"Não tem condição nenhuma", diz Gilmar Dal Pozzo sobre jogo contra Atlético-MG - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Repercussão01/12/2016 | 18h19Atualizada em 01/12/2016 | 18h36

"Não tem condição nenhuma", diz Gilmar Dal Pozzo sobre jogo contra Atlético-MG

Dal Pozzo esteve no comando da Chapecoense nos acessos para a Série B e A

darci debona e Larissa Neumann

larissa.neumann@diariocatarinense.com.br

Em entrevista na tarde desta quarta-feira, Gilmar Dal Pozzo, técnico que comandou o time da Chapecoense nos acessos para a Série B e A, falou sobre a rodada final do Brasileirão, prevista para ocorrer neste domingo, quando a Chape jogaria contra o Atlético-MG. 

Mesmo com a tragédia que matou 71 pessoas, entre elas os jogadores e dirigentes do time de Chapecó, nesta terça-feira de madrugada, havia um pedido da própria CBF para que a partida fosse mantida

— Não tem condição nenhuma — disse ao comentar que chegou a conversar com o goleiro Nivaldo e com o zagueiro Rafael Lima sobre a situação — Tem que ser forte nesse momento — concluiu Dal Pozzo, que atualmente comanda o Ceará.

Também nesta quinta-feira, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, informou que o time mineiro não irá para Chapecó no domingo para disputar a partida. A justificativa da CBF para o pedido seria para que a Arena Condá fosse palco de uma "grande festa".

No começo da tarde desta quinta-feira, o vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, chegou a falar que, apesar de ainda que não tenha recebido o comunicado oficial sobre o possível cancelamento, "achava ótimo" a suspensão do jogo porque não teria "clima para jogar"

Acompanhe:

Todas as notícias sobre o acidente com o avião da Chapecoense na Colômbia

Noite de homenagens na Arena Condá tem arquibancadas lotadas e festa digna de título em Chapecó

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaVeja os filmes que estreiam nos cinemas catarinenses nesta quinta-feira https://t.co/xB70HbakL5 #LeiaNoSantahá 16 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDeputados estaduais pressionam por cota de R$ 5 milhões no orçamento de 2018 https://t.co/o4WJcDzoFM #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca