Pancho: Quando o preto der lugar ao verde, uma nova Chapecoense surgirá - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Tragédia30/11/2016 | 09h22Atualizada em 30/11/2016 | 09h23

Pancho: Quando o preto der lugar ao verde, uma nova Chapecoense surgirá

Pancho: Quando o preto der lugar ao verde, uma nova Chapecoense surgirá Cristiano Estrela/Agencia RBS
Homenagem aos mortos na Arena Condá Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
pancho

  • Para sempre, familiares e amigos dos que morreram no voo que levava o time da Chapecoense para a Colômbia carregarão a dor que surgiu como um punhal no peito ontem de madrugada. Perdemos vidas que estavam no auge, prestes a escrever página importante das histórias delas e também da de um clube adorado no Oeste e no Estado, de uma modalidade esportiva e do próprio país. São dramas familiares, mas também dramas de uma cidade e de uma região.

    É como se a própria Chapecoense, a instituição, tivesse desaparecido de uma hora para outra. De uma hora cheia de glórias e conquistas para outra de luto e vazio. Se aqui no Vale do Itajaí a tristeza não deu trégua, no Oeste ela se agarrou a todos, sem dó nem piedade.

    ::: Leia mais informações do colunista Pancho :::

    O Verdão era, até segunda-feira, o retrato da boa fase pela qual passa Chapecó, cidade com padrões invejáveis de desenvolvimento. Era a representação da felicidade e do sucesso de um povo que trabalha e supera obstáculos. O coração e a emoção dos chapecoenses e moradores de cidades vizinhas.

    Quando o preto do luto der lugar ao verde, uma nova Chapecoense surgirá para dar a esse povo a alegria que se perdeu no caminho para a Colômbia. #ForçaChape.

    Aos colegas

    Igualmente impactante é a notícia de que nós jornalistas perdemos mais de 20 colegas que, como a Chape, estavam em momento de extrema alegria e sucesso profissional. Coberturas internacionais costumam dar visibilidade aos talentos que muitas vezes se escondem atrás de um computador, uma câmera, microfone ou gravador. Acompanhar de perto momento tão importante para o Estado e para o país era, de certa forma, uma espécie de reconhecimento pelo trabalho bem desenvolvido ao longo de anos.

    Fica aqui meu pesar e carinho a todos os familiares e colegas de trabalho daqueles que nos deixaram fazendo o que mais gostam.


 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros