Escola estadual de Florianópolis é ocupada por estudantes  - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Mobilização estudantil20/11/2016 | 11h55Atualizada em 21/11/2016 | 08h27

Escola estadual de Florianópolis é ocupada por estudantes 

Estudantes da Escola Estadual Simão José Hess entraram no local na noite desta sexta-feira

Escola estadual de Florianópolis é ocupada por estudantes  Ocupa Simão / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Imagem foi tirada no início do mês, quando estudantes decretaram "estado de ocupação" no local Foto: Ocupa Simão / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Mobilizados desde o dia 28 de outubro, os estudantes da Escola Estadual Simão José Hess, no bairro Trindade, em Florianópolis, ocuparam a instituição na noite da última sexta-feira. Em uma publicação nas redes sociais, o grupo anunciou a entrada no local por volta às 20h. O movimento se junta agora às demais instituições de ensino do Estado que são contrário às medidas anunciadas pelo atual governo. Durante a ação, a Polícia Militar (PM) foi chamada para monitorar o local.

Os estudantes não divulgaram o número de integrantes, mas afirmam que o movimento tem crescido desde que, no mês passado, realizaram uma assembleia que iniciou o movimento. Segundo o grupo, os responsáveis dos alunos assinaram uma ata "onde constavam acordos acerca do espaço físico da ocupação".

A secretaria de educação, por meio da assessoria, informou que monitora a situação na escola para que alunos e o calendário escolar não sejam prejudicados neste fim de ano letivo. 

Leia mais notícias:
Discussão entre grupos pró e contra ocupação da UFSC acaba em agressão
PM cumpre reintegração de posse em prédio da Udesc ocupado por estudantes
Pró-reitor da UFSC se envolve em confusão com estudantes que participam de ocupação 


 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros