Suspeito de atentados em NY e Nova Jersey depõe na quinta-feira - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Estados Unidos12/10/2016 | 17h56Atualizada em 12/10/2016 | 17h58

Suspeito de atentados em NY e Nova Jersey depõe na quinta-feira

Ahmad Khan Rahami, nascido no Afeganistão e naturalizado americano, também é considerado responsável por uma explosão em Manhattan

Suspeito de atentados em NY e Nova Jersey depõe na quinta-feira Reprodução/Twitter FBI New York
Segundo o FBI, Ahmad Khan Rahami tem 28 anos e nasceu no Afeganistão Foto: Reprodução / Twitter FBI New York
AFP
AFP

O único suspeito dos atentados de Nova York e Nova Jersey, cometidos há quase um mês, vai se apresentar pela primeira vez à Justiça na quinta-feira, por videoconferência.

Nascido no Afeganistão e naturalizado americano, Ahmad Khan Rahami, de 28 anos, foi gravemente ferido antes de ser preso e está internado desde 19 de setembro, informou um porta-voz da Promotoria.

Leia mais
Autoridades detém cinco pessoas por bomba em Nova York, afirmam jornais
Autor de ataque com faca em Minnesota era um "soldado do Estado Islâmico"

Rahami é suspeito de ser o autor do atentado a bomba de 17 de setembro no bairro de Chelsea, em Manhattan. No episódio, 31 pessoas ficaram levemente feridas.

Ele também é considerado responsável pela colocação, no fim de semana de 17 e 18 de setembro, de outras bombas artesanais em Nova York e Nova Jersey. Desses artefatos, apenas um explodiu, sem deixar vítimas.

Veja imagens da explosão em Nova York

No final de setembro, o FBI declarou que considerava Rahami o único responsável pelos ataques e esclareceu que ele não tinha relação com qualquer organização extremista.

O FBI admitiu já tê-lo investigado em 2014, mas explicou que o procedimento foi interrompido por não terem sido encontrados vínculos com grupos terroristas.

Depois de sua detenção, a Polícia achou anotações do rapaz, nas quais ele se referia a Osama bin Laden, falecido líder da Al-Qaeda, e a um ideólogo dessa mesma rede, o que levantou temores de motivações extremistas.

O promotor federal denunciou Rahami pelo uso de armas de destruição em massa, ataque com bomba em um lugar público, destruição de bens privados e uso de um dispositivo de destruição para cometer crime violento em conexão com os atentados.

Também é acusado de tentativa de assassinato contra policiais e posse de arma de fogo e pelo tiroteio que deixou dois policiais feridos.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 4 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 4 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros