriam tentado reagir.Após horas de ação da PM, o boi foi resgatado e encaminhado para local adequado.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPM prende três pessoas por farra do boi em BombinhasJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-pm-prende-tres-pessoas-por-farra-do-boi-em-bombinhas-10351685Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24368842VÍDEO: Bombeiros resgatam cão que passou seis dias em penhasco no Alto Vale do ItajaíCachorro estava a cerca de 50 metros do pico do penhasco, em uma fenda no paredão2018-05-22T11:40:18-03:002018-05-22T11:40:18-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoVÍDEO: Bombeiros resgatam cão que passou seis dias em penhasco no Alto Vale do ItajaíJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24368842Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-video-bombeiros-resgatam-cao-que-passou-seis-dias-em-penhasco-no-alto-vale-do-itajai-10351642VÍDEO: Bombeiros resgatam cão que passou seis dias em penhasco no Alto Vale do ItajaíCachorro estava a cerca de 50 metros do pico do penhasco, em uma fenda no paredão2018-05-22T11:40:18-03:002018-05-22T11:40:18-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma operação que durou cerca de seis horas terminou com o resgate bem-sucedido de um cachorro que passou seis dias perdido no Alto Vale do Itajaí. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Ituporanga conseguiu encontrar e salvar o animal que estava caído em um penhasco na região de Rio dos Bugres, no limite entre as cidades de Imbuia e Ituporanga.Segundo os bombeiros, as buscas começaram no domingo e por volta das 9h de segunda-feira a equipe encontrou o cachorro na fenda de uma rocha no paredão. Após horas de trabalho, os três bombeiros responsáveis pela ocorrência conseguiram fazer um rapel no penhasco e resgatar o animal, que estava a cerca de 50 metros do pico.O cão, que foi batizado pelos donos de "Neguinho", foi resgatado com segurança e entregue ao proprietário — que mora na região de Rio dos Bugres.Foto: Divulgação / Corpo de BombeirosPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaVÍDEO: Bombeiros resgatam cão que passou seis dias em penhasco no Alto Vale do ItajaíJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-video-bombeiros-resgatam-cao-que-passou-seis-dias-em-penhasco-no-alto-vale-do-itajai-10351642Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24368776Obras de novas creches ainda sofrem com ritmo lento em BlumenauDas seis unidades que tiveram construção iniciada há mais de um ano na cidade, apenas uma está perto de ser concluída2018-05-22T11:00:02-03:002018-05-22T11:00:02-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesObras de novas creches ainda sofrem com ritmo lento em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24368776Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-obras-de-novas-creches-ainda-sofrem-com-ritmo-lento-em-blumenau-10349788Obras de novas creches ainda sofrem com ritmo lento em BlumenauDas seis unidades que tiveram construção iniciada há mais de um ano na cidade, apenas uma está perto de ser concluída2018-05-22T11:00:02-03:002018-05-22T11:00:02-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brQuem tem criança de até quatro anos na família sabe a falta que faz uma vaga em creche pública. A necessidade de um lugar seguro e confiável para que o filho permaneça e impulsione seu desenvolvimento faz muitos pais procurarem uma vaga. Em Blumenau, por enquanto, isso ainda não é para todos.A doceira Karina Rios, por exemplo, espera há um ano e sete meses por uma vaga para o filho. Perto da casa dela é construída uma creche, mas a vaga ainda é uma meta distante. Atualmente, a fila por uma vaga em creche no município soma 4,2 mil crianças à espera. Uma possível solução para reduzir o índice poderia ser a construção de novas unidades. Porém, as obras seguem em ritmo menor do que o esperado na cidade.:: Conclusão de novos CEIs em Blumenau deve ficar para 2018:: A luta de famílias para vencer a fila por creche em BlumenauDas sete novas creches anunciadas pela administração municipal para diminuir a fila de espera por vagas na educação infantil na cidade, apenas uma está perto de se tornar realidade à população. Seis das sete unidades planejadas começaram a ser construídas entre o fim de 2016 e o início de 2017 e deveriam estar prontas, conforme o prazo de execução do contrato. No entanto, impasses sobre o pagamento dos valores executados têm atrasado o cronograma.No Passo Manso, obras do CEI Olivia Kienen ainda nem iniciaramFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa CatarinaO Centro de Educação Infantil (CEI) João Gervaz Neto, no bairro Água Verde, é o que tem a obra mais avançada, com 84,75% de execução, segundo o último relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Educação. De acordo com a empresa responsável, porém, o cronograma supera 90% de conclusão e está avançando para a fase de acabamentos, com etapas como instalações elétrica e hidráulica e pintura. De acordo com o diretor da construtora responsável pela obra, Ismael Matielo, em no máximo um mês esses serviços estarão concluídos.As outras cinco creches em construção têm percentuais de execução entre 17% e 39%, segundo a prefeitura. A mais atrasada é o CEI Professor Jacó Anderle, no bairro Itoupavazinha. A unidade tem 17,5% do cronograma concluído. Segundo a Secretaria de Educação, a obra foi a quarta a ter a ordem de serviço assinada e necessitou da demolição de uma construção sobre o terreno.A razão para o atraso nas obras das seis creches, segundo a prefeitura, é o mesmo: demora nos repasses do governo federal.– O que compete ao município está em dia, com valores empenhados e garantidos, porém, do governo federal, tivemos atraso na primeira parcela de sete meses. A gente não tem medido esforços para fazer a cobrança, mas o que recebemos é que eles estão aguardando, mas não dizem o porquê do atraso – diz a secretária Patrícia Lueders.FNDE diz que fez parte dos repassesSem os repasses, segundo a secretária de Educação, o ritmo de cada obra acaba dependendo da capacidade financeira da empresa responsável – quem tem mais recursos para adiantar e esperar para receber depois consegue avançar mais na obra. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que repassa a parte federal para a construção das creches, não confirma a informação. Em nota enviada à reportagem, o órgão afirmou que, no caso da creche que está mais perto de ficar pronta, a Água Verde, por exemplo, já repassou R$ 823 mil ao município, equivalente a 99,9% do que cabe ao governo federal. O valor total da obra é R$ 1,2 milhão, e o restante responsabilidade da prefeitura, como contrapartida.O diretor da empresa responsável pelas obras da creche na Água Verde afirma que até agora, a um mês da conclusão, executou serviços no valor de R$ 1 milhão, mas até agora recebeu apenas R$ 550 mil – uma nova nota, de R$ 188 mil, foi solicitada na semana passada. Restariam R$ 262 mil para serem pagos, valor que caberia ao município, já que o FNDE diz ter repassado praticamente todo o dinheiro que cabia ao Fundo para a obra.Questionada novamente pela reportagem, a Secretaria Municipal de Educação alegou que se referiu ao atraso de repasses apenas até dezembro de 2017, e que desde lá não recebeu mais valores. Reafirmou que os pagamentos estão em dia, a partir de medições apresentadas pelas empresas e informou que, no caso do CEI da Rua Nelson José Busarello, a empresa teria recebido R$ 916,3 mil, pagos com parte do município e parte do FNDE.Uma obra ainda sem licitação iniciadaUma das sete creches ainda não saiu do papel, o CEI Olivia Kienen, no bairro Passo Manso. A obra não foi sequer licitada. O motivo é que o projeto precisará ser readequado em função de um declive no terreno. A Secretaria Municipal de Educação informou que ainda está em fase de alteração do projeto. Esta é a construção mais cara, com orçamento inicial estimado em R$ 1,8 milhão. É também a que mais prevê vagas: serão 188, contra 94 vagas previstas em cada uma das outras seis creches em andamento. Juntas, as unidades totalizam 752 vagas a mais na rede municipal.Como estão as unidadesCEI Prof. Jacó AnderleRua Rodolfo Sestrem, s/n, ItoupavazinhaIniciada em: março/2017Valor total: R$ 1.181.200,82Execução: 17,54%CEI João Gervaz NetoRua Nelson José Busarello, Água VerdeIniciada em: março/2017Valor total: R$ 1.278.656,60Execução: 84,75%CEI Prof. Elisabete Nunes AnderleRua Elvira Bornhofen, Passo MansoIniciada em: março/2017Valor total: R$ 1.208.851,32Execução: 22,46%CEI Elfrida Fischer VieiraRua Jardim Germânico, ItoupavazinhaIniciada em: outubro/2016Valor total: R$ 1.334.141,00Execução: 37,93%CEI Prof. Leonides WestarbRua Antônio Treis, VorstadtIniciada em: outubro/2016Valor total: R$ 1.312.093,65Execução: 30,81%CEI Osvaldo DeschampsRua da Glória, GlóriaIniciada em: outubro/2016Valor total: R$ 1.299.152,07Execução: 39,67%CEI Olivia Kienen*Rua Josephina Rausch Reiter, Passo MansoObra ainda não iniciadaValor total: R$ 1.888.084,32Execução: 0%Fonte: Secretaria Municipal de Educação de BlumenauLeia mais notícias em santa.com.brPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaObras de novas creches ainda sofrem com ritmo lento em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-obras-de-novas-creches-ainda-sofrem-com-ritmo-lento-em-blumenau-10349788Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24367522Bombeiros controlam incêndio no Grande Hotel em BlumenauTrês viaturas do Corpo de Bombeiros e 10 profissionais foram até o local para controlar as chamas2018-05-22T10:12:06-03:002018-05-22T10:12:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJean LaurindoBombeiros controlam incêndio no Grande Hotel em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24367522Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-bombeiros-controlam-incendio-no-grande-hotel-em-blumenau-10349807Bombeiros controlam incêndio no Grande Hotel em BlumenauTrês viaturas do Corpo de Bombeiros e 10 profissionais foram até o local para controlar as chamas2018-05-22T10:12:06-03:002018-05-22T10:12:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm incêndio de pequenas proporções mobilizou 10 bombeiros e três viaturas do Corpo de Bombeiros de Blumenau nesta terça-feira de manhã no Centro da cidade. O fogo começou por volta das 9h30min dentro do antigo Grande Hotel, na esquina da Alameda Rio Branco com a Rua XV de Novembro.O incêndio foi controlado pelos bombeiros logo na sequência. Conforme informações do segundo-sargento José Carlos da Silva, dos Bombeiros de Blumenau, que participou do controle das chamas, o fogo atingiu a casa de máquinas do Grande Hotel, que fica no último andar. Uma área de aproximadamente 10 metros quadrados foi atingida. Nesse espaço, havia excesso de entulhos e lixo deixados por invasores do hotel. A suspeita dos bombeiros é que alguém tenha ateado fogo nesse entulho na manhã desta terça.Foto: Corpo de Bombeiros / DivulgaçãoO controle das chamas foi feito com cinco extintores de pó químico que ainda estavam no hotel e com o isolando da área na casa de máquinas para que o fogo não se espalhasse. Os bombeiros precisaram subir 16 andares para acessar o local atingido pelas chamas. Uma fumaça branca saía pelo alto do edifício e chamou a atenção de quem estava no Centro.No ano passado os bombeiros já chegaram a atender um princípio de incêndio no local. Agora os bombeiros devem fazer um relatório para o setor de atividades técnicas. Uma perícia também deverá ser feita no local. Caso seja confirmado a causa criminal do incêndio, o relatório é encaminhado ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).O prédio do Grande Hotel está abandonado desde 2014, quando o hotel foi desativado. Tapumes foram colocados para fechar as entradas do imóvel, que estava sendo invadido por moradores de rua. Mesmo assim, o imóvel ainda registra invasores que acessam o local pelos fundos. Os administradores aguardam para que o imóvel seja levado a leilão para quitar dívidas do processo de falência.Interior do hotel, que está desativado desde 2014, está depredadoFoto: Jean Laurindo / Jornal de Santa CatarinaLeia maisImóveis abandonados criam problemas sociais e de segurança em BlumenauPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaBombeiros controlam incêndio no Grande Hotel em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-bombeiros-controlam-incendio-no-grande-hotel-em-blumenau-10349807Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24366821Bombeiros e polícia buscam por morador de Gaspar desaparecidoAntônio Bornhausen está desaparecido desde sexta-feira2018-05-22T10:02:24-03:002018-05-22T10:02:24-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoBombeiros e polícia buscam por morador de Gaspar desaparecidoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24366821Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-bombeiros-e-policia-buscam-por-morador-de-gaspar-desaparecido-10349804Bombeiros e polícia buscam por morador de Gaspar desaparecidoAntônio Bornhausen está desaparecido desde sexta-feira2018-05-22T10:02:24-03:002018-05-22T10:02:24-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brFamiliares, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar seguem nesta terça-feira buscas por Antônio Bornhausen, morador de Gaspar que está desaparecido desde sexta-feira à noite. Segundo familiares, o homem de 53 anos foi visto pela última vez por volta das 18h30min de sexta nos arredores da Rua Itajaí, em Gaspar. Ele mora sozinho em um prédio na mesma rua.O Corpo de Bombeiros fez buscas durante toda a segunda-feira na região, com varredura na região do Morro das Antenas e buscas nas margens do rio Itajaí-Açu, com foco nas trilhas com acesso próximo ao local onde o carro de Antônio estava estacionado.As buscas foram até as 17h e nenhum vestígio foi encontrado pelos bombeiros. Nesta terça-feira as equipes devem retomar a procura.Antônio é representante comercial e, segundo familiares, nunca havia sumido assim. Recentemente ele começou um tratamento contra depressão e estava tomando remédios.Foto:Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaBombeiros e polícia buscam por morador de Gaspar desaparecidoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-bombeiros-e-policia-buscam-por-morador-de-gaspar-desaparecido-10349804Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24366345Caminhoneiros fazem novo protesto na BR-470, em IndaialLongas filas se formaram na região durante à noite na região do Km 69 da rodovia2018-05-21T22:36:27-03:002018-05-21T22:36:27-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Rodoviária Federal / DivulgaçãoCaminhoneiros fazem novo protesto na BR-470, em IndaialJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24366345Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-fazem-novo-protesto-na-br-470-em-indaial-10349566Caminhoneiros fazem novo protesto na BR-470, em IndaialLongas filas se formaram na região durante à noite na região do Km 69 da rodovia2018-05-21T22:36:27-03:002018-05-21T22:36:27-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brApós protestos pela manhã na BR-470, em Navegantes, e à tarde na Rua Dr. Pedro Zimmermann, no bairro Itoupava Central, em Blumenau, e em Massaranduba, caminhoneiros fizeram nova mobilização na noite desta segunda-feira. O ato ocorre na região do Km 69 da BR-470, em Indaial.O Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Florianópolis confirmou o protesto. A equipe do posto da PRF em Blumenau não atendeu aos telefonemas da reportagem para dar mais detalhes da situação. Nesta terça-feira de manhã o ato continuava no local. Segundo informações dos caminhoneiros, nenhum veículo de carga está passando na rodovia no sentido Blumenau-Indaial. Veículos de passeio, motos e ônibus seguem normalmente.Motoristas que passaram pelo local relataram que longas filas se formaram nos dois sentidos. Funcionários de um posto de combustíveis próximo ao local do protesto confirmaram que a pista ficou bloqueada nos dois sentidos por quase pelo menos três horas e que os condutores estavam usando a chamada estrada velha, por dentro de Blumenau e Indaial, para se deslocar entre as cidades. Também foram relatados casos de incêndio em pneus às margens da rodovia. A PRF de Florianópolis informou ainda um caso de queima de pneus próximo a um posto de combustíveis no Km 117 da BR-101, em Itajaí.Os caminhoneiros que participam dos protestos desta segunda-feira defendem a redução no preço do diesel e mudanças em formas de cobrança no pedágio sobre eixos suspensos em rodovias federais e estaduais. Os atos ocorrem em todo o país.Leia mais em santa.com.brPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCaminhoneiros fazem novo protesto na BR-470, em IndaialJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-fazem-novo-protesto-na-br-470-em-indaial-10349566Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24365422Manifestação de caminhoneiros contra alta de combustíveis ocorre também em BlumenauSegundo a PMRv, cerca de 50 veículos estavam envolvidos no ato. Caminhoneiros devem percorrer ruas da cidade nesta terça-feira2018-05-21T17:21:39-03:002018-05-21T17:21:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJean MazzonettoManifestação de caminhoneiros contra alta de combustíveis ocorre também em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24365422Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-manifestacao-de-caminhoneiros-contra-alta-de-combustiveis-ocorre-tambem-em-blumenau-10349120Manifestação de caminhoneiros contra alta de combustíveis ocorre também em BlumenauSegundo a PMRv, cerca de 50 veículos estavam envolvidos no ato. Caminhoneiros devem percorrer ruas da cidade nesta terça-feira2018-05-21T17:21:39-03:002018-05-21T17:21:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm grupo de caminhoneiros se reuniu no início da tarde desta segunda-feira no pátio de um posto de combustíveis na Rua Dr. Pedro Zimmermann, a SC-108, no trecho do bairro Itoupava Central. A manifestação é motivada pela a alta nos combustíveis e nos custos dos caminhoneiros.A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) deslocou duas viaturas para o local, para evitar que houvesse o bloqueio da pista. Segundo os policiais, os manifestantes começaram a se concentrar no pátio do posto e cerca de 50 caminhoneiros aderiram ao protesto. No fim da tarde, alguns manifestantes atearam fogo em pneus, o que chegou a bloquear momentaneamente o fluxo na rodovia.:: Caminhoneiros fazem manifestação na BR-470, em NavegantesPela manhã, manifestantes também ocuparam as marginais da BR-470, em Navegantes, próximo ao trevo com a BR-101. A informação é de que após as 18h os manifestantes possam voltar a tentar bloquear a rodovia federal.Protesto em ruas de Blumenau nesta terça-feiraFoto: Jean Mazzonetto / NSC TVNesta terça-feira está prevista uma manifestação em que os caminhoneiros vão percorrer ruas de Blumenau para protestar contra a alta dos combustíveis e as demais pautas dos profissionais. Segundo a Guarda de Trânsito de Blumenau, o ato começa a partir das 13h30min e viaturas da guarda irão acompanhar o comboio. Segundo o diretor de Trânsito, Felipe Bueno, os caminhoneiros concordaram em respeitar o trajeto sugerido, que exclui as ruas dentro da cidade em que há proibição de passagem de caminhões. As ruas serão sinalizadas pela guarda, mas a informação é inicial é de que o protesto ocorra em ruas da região norte.Foto: Divulgação / DivulgaçãoPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaManifestação de caminhoneiros contra alta de combustíveis ocorre também em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-manifestacao-de-caminhoneiros-contra-alta-de-combustiveis-ocorre-tambem-em-blumenau-10349120Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24364501Região Sul de Blumenau pode ficar sem água nesta terça-feiraETA 3 vai passar por manutenção das 7h às 12h2018-05-21T12:21:28-03:002018-05-21T12:21:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSIrineu Dalla ValleRegião Sul de Blumenau pode ficar sem água nesta terça-feiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24364501Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-regiao-sul-de-blumenau-pode-ficar-sem-agua-nesta-terca-feira-10348799Região Sul de Blumenau pode ficar sem água nesta terça-feiraETA 3 vai passar por manutenção das 7h às 12h2018-05-21T12:21:28-03:002018-05-21T12:21:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Estação de Tratamento de Água 3, situado no bairro Progresso, passará por manutenção nessa terça-feira, das 7h às 12h. Durante este período, o abastecimento será interrompido e pode comprometer os bairros atendidos pela ETA: Garcia, Progresso, Ribeirão Fresco, Valparaíso, bem como parte do Vorstadt, Centro e Jardim Blumenau. O Samae pede que os moradores economizem água.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaRegião Sul de Blumenau pode ficar sem água nesta terça-feiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-regiao-sul-de-blumenau-pode-ficar-sem-agua-nesta-terca-feira-10348799Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24364620Caminhoneiros fazem manifestação na BR-470, em NavegantesManifestantes atearam fogo em pneus colocados nos acostamentos e provocaram filas e trânsito lento na região, próximo do acesso à BR-1012018-05-21T11:13:58-03:002018-05-21T11:13:58-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSFabiano CorreiaCaminhoneiros fazem manifestação na BR-470, em NavegantesJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24364620Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-fazem-manifestacao-na-br-470-em-navegantes-10348833Caminhoneiros fazem manifestação na BR-470, em NavegantesManifestantes atearam fogo em pneus colocados nos acostamentos e provocaram filas e trânsito lento na região, próximo do acesso à BR-1012018-05-21T11:13:58-03:002018-05-21T11:13:58-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA BR-470 registrou filas e trânsito lento na altura do Km 11, em Navegantes, próximo ao acesso à BR-101. Por volta das 9h30min, manifestantes atearam fogo em pneus colocados nos acostamentos e paralisaram caminhões que passavam pela região, por aproximadamente uma hora. O fogo foi controlado pouco tempo depois. A principal queixa dos manifestantes é o aumento do preço do diesel e a tarifa do pedágio sobre o eixo suspenso.A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e conversou com os manifestantes para que o protesto não prejudique o fluxo de veículos na rodovia. Outras rodovias do Estado também registram pontos com paralisações.Cristiane Villasanti Fagundes, advogada do Sindicato de Transportadores Autônomos de Cargas de Navegantes (Sinditac), explicou que os protestos se baseiam em basicamente duas pautas: o congelamento do preço do diesel e a suspensão do pagamento do pedágio do eixo suspenso. Segundo ela, os dois pontos haviam sido acordados na paralisação de 2015, mas ainda não estariam em vigor, sobretudo nas rodovias estaduais.Ouvido pela reportagem da NSC TV, o policial rodoviário federal Silvanei da Cunha disse que a orientação dada aos manifestantes foi para que eles deixassem o trânsito fluir por alguns minutos, para que diminuíssem consideravelmente as filas e não houvesse mais filas no local, e após esse momento, eles teriam alguns minutos para tentar convencer alguns outros motoristas para aderir o movimento deles.De acordo com Cunha, a PRF está monitorando as informações de possíveis novas paralisações em outros pontos das rodovias federais.*Colaborou Fabiano Correia, da NSC TVPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCaminhoneiros fazem manifestação na BR-470, em NavegantesJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-caminhoneiros-fazem-manifestacao-na-br-470-em-navegantes-10348833Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24364305Termômetros em Blumenau registram nesta segunda-feira o dia mais frio do ano, com 9º CA previsão é que à tarde a temperatura suba um pouco e seja menos gelada do que o domingo2018-05-21T08:05:41-03:002018-05-21T08:05:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSTalita CatieTermômetros em Blumenau registram nesta segunda-feira o dia mais frio do ano, com 9º CJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24364305Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-termometros-em-blumenau-registram-nesta-segunda-feira-o-dia-mais-frio-do-ano-com-9-c-10348741Termômetros em Blumenau registram nesta segunda-feira o dia mais frio do ano, com 9º CA previsão é que à tarde a temperatura suba um pouco e seja menos gelada do que o domingo2018-05-21T08:05:41-03:002018-05-21T08:05:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO domingo deu uma prévia do que será a temperatura em Blumenau nesta semana e as pessoas saíram de casa nessa segunda-feira preparadas para enfrentar o frio. Os casacos e cachecóis estavam por toda a parte no amanhecer mais frio do ano na cidade. Às 3h da madrugada, o termômetro no Parque Ramiro Ruediger marcava 9.9º C, a mais baixa até agora em 2018. No início da manhã, por volta das 7h10min, pouco mudou. Chegou a 10.1º C, uma tendência no Estado, como aponta Puchalski.O clima agradou José Francisco, morador do bairro Fortaleza, onde segundo ele é mais gelado do que no Centro. Ele tinha compromisso cedo no INSS e a temperatura baixa o deixa animado, é preciso apenas colocar um casaco, afirma. - Eu gosto de frio, é mais agradável – fala com um sorriso no rosto.Para quem gosta do clima mais gelado como José, a meteorologista do AlertaBlu Francine Sacco tem uma boa notícia. As madrugadas e as manhãs devem seguir com frio no decorrer dos próximos dias, com elevação das temperaturas à tarde, como está previsto para essa segunda-feira, quando a máxima pode ser de 24ºC. - Uma nova massa de ar frio está se aproximando e deve chegar no fim de semana, o que faz com que os dias permaneçam gelados – adianta.Uma novidade não muito boa para quem prefere o calor, como Carmén Vieira, que procurava um lugar no sol para aguardar a empresa que trabalha abrir nessa manhã. - Nunca gostei de frio. Amanhã vou por mais roupa – diz a senhora de 47 anos, que estava na expectativa de que as temperaturas não fossem tão baixas. ::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTermômetros em Blumenau registram nesta segunda-feira o dia mais frio do ano, com 9º CJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-termometros-em-blumenau-registram-nesta-segunda-feira-o-dia-mais-frio-do-ano-com-9-c-10348741Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24363777Tecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de BlumenauUm mês após o lançamento, 170 pacientes já utilizaram o Pronto Mobile Tecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de Blumenau na Escola Agrícola2018-05-21T06:56:58-03:002018-05-21T06:56:58-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSAdriano LinsTecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24363777Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-tecnologia-agiliza-consultas-em-ambulatorio-geral-de-blumenau-10348427Tecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de BlumenauUm mês após o lançamento, 170 pacientes já utilizaram o Pronto Mobile Tecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de Blumenau na Escola Agrícola2018-05-21T06:56:58-03:002018-05-21T06:56:58-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brHá um mês começou a funcionar em Blumenau o sistema Pronto Mobile, um aplicativo que permite acesso às informações da rede pública de saúde e agendamento de consultas por meio do celular. Até sexta-feira foram agendadas 170 consultas pelo aplicativo, com 24 faltas. Os atendimentos são para clínica geral e odontologia.Para Marco Georg, gerente da Atenção Básica da Secretaria de Saúde, a procura está acima da expectativa, inclusive recebendo solicitação via conselho de saúde para ampliação desse sistema de marcação. Atualmente, das 200 consultas liberadas por semana, uma média de 55 são disponibilizadas via aplicativo e isso representa 55 pessoas a menos na fila de marcação do AG.— Começamos com 20%, ampliamos para 25% e estamos estudando a possibilidade de nova ampliação, inclusive para outras unidades. A expectativa que outro AG deva oferecer o serviço ainda em junho, o que vai passar ainda pela preparação da equipe — afirma Georg.Segundo a Secretaria de Saúde de Blumenau desde a novidade da marcação de consultas por aplicativo já foram registrados 1.152 downloads, sendo que 855 estão atualmente instalados. Essas mudanças são uma tendência no processo de comunicação entre o poder público e a população, segundo o doutorando de comunicação e especialista em novas mídias, Moisés Cardoso, o Béio.— Um exemplo disso é que nesta semana entra em vigor as solicitações de aposentadoria por idade e salário maternidade para o INSS, exclusivamente por telefone ou internet. Outra dado que reforça essa mudança nas práticas comunicacionais vem da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2016: ela indica que 94,6% das pessoas que acessaram a internet fizeram via celular — aponta.População vê com otimismo a tecnologiaO morador da Vila Nova, Marcus Vinicius Guimarães de Sousa, de 26 anos, resolveu testar esta novidade. Ele já havia sido atendido no AG da Escola Agrícola e pela primeira vez fez o agendamento via aplicativo. Ele aprovou a iniciativa.— Sempre aposto na tecnologia e acredito que ela vem para ajudar a gente. A questão do agendamento por aplicativo me ajuda muito, pois ao marcar um horário torna mais fácil que eu me programe para receber o atendimento. Antes era mais complicado, pois tinha que vir cedo, passava o dia todo pra conseguir vaga e agora o aplicativo facilita esse processo — comenta.Segundo a Secretaria de Saúde na primeira semana as marcações demoraram um pouco para começar, já que os usuários ainda estavam conhecendo a plataforma. Depois, porém, o sistema engrenou. Atualmente, os agendamentos são liberados na quarta-feira e na quinta-feira já não há mais vagas disponíveis nem para a odontologia, nem para a clínica geral.A vendedora Jucy Mara Zimmermann, 56 anos, conta que não tem muita afinidade com aplicativos e, mesmo assim, achou fácil o agendamento pelo Pronto Mobile.Jucy agendou consulta pela primeira vez por meio aplicativo e gostou da experiênciaFoto: Adriano Lins / Jornal de Santa Catarina— Escolhi pela praticidade. Eu estava pra consultar desde o ano passado, mas não agendei por medo das filas. Mas uma amiga me avisou do aplicativo e baixamos juntas e já conseguimos marcar. Bem mais prático. Trabalho no período da tarde e foi bem melhor do que vir duas vezes aqui — destaca Jucy.Segundo o gerente da Atenção Básica da Secretaria de Saúde, como este é um projeto piloto, o período serve para verificar as dificuldades e o que se pode melhorar.— O próximo passo é trabalhar mais a divulgação dentro das unidades – explica ele ao relatar que muitas das demandas que chegaram dos usuários foram em relação a como usar o aplicativo.As sugestões e reclamações dos usuários estão chegando via conselho de saúde, mas podem ser feitas também na ouvidoria da saúde 156 – opção 2 – ou no e-mail ouvidoriasemus@blumenau.sc.gov.br.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTecnologia agiliza consultas em ambulatório geral de BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-tecnologia-agiliza-consultas-em-ambulatorio-geral-de-blumenau-10348427Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24363701Temperaturas despencam em Blumenau neste início de semanaMassa de ar seco e frio mantém o tempo estável no Vale do Itajaí2018-05-20T20:07:07-03:002018-05-20T20:07:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSAugusto IttnerTemperaturas despencam em Blumenau neste início de semanaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24363701Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-temperaturas-despencam-em-blumenau-neste-inicio-de-semana-10348394Temperaturas despencam em Blumenau neste início de semanaMassa de ar seco e frio mantém o tempo estável no Vale do Itajaí2018-05-20T20:07:07-03:002018-05-20T20:07:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTem sol. Mas também tem frio. Isso porque o tempo com céu limpo, vento e temperaturas mais baixas nos termômetros vai persistir durante este início de semana em Blumenau e no Vale do Itajaí. Conforme o Sistema de Monitoramento e Alerta de Eventos Extremos da cidade (AlertaBlu), a massa de ar seco de origem polar vai manter o tempo estável na região até quinta-feira.A diferença é que a mínima deve ser ainda inferior ao domingo, podendo chegar a 10 °C. O tempo para o restante do dia se mantém como neste fim de semana: embora a sensação térmica fique inferior à temperatura, o tempo vai esquentando durante o fim da manhã até o meio da tarde. A partir do início da noite, porém, o frio volta a figurar e faz com que o nível dos termômetros volte a cair. As máximas variam entre 21 °C e 23 °C. Essa mesma tendência no tempo ocorre na segunda, terça, quarta e quinta-feira, conforme os meteorologistas do AlertaBlu.A mudança na condição meteorológica deve ocorrer na sexta-feira. Isso porque uma circulação marítima vai influenciar no Vale do Itajaí, deixando o tempo instável e com muitas nuvens. Há previsão de chuviscos fracos e isolados principalmente no início da manhã e fim de tarde. Já no próximo domingo, uma nova frente fria deve passar pelo Estado trazendo chuva de forma significativa. No fim do mês, uma nova massa de ar seco volta a trazer estabilidade no tempo, segundo o AlertaBlu.Sensação chegou a -17 °C na SerraQuem esperou pela neve, prevista para as regiões mais altas de Santa Catarina neste fim de semana, teve de ficar com a parte mais gelada – e menos glamourosa – do fenômeno. A sensação térmica, que é a forma como sentimos a temperatura do ar, chegou a -18 ºC em Urupema, na Serra Catarinense. A medida leva em consideração a temperatura real, que foi de 0,8ºC, e a velocidade do vento – nesse caso, 50 km/h.– Tivemos condições para a formação de neve ou de chuva congelada, com bastante umidade e baixa temperatura, mas não há registro desses fenômenos – explica a meteorologista da Epagri/Ciram Gilsânia Cruz.A semana começa gelada em boa parte do Estado. O ar frio segue trazendo noites e manhãs geladas no início da semana. Nesta segunda-feira a previsão é de sol em todas as áreas com formação de geada no Planalto e áreas de baixada do Oeste e Meio-Oeste. A mínima deve chegar a - 2°C no Estado.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTemperaturas despencam em Blumenau neste início de semanaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-temperaturas-despencam-em-blumenau-neste-inicio-de-semana-10348394Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-rua-dois-de-setembro-tera-trecho-interditado-na-segunda-feira-10347988Rua Dois de Setembro terá trecho interditado na segunda-feiraA prefeitura fará uma manutenção em frente à Policlínica ao longo do dia2018-05-19T13:33:21-03:002018-05-19T13:33:21-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma manutenção vai interditar um trecho da Rua Dois de Setembro na segunda-feira, em Blumenau. A pista no sentido bairro, em frente à Policlínica, deve ficar em meia pista entre 8h30 e 17h. No local, será realizado o conserto da tubulação e, caso seja necessário, pode ocorrer o fechamento das duas pistas em algum momento. Em caso de chuva, os serviços serão cancelados.Leia tambémTrânsito muda na Rua 1º de janeiro a partir de segunda-feira para obras na BR-470Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaRua Dois de Setembro terá trecho interditado na segunda-feiraJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-rua-dois-de-setembro-tera-trecho-interditado-na-segunda-feira-10347988Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24362088Temporal deixa três mil imóveis sem energia elétrica em Blumenau e GasparVento e chuva forte afetaram 17 mil unidades consumidoras durante a madrugada2018-05-19T09:16:47-03:002018-05-19T09:16:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoTemporal deixa três mil imóveis sem energia elétrica em Blumenau e GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24362088Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-temporal-deixa-tres-mil-imoveis-sem-energia-eletrica-em-blumenau-e-gaspar-10347848Temporal deixa três mil imóveis sem energia elétrica em Blumenau e GasparVento e chuva forte afetaram 17 mil unidades consumidoras durante a madrugada2018-05-19T09:16:47-03:002018-05-19T09:16:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA chuva e o vento forte da madrugada deste sábado deixaram 17 mil unidades consumidoras da região sem energia elétrica. Segundo a Celesc, Blumenau e Gaspar são as cidades mais afetadas, onde aproximadamente três mil residências seguem sem luz. Equipes trabalham para restabelecer o serviço.Em Gaspar, a Defesa Civil registrou três ocorrências durante a noite. Elas tratavam de um destelhamento e duas de água que invadiu terrenos. O Corpo de Bombeiros da cidade atendeu outros dois casos, uma queda de árvore na rodovia Jorge Lacerda e um deslizamento. Não houve vítimas. Em Blumenau, nenhuma situação de alagamento ou deslizamento em residências foi registrada na Defesa Civil. No Parque Vila Germânica, por volta da meia-noite, rompeu uma calha em virtude do volume de chuva e escorreu água para dentro do pavilhão dois, mas não interferiu nas atividades que ocorriam no local.Volume de chuvaO bairro Itoupava Central, na região norte de Blumenau, teve o maior acumulado de chuva das últimas 24 horas na cidade. Segundo informações das estações pluviométricas do AlertaBlu, foram 45,8 milímetros. Na sequência aparece o bairro Fortaleza, com 41,2 mm. A previsão do tempo para este sábado indica uma manhã com períodos de melhoria, onde o sol até chega a aparecer. A partir da tarde, áreas de instabilidade trazem novamente condição para chuva fraca e isolada em Blumenau. A temperatura máxima pode chegar a 23°C e a mínima de 14 e 16°C.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTemporal deixa três mil imóveis sem energia elétrica em Blumenau e GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-temporal-deixa-tres-mil-imoveis-sem-energia-eletrica-em-blumenau-e-gaspar-10347848Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-homem-fica-gravemente-ferido-em-acidente-na-br-470-em-apiuna-10347242Homem fica gravemente ferido em acidente na BR-470, em ApiúnaEle conduzia uma moto com placa de Blumenau e foi levado ao hospital de Ibirama2018-05-18T20:16:25-03:002018-05-18T20:16:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO fim de semana começou violento na principal rodovia que corta o Vale do Itajaí. Um homem de 33 anos ficou gravemente ferido após uma colisão na BR-470, na altura do quilômetro 102, em Apiúna, no fim da tarde desta sexta-feira. Ele conduzia uma moto com placa de Blumenau e se envolveu em um acidente com outros dois carros, um Palio de Itajaí e um Renault de Ibirama. Segundo os bombeiros voluntários de Apiúna, ele teve múltiplos traumatismos. O Samu encaminhou o homem ao Hospital Waldomiro Colautti, em Ibirama. ::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaHomem fica gravemente ferido em acidente na BR-470, em ApiúnaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-homem-fica-gravemente-ferido-em-acidente-na-br-470-em-apiuna-10347242Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24359749Confirmada a primeira morte por H1N1 em Blumenau no anoHomem de 54 anos morador da Itoupavazinha teve o óbito confirmado2018-05-18T12:17:25-03:002018-05-18T12:17:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteConfirmada a primeira morte por H1N1 em Blumenau no anoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24359749Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-confirmada-a-primeira-morte-por-h1n1-em-blumenau-no-ano-10346763Confirmada a primeira morte por H1N1 em Blumenau no anoHomem de 54 anos morador da Itoupavazinha teve o óbito confirmado2018-05-18T12:17:25-03:002018-05-18T12:17:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA prefeitura de Blumenau confirmou nesta sexta-feira de manhã a primeira morte pelo vírus influenza do tipo H1N1 na cidade em 2018. Um homem de 54 anos morador da Itoupavazinha teve o óbito por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) confirmado pela Secretaria de Saúde. Segundo as informações divulgadas, ele tinha outras doenças simultâneas.Atualmente a Vigilância Epidemiológica tem 11 casos confirmados da doença causada pelo vírus influenza em Blumenau, sendo que 10 são moradores de Blumenau (todos com H1N1) e uma pessoa é residente de Rodeio (com o vírus H3N2).Há também na cidade a investigação de técnicos da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive) em relação a morte de uma criança de um ano que teria ficado próxima de outras duas crianças que testaram positivo para o vírus.A campanha de vacinação contra a gripe continua na rede pública e há preocupação com o baixo índice de procura entre as crianças entre seis meses e cinco anos.— Infelizmente, tivemos o primeiro óbito confirmado e novos casos positivos estão aparecendo. Esse cenário deixa evidente que o vírus está circulando. Faço um apelo para que aqueles que têm direito à imunização gratuita na rede pública, procurem o quanto antes uma das nossas unidades de saúde para a vacinação, que é um dos mecanismos mais eficazes para evitarmos doenças — destacou a secretária de Saúde, Maria Regina Soar.De segunda a sexta-feira, 62 unidades de saúde com salas de vacina (os sete Ambulatórios Gerais e 55 equipes de Estratégia Saúde da Família) fazem a imunização em Blumenau. As salas de vacinação dos AGs na próxima semana terão horário estendido, até as 21h, exclusivamente para a imunização contra a gripe influenza.Quem tem direito à vacina contra a gripe na rede pública:- idosos com mais de 60 anos;- crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos;- gestantes;- puérperas (até 45 dias após o parto);- trabalhadores da saúde;- professores das redes pública e privada;- povos indígenas;- portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaConfirmada a primeira morte por H1N1 em Blumenau no anoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-confirmada-a-primeira-morte-por-h1n1-em-blumenau-no-ano-10346763Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24316272Troncal 10 do transporte coletivo de Blumenau vai ganhar novos horáriosMudança passa a valer na segunda-feira2018-05-18T09:41:50-03:002018-05-18T09:41:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSLucas CorreiaTroncal 10 do transporte coletivo de Blumenau vai ganhar novos horáriosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24316272Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-troncal-10-do-transporte-coletivo-de-blumenau-vai-ganhar-novos-horarios-10346640Troncal 10 do transporte coletivo de Blumenau vai ganhar novos horáriosMudança passa a valer na segunda-feira2018-05-18T09:41:50-03:002018-05-18T09:41:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brFoto: Lucas Correia / Agência RBSA linha 10, que liga os terminais Aterro e Garcia através da Rua São Paulo, vai passar a ter quatro novos horários em Blumenau a partir de segunda-feira, dia 21. O Seterb e a Blumob anunciaram os ajustes na linha para tentar solucionar problemas de atrasos e reduzir a lotação nos horários no fim da tarde.Serão adicionados à tabela no sentido Garcia-Aterro os horários 17h25min, 17h54min e 18h15min, sendo que o último sairá do ponto na Avenida Martin Luther, em frente ao Renato Veículos. No sentido Aterro-Garcia será incluído o horário das 16h42min. Além disso, o horário das 17h08min passará a seguir viagem até o Terminal Garcia, ao invés de ir somente até a Fonte.Os horários estarão disponíveis para consulta no site da Blumob, que agora é o canal oficial de divulgação das tabelas. A antiga página dentro do site do Seterb foi desativada.::: Leia mais notícias de BlumenauPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTroncal 10 do transporte coletivo de Blumenau vai ganhar novos horáriosJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-troncal-10-do-transporte-coletivo-de-blumenau-vai-ganhar-novos-horarios-10346640Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24359163Programa prepara jovens de abrigos do Vale do Itajaí para o mercado de trabalhoNesta edição, são cerca de 30 adolescentes beneficiados, sendo 20 de Blumenau2018-05-18T08:00:32-03:002018-05-18T08:00:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesPrograma prepara jovens de abrigos do Vale do Itajaí para o mercado de trabalhoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24359163Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-programa-prepara-jovens-de-abrigos-do-vale-do-itajai-para-o-mercado-de-trabalho-10346354Programa prepara jovens de abrigos do Vale do Itajaí para o mercado de trabalhoNesta edição, são cerca de 30 adolescentes beneficiados, sendo 20 de Blumenau2018-05-18T08:00:32-03:002018-05-18T08:00:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs próximos quatro meses serão de ensinamentos e preparação para cerca de 30 jovens que ingressaram no programa Novos Caminhos. A iniciativa, liderada por entidades empresariais e ligadas à Justiça, tem como objetivo formar adolescentes a partir dos 14 anos para o mercado de trabalho. São garotos e meninas que foram afastados das famílias por algum motivo e atualmente vivem em abrigos do Vale do Itajaí. De Blumenau, são 20 estudantes.Pedro*, 14 anos, é um deles. Ele fala entusiasmado sobre as expectativas com o novo desafio, assumido com o incentivo do irmão, que já passou pela formação. Uma porta de possibilidades que se abriu e permite realizar um sonho: cursar Moda. A oportunidade só foi viabilizada porque as instituições parcerias do programa permitem também que os alunos façam gratuitamente cursos técnicos oferecidos por elas.– Quero aprender. Sei que vai me ajudar bastante – fala o adolescente.Ao longo de 17 encontros, eles irão passar por uma série de minicursos. São aulas sobre responsabilidade individual e coletiva, empreendedorismo, ética no trabalho, economia pessoal, além de iniciação profissional em áreas de automação e construção civil, por exemplo. O trabalho é gratificante para quem acompanha a evolução dos jovens, como a analista de educação Maria Aparecida Vaz. Ela reforça, porém, a importância do apoio das empresas na contratação dos adolescentes.– A gente vê o desenvolvimento deles e a integração, mas eles precisam de oportunidades – destaca Maria Aparecida.O jovem Bernardo*, 15 anos, foi um dos beneficiados na edição passada do programa. Hoje, ele é exemplo para os demais garotos da instituição em que está acolhido, pela disciplina e motivação, segundo relato da gestora da unidade. Após passar por formação, o garoto conquistou um emprego.– Ainda bem que aprendi aqui um pouco de Excel, porque quando fui trabalhar, cheguei lá e precisei usar – lembra o jovem, que conta orgulhoso também sobre os diplomas que acumula.A rotina rigorosa de estudos e de trabalho garantiu a ele a sonhada autonomia, com direito a ter o próprio dinheiro e sair do abrigo para fazer atividades cotidianas a qualquer jovem.– (O programa) é uma peça importante dentro de um ciclo de fortalecimento e de inclusão dos nossos adolescentes. Sempre digo a eles que tudo que se planta, se colhe. Por isso falo para colocarem a energia deles nisso. Espero que sejam agentes de transformação na sociedade – afirma a educadora social Edineia Alessandra Marchetti.Projeto já formou mais de 800 jovensA assistente social do Tribunal de Justiça da Comarca de Blumenau e responsável técnica do projeto na região, Analu Cardoso Trevizan, conta que o programa ganhou força com o passar do tempo e hoje é primordial, principalmente por se tratar de jovens que vêm das mais diversas situações de vulnerabilidade e risco social. Eles encontram no programa uma oportunidade de inclusão social, bem como de aprendizagem.Desde quando foi criado, em 2013, o programa já ofereceu formação a mais de 800 jovens no Estado. Fruto de uma parceria entre a Fiesc, TJSC, Associação dos Magistrados Catarinenses, Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público e Fecomércio-SC, contempla também adolescentes que saíram do acolhimento. É possível que ingressem na formação e recebam capacitação jovens que tenham deixado os abrigos após um ano.*A reportagem adotou nomes fictícios para os adolescentes entrevistados.::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPrograma prepara jovens de abrigos do Vale do Itajaí para o mercado de trabalhoJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-programa-prepara-jovens-de-abrigos-do-vale-do-itajai-para-o-mercado-de-trabalho-10346354Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24359097Aumento da gasolina pesa no bolso de trabalhadoresCom a gasolina acima de R$ 4 em Blumenau, trabalhadores precisam se esforçar para não saírem no prejuízo2018-05-18T07:30:11-03:002018-05-18T07:30:11-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesAumento da gasolina pesa no bolso de trabalhadoresJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24359097Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-aumento-da-gasolina-pesa-no-bolso-de-trabalhadores-10346327Aumento da gasolina pesa no bolso de trabalhadoresCom a gasolina acima de R$ 4 em Blumenau, trabalhadores precisam se esforçar para não saírem no prejuízo2018-05-18T07:30:11-03:002018-05-18T07:30:11-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO aumento no preço dos combustíveis afeta diretamente quem tem o veículo como ferramenta de trabalho. É o caso do motoboy Kleiton Weber, que é autônomo e precisa negociar diretamente com o cliente o valor das entregas. Quando a gasolina sobe, é o momento de avaliar como não ficar no prejuízo.– Nós já temos um preço definido com quem contrata o serviço. Com a alta teremos que alterar esse valor e muitos clientes não entendem e começam a procurar outro profissional com menor valor, às vezes deixando de lado a qualidade. Já perdi cliente quando tivemos que renegociar os valores devido à alta do combustível – lamenta o motoboy, que trabalha na área há oito anos.Com a gasolina acima de R$ 4 em Blumenau, ele diz vai aguardar um mês. Se não houver uma redução, o custo pode pesar na hora de negociar com os clientes:– Se continuar como está teremos que dividir esse custo com o cliente, infelizmente. Um acréscimo que gira em torno de R$ 2 acima da tabela que já praticamos, e que depende da região.Sérgio Luiz Zoz é motorista de um serviço de aplicativo em Blumenau. Dirige um carro movido somente a gasolina e é considerado uma espécie de rei da planilha pelos colegas, justamente porque tem todos os gastos com o trabalho calculados. Mesmo assim, o valor dificulta bastante a lucratividade.– A relação que antes era de aproximadamente oito viagens para conseguir em torno de R$ 100, descontando o valor do aplicativo, agora é de quase 13 viagens. O combustível tem sido o maior vilão – reconhece.Por mais que a alta da gasolina seja o que mais espante a maioria dos motoristas, no diesel o aumento também é expressivo. Pior para profissionais como Roni da Silva, 51 anos, que trabalha há 20 anos com caminhão de frete.– Quando comecei a trabalhar, viajávamos a R$ 0,50 por quilômetro e o litro de diesel era R$ 0,36. Hoje o litro está entre R$ 3,50 e R$ 3,70 e a gente cobra R$ 1,80 por quilômetro, olha a diferença. É um absurdo, a gente não consegue repassar – afirma.É possível amenizar a situação atrás do volante?Quando o bolso do consumidor é afetado com o aumento da gasolina é preciso buscar alternativas para economizar. Simples atitudes ao volante, por exemplo, e uma manutenção adequada podem contribuir para um melhor desempenho do veículo, que resulta em um menor consumo de combustível.– A economia no consumo passa por três pilares: comportamento do motorista, perícia ao volante e manutenção básica. Não esticar a marcha, ficar parado na sinaleira acelerando o carro, são coisas básicas. Se alterar a forma de andar, vai ter reflexo no consumo, milagre ninguém faz – afirma Edson Bulhmann, especialista em mecânica automotiva.Para Bulhmann, hoje o combustível comercializado possui muito álcool, que aumenta a ingestão do motor. Por isso, uma manutenção básica da parte de ignição, dos filtros de ar – que quando entupidos aumentam em 30% o consumo –, vai acabar resultando no rendimento do veículo, que consequentemente vai reduzir o uso do combustível.Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaAumento da gasolina pesa no bolso de trabalhadoresJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-aumento-da-gasolina-pesa-no-bolso-de-trabalhadores-10346327Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24359086Preço da gasolina ultrapassa a barreira dos R$ 4 em BlumenauAlta do dólar e carga tributária forçam aumento do combustível, que traz impacto para trabalhadores2018-05-18T07:00:36-03:002018-05-18T07:00:36-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesPreço da gasolina ultrapassa a barreira dos R$ 4 em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24359086Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-preco-da-gasolina-ultrapassa-a-barreira-dos-r-4-em-blumenau-10346308Preço da gasolina ultrapassa a barreira dos R$ 4 em BlumenauAlta do dólar e carga tributária forçam aumento do combustível, que traz impacto para trabalhadores2018-05-18T07:00:36-03:002018-05-18T07:00:36-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA escalada do preço dos combustíveis continua castigando o bolso dos motoristas em Blumenau. Nos últimos dias, as placas de postos da cidade passaram a exibir valores acima da barreira de R$ 4 pelo litro da gasolina comum. Esse patamar já vinha em alta desde o ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços e passou a elevar os valores de acordo com o mercado internacional, mas se acentuaram ainda mais nas últimas semanas.A última pesquisa da Associação Nacional do Petróleo (ANP) com postos de Blumenau foi feita no dia 7. Na ocasião, o preço médio na cidade entre os 20 estabelecimentos pesquisados pela entidade era de R$ 3,91. No entanto, um dos postos já cobrava R$ 4,09. Na quinta-feira, a reportagem do Santa pesquisou o preço nesses mesmos 20 locais e constatou que 12 deles já cobram mais de R$ 4 pelo litro da gasolina comum. A média dos 20 estabelecimentos ficou em R$ 4,02, mas como alguns postos cobram valores diferentes para pagamentos à vista ou no cartão de crédito, em alguns deles os valores chegam a R$ 4,19. Em maio de 2017, apenas um ano atrás, o preço médio da gasolina na cidade, segundo a ANP, era R$ 3,44 – R$ 0,58 a menos do que a média do levantamento feito pelo Santa nesta quinta.Leia maisAumento da gasolina pesa no bolso de trabalhadoresSegundo o economista e professor da Furb Jamis Piazza, essa alta recente se deve principalmente a dois motivos. O primeiro deles é a alta do dólar. O novo cálculo para o reajuste da gasolina feito pela Petrobras também leva em conta o câmbio. Na economia, a elevação na moeda americana registrada nas últimas semanas é, de acordo com Piazza, fruto da falta de credibilidade política no país e do aumento de juros nos Estados Unidos, que leva investidores do Brasil para lá em busca de uma rentabilidade maior. Por aqui, esse avanço do dólar faz o preço da gasolina nas bombas também disparar. A segunda razão exposta pelo economista é a carga tributária, que chega a quase 56% do preço da gasolina.– O que mais encarece a gasolina é essa alta carga tributária. E a tendência para os próximos meses é de instabilidade, já que não há perspectiva de mudar a política de preços e também não vemos nada da equipe econômica no sentido de mudar a carga de tributação. Se o governo quisesse reduzi-la, geraria um impacto positivo grande porque isso influencia na gasolina e também no diesel, que está presente desde a lavoura até o transporte rodoviário, que afeta diretamente o preço da maioria dos produtos – avalia.Federação alerta para reajustes nas refinariasA direção do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb) concorda que o câmbio e a alta no barril do petróleo são os fatores que elevaram o preço e que isso também dificulta a situação dos donos de postos, que têm margens de lucro cada vez menores. Na quarta-feira, a Federação do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) chegou a emitir uma nota alertando para os constantes reajustes da gasolina, que segundo a entidade já somam 42,25% de alta nas refinarias desde julho do ano passado. O texto define a política de preços como “perversa” e diz que vem causando dificuldades financeiras no setor de revenda.A alta carga tributária sobre a gasolina é um dos temas abordados no Dia da Liberdade de Impostos (previsto para ocorrer no próximo dia 24), que terá a adesão de vários estabelecimentos com a venda de produtos, sem o valor correspondente aos impostos para alertar os consumidores sobre o peso dos tributos no preço final que é cobrado do consumidor.Foto:Porto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaPreço da gasolina ultrapassa a barreira dos R$ 4 em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-preco-da-gasolina-ultrapassa-a-barreira-dos-r-4-em-blumenau-10346308Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-crianca-de-um-ano-sofre-queimaduras-apos-incidente-em-blumenau-10346092Criança de um ano sofre queimaduras após incidente em BlumenauA menina teve ferimentos no tórax, abdômen, pescoço e no braço direito2018-05-17T19:38:36-03:002018-05-17T19:38:36-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma menina de um ano e três meses teve queimaduras de 2º grau em diversas regiões do corpo após derrubar um em si um bule de café. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incidente aconteceu na casa da criança, no fim da tarde desta terça-feira, no bairro Progresso, em Blumenau. A vítima foi conduzida ao Hospital Santo Antônio pela equipe do Arcanjo 3, com ferimentos no tórax, abdômen, pescoço e no braço direito. Cerca de 9% do corpo foi afetado com destruição de tecido, o que de acordo com os bombeiros é considerado grave, principalmente por se tratar de uma criança muito pequena.Para evitar acidentes domésticos envolvendo crianças na cozinha, o Corpo de Bombeiros recomenda uma série de cuidados:- Evite a presença da criança na cozinha- Mantenha panelas com os cabos virados para dentro do fogão. Dê preferência para as bocas de trás e retire os botões de acendimento quando não estiver utilizando o equipamento (se possível)- Atente para toalhas e móveis passíveis de queda ou com bordas cortantes. São potenciais geradores de acidentes- Utilize preferencialmente pratos e copos de plásticoPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCriança de um ano sofre queimaduras após incidente em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-crianca-de-um-ano-sofre-queimaduras-apos-incidente-em-blumenau-10346092Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24358607Trânsito muda na Rua 1º de janeiro a partir de segunda-feira em virtude das obras na BR-470Motoristas devem ficar atentos às alterações e os usuários do transporte coletivo também2018-05-17T19:19:28-03:002018-05-17T19:19:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesTrânsito muda na Rua 1º de janeiro a partir de segunda-feira em virtude das obras na BR-470Jornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24358607Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-transito-muda-na-rua-1-de-janeiro-a-partir-de-segunda-feira-em-virtude-das-obras-na-br-470-10346034Trânsito muda na Rua 1º de janeiro a partir de segunda-feira em virtude das obras na BR-470Motoristas devem ficar atentos às alterações e os usuários do transporte coletivo também2018-05-17T19:19:28-03:002018-05-17T19:19:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA partir de segunda-feira, o trânsito na Rua 1º de Janeiro, entre a Rua Arco Íris e a BR-470, no bairro Fidélis, ficará bloqueado. A medida é necessária em virtude das obras na BR-470. No local serão executados os serviços de terraplanagem necessários para a duplicação da rodovia. O bloqueio permanecerá até o fim dos trabalhos no trecho.Com isso, o motorista que estiver na Rua 1º de Janeiro e precisar acessar a BR-470, deverá utilizar as ruas Guilherme Scharf e Doutor Pedro Zimmermann como rota alternativa. O acesso à Rua 1º de Janeiro pela Rua Arco Íris permanecerá liberado para o trânsito.O transporte coletivo também terá modificações. Durante o período das obras, a linha 111 - Santa Clara, ao sair do Loteamento Santa Clara, seguirá direto pelas ruas Guilherme Scharf e Doutor Pedro Zimmermann, para continuar o trajeto normal. O atendimento da Rua 1º de Janeiro, no trecho entre as ruas Guilherme Scharf e Arco Íris, será feito pela linha 101 - Fidélis. Ao voltar do bairro Fidélis, a linha 101 seguirá pela Rua 1º de Janeiro até a Rua Arco Íris, fará o retorno, voltará pela Rua 1º de Janeiro e continuará o seu trajeto pelas ruas Guilherme Scharf e Doutor Pedro Zimmermann. ::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaTrânsito muda na Rua 1º de janeiro a partir de segunda-feira em virtude das obras na BR-470Jornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-transito-muda-na-rua-1-de-janeiro-a-partir-de-segunda-feira-em-virtude-das-obras-na-br-470-10346034Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24356781Focos do Aedes aegypti aumentam 40% em BlumenauBairros Salto Weissbach e Itoupavazinha registram 63 % dos casos verificados na cidade, que superam o total registrado em todo o ano passado2018-05-17T07:30:03-03:002018-05-17T07:30:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSMichele LaminFocos do Aedes aegypti aumentam 40% em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24356781Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-focos-do-aedes-aegypti-aumentam-40-em-blumenau-10345237Focos do Aedes aegypti aumentam 40% em BlumenauBairros Salto Weissbach e Itoupavazinha registram 63 % dos casos verificados na cidade, que superam o total registrado em todo o ano passado2018-05-17T07:30:03-03:002018-05-17T07:30:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDados divulgados pela Secretaria de Promoção da Saúde de Blumenau mostram que neste ano foram identificados 111 focos do mosquito transmissor da dengue nos bairros de Blumenau. O número registrado em quase cinco meses é 40% maior do que os 64 casos apontados nesse mesmo período de 2017. A quantidade também é maior mesmo quando comparada ao ano passado inteiro: os 111 focos do Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre de chikungunya e zika vírus, representam 19,3% a mais do que os 93 anteriores. De acordo com o monitoramento dos agentes que fazem o trabalho de fiscalização e eliminação de criadouros do mosquito, os bairros com maiores indicadores foram Salto Weissbach e Itoupavazinha, com 40 e 30 focos, respectivamente. As regiões do Badenfurt, Itoupava Central, Salto do Norte, Do Salto e Passo Manso são outras que constam na lista de prioridade de ações. Segundo a coordenadora municipal de Prevenção e Combate à Dengue, Eleandra Casani, o panorama é motivo de atenção redobrada porque pode fazer com que Blumenau passe da situação de “município em área de risco” para “município infestado”.– No bairro Itoupavazinha, na área delimitada epidemiologicamente, onde foram detectados os focos do mosquito, há uma grande concentração de empresas prestadoras de serviços de transporte. No bairro Salto Weissbach, a área delimitada apresenta empresas que recebem matéria-prima do mercado interno e externo, favorecendo que o vetor se dissemine no município. Essas empresas estão localizadas em áreas industriais e residenciais onde há grande quantidade de potenciais criadouros do mosquito. Estamos promovendo ações de fiscalização e combate aos focos do Aedes – informa.Monitoramento com armadilhasPara frear o crescimento de focos, a equipe de Fiscalização Sanitária mantém 1.650 armadilhas vistoriadas anualmente. Há ainda 358 pontos estratégicos, como ferro-velho, borracharias, cemitérios e indústrias, que são fiscalizados a cada 15 dias.– Nos locais onde constatamos a presença do vetor (mosquito), delimitamos um raio de 300 metros em um ângulo de 360o. Nestes locais, efetuamos a eliminação mecânica e a aplicação de produto químico, seguindo determinação do Ministério da Saúde, com vistorias bimestrais – detalha Eleandra. Também são feitas ações de educação em saúde com palestras e orientações para a rede escolar do município, empresas e a comunidade em geral.– Além disso, fazemos o atendimento das denúncias referentes a locais com acúmulo de potenciais criadouros de mosquito, que chegam pelos sistemas da Ouvidoria da Saúde, Dengue SC e FormSus – acrescenta.As condições climáticas interferem na resistência dos ovos do mosquito ao ambiente, que é de 450 dias em locais secos. A preocupação fica maior ainda com o aumento das chuvas, que podem formar o ambiente ideal para a proliferação do Aedes aegypti.– Em Blumenau, tivemos um verão quente e com baixa quantidade de chuva, mas também temos a presença do mosquito que deposita seus ovos em locais secos que podem acumular água. Com o retorno da chuva, esses locais podem receber água, e dentro de cinco a 10 dias teremos o mosquito alado, lembrando que se a fêmea estiver contaminada com os vírus, todos os mosquitos que se desenvolverem desta ovoposição também estarão contaminados e transmitindo doenças como dengue, chikungunya e Zika vírus – alerta a coordenadora.O ideal é que a população faça a sua parte e ajude para que não haja proliferação do mosquito, ao não deixar objetos acumulando água, conforme orienta a coordenadora de Prevenção e Combate à Dengue.::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaFocos do Aedes aegypti aumentam 40% em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-focos-do-aedes-aegypti-aumentam-40-em-blumenau-10345237Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-inicia-na-sexta-feira-a-remocao-do-asfalto-em-trechos-da-rua-general-osorio-em-blumenau-10343173Inicia na sexta-feira a remoção do asfalto em trechos da Rua General Osório, em BlumenauSerão três pontos com obras e a Guarda de Trânsito ficará responsável por controlar o fluxo de veículos2018-05-16T18:55:49-03:002018-05-16T18:55:49-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA prefeitura vai iniciar na sexta-feira a fresagem do asfalto na Rua General Osório, no bairro Velha, em Blumenau. O serviço faz parte do projeto de readequação da via e nesta etapa será feito em três trechos: entroncamento com a Rua Frei Estanislau Schaette até a Rua Benedito Novo; do número 2.182 até a esquina com a Rua Tubarão; e no entroncamento da Rua Margarida Waldrich até o número 3.841. A Guarda Municipal de Trânsito estará no local para auxiliar o fluxo de veículos.O trabalho consiste na retirada de uma camada de cinco centímetros nos pontos de asfalto antigo que estão deteriorados, recomposição das áreas fresadas e aplicação da primeira camada de asfalto em toda a pista. A expectativa é que em quatro ou cinco dias esta parte do serviço seja concluída e até o início de junho deve ser finalizar a pavimentação asfáltica dos trechos.A obra de readequação da via abrange um trecho de aproximadamente quatro quilômetros, entre a Rua Bahia e a Rua Tóquio. O objetivo é aumentar a capacidade da Rua General Osório, com a instalação de uma faixa central reversível, que funcionará nos moldes da Rua João Pessoa. Um semáforo vai indicar qual o fluxo da pista em determinado momento do dia.::: Leia mais notícias no SantaPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaInicia na sexta-feira a remoção do asfalto em trechos da Rua General Osório, em BlumenauJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-inicia-na-sexta-feira-a-remocao-do-asfalto-em-trechos-da-rua-general-osorio-em-blumenau-10343173Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24353967Jovem leva choque após caminhão derrubar poste da rede elétrica em ApiúnaRisco de descarga elétrica fez a BR-470 ser bloqueada no começo da tarde desta quarta2018-05-16T15:21:19-03:002018-05-16T15:21:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSCorpo de BombeirosJovem leva choque após caminhão derrubar poste da rede elétrica em ApiúnaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24353967Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-jovem-leva-choque-apos-caminhao-derrubar-poste-da-rede-eletrica-em-apiuna-10342968Jovem leva choque após caminhão derrubar poste da rede elétrica em ApiúnaRisco de descarga elétrica fez a BR-470 ser bloqueada no começo da tarde desta quarta2018-05-16T15:21:19-03:002018-05-16T15:21:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm jovem de 25 anos ficou ferido em Apiúna no começo da tarde desta quarta-feira, após levar um choque enquanto estava sentado em um ponto de ônibus às margens da BR-470. Ele foi atingido pela descarga elétrica depois de um caminhão derrubar um poste e causar um curto-circuito. A rodovia chegou a ficar interditada no km 98, mas já foi liberada.O jovem foi avaliado pelo Corpo de Bombeiros e não sofreu ferimentos visíveis. De acordo com as informações divulgadas, o caminhão carregava uma peça de grande porte que acabou enroscando na fiação e derrubando o poste. O acidente ocorreu por volta de 12h30min.A fiação caída fez a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interditar a rodovia na altura do Km 98 por causa do risco de descarga elétrica. A Celesc fez a retirada dos fios e a rodovia já foi liberada.Leia mais notícias de Blumenau e regiãoPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaJovem leva choque após caminhão derrubar poste da rede elétrica em ApiúnaJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-jovem-leva-choque-apos-caminhao-derrubar-poste-da-rede-eletrica-em-apiuna-10342968Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24353922Moradores pedem manutenção em ponte entre Penha e NavegantesPrefeitura de Penha quer fazer uma nova ponte no local2018-05-16T14:50:10-03:002018-05-16T14:50:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSLuiz Carlos de SouzaMoradores pedem manutenção em ponte entre Penha e NavegantesJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24353922Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-moradores-pedem-manutencao-em-ponte-entre-penha-e-navegantes-10342933Moradores pedem manutenção em ponte entre Penha e NavegantesPrefeitura de Penha quer fazer uma nova ponte no local2018-05-16T14:50:10-03:002018-05-16T14:50:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brMoradores de Navegantes e Penha, no Litoral, estão reclamando da condição da ponte que liga os municípios no bairro Gravatá, na Avenida da Praia. Movimentada o dia inteiro, a ponte de concreto está com pedaços quebrados e os ferros já estão aparentes. Para os moradores, falta manutenção na estrutura.Leia maisEngenheiros alertam sobre condições de pontes em BlumenauSegundo a prefeitura de Navegantes, um projeto para reformar a ponte chegou a ser feito, mas a prefeitura de Penha não concordou porque queria uma ponte mais alta, para os barcos poderem passar embaixo. Por isso a administração de Penha fez o projeto de uma nova ponte e levou para o Ministério da Integração Nacional, através de uma visita do prefeito nesta quarta-feira.A situação da ponte já havia sido denunciada pela Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri), que havia identificado a necessidade de melhorias e recomendado aos dois municípios que pensassem em alternativas.*Com informações da repórter Patrícia Silveira, da NSC TVPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaMoradores pedem manutenção em ponte entre Penha e NavegantesJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-moradores-pedem-manutencao-em-ponte-entre-penha-e-navegantes-10342933Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24343926CRM-SC abre sindicância para apurar caso do médico suspeito de descumprir punição em GasparProfissional continuava frequentando a policlínica segundo funcionários e Secretaria de Saúde durante período em que deveria estar afastado2018-05-16T10:24:09-03:002018-05-16T10:24:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPatrick RodriguesCRM-SC abre sindicância para apurar caso do médico suspeito de descumprir punição em GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:clicrbs.com.br:24343926Change0Usableurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-crm-sc-abre-sindicancia-para-apurar-caso-do-medico-suspeito-de-descumprir-punicao-em-gaspar-10341974CRM-SC abre sindicância para apurar caso do médico suspeito de descumprir punição em GasparProfissional continuava frequentando a policlínica segundo funcionários e Secretaria de Saúde durante período em que deveria estar afastado2018-05-16T10:24:09-03:002018-05-16T10:24:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO Conselho Regional de Medicina (CRM-SC) abriu sindicância para apurar o suposto descumprimento da suspensão de 30 dias sofrida pelo médico-anestesista José Alberto Dantas. Na semana passada, reportagem conjunta do Santa e da NSC TV mostrou que, mesmo durante os 30 dias em que deveria estar afastado da medicina por uma decisão do órgão, o profissional continuava frequentando o Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Gaspar, onde era diretor técnico entre março e abril, e a policlínica municipal, local em atuava como médico-regulador e em que continuava autorizando a realização de procedimentos por pacientes da cidade.:: Prefeitura de Gaspar exonera médico com registro suspenso no CRMA sindicância é analisada por um médico conselheiro do CRM-SC e, caso confirme que o profissional estava atuando durante a suspensão dele, que esteve em vigor de 16 de abril até esta terça-feira, dia 15, pode dar origem a um novo processo ético-profissional, que irá ouvir os envolvidos e poderá resultar em nova punição. O andamento da sindicância, no entanto, é sigiloso. O CRM-SC também comunicou o Ministério Público Federal (MPF) a respeito dos fatos.:: Médico com registro suspenso no CRM é suspeito de atuar irregularmente em GasparNesta terça-feira, o decreto do prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall, que exonera o médico do cargo comissionado de regulador do município foi publicado no Diário Oficial. :: Leia mais notícias em santa.com.brPorto Alegre, RSJornal de Santa CatarinaCRM-SC abre sindicância para apurar caso do médico suspeito de descumprir punição em GasparJornal de Santa Catarinaurn:publicid:jornaldesantacatarina-clicrbs-com-br-sc-geral-crm-sc-abre-sindicancia-para-apurar-caso-do-medico-suspeito-de-descumprir-punicao-em-gaspar-10341974Change0Usable