Brusque tem 1,8 mil pessoas desalojadas após enxurrada da última semana - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Balanço09/01/2017 | 22h50

Brusque tem 1,8 mil pessoas desalojadas após enxurrada da última semana

Prefeitura busca agora por recursos para reconstruir ruas afetadas por alagamentos do último dia 5

Brusque tem 1,8 mil pessoas desalojadas após enxurrada da última semana Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Quase uma semana depois da enxurrada que afetou Brusque, 1,8 mil moradores ainda estão fora de suas casas. Nesta segunda-feira, a prefeitura fez uma coletiva de imprensa para falar sobre a situação do município e o decreto de situação de emergência. Segundo a Defesa Civil, a chuva atingiu 25 bairros do município, deixando 1,8 mil pessoas desalojadas e 20 desabrigadas.

Até ontem foram registrados 115 atendimentos, sendo 83 deslizamentos e 32 alagamentos. Sete casas foram interditadas definitivamente e duas de forma temporária. Foram cerca de 450 residências atingidas, além de 50 empresas, uma igreja e uma Unidade Básica de Saúde. Cinco pontes estão danificadas e uma delas caiu.

Um abrigo chegou a ser montado na Arena Brusque e três famílias foram levadas para o local – apenas uma permanece lá. A Secretaria de Assistência Social entregou kits com doações.

A prefeitura trabalha agora para levantar o prejuízo com o temporal, que ocorreu na última quinta-feira. A intenção, explica o prefeito Jonas Paegle, é tentar obter recursos junto aos governos estadual e federal.

– Estamos entrando em contato com a Caixa Econômica Federal para ver as verbas disponíveis para melhor atender a nossa população. Vamos em busca de recursos para habitação, além de juro zero para nossos microempresários atingidos – afirma.

Ibirama em situação de emergência
Além de Brusque e Blumenau – cuja região Sul da cidade foi afetada por um temporal na quarta-feira passada – a cidade de Ibirama, no Alto Vale, também prepara um decreto de situação de emergência em decorrência de um temporal ocorrido em 30 de dezembro.

De acordo com a Secretaria de Proteção e Defesa Civil, houve alagamentos e deslizamentos de terra no Centro e em dois bairros. Os prejuízos chegam a R$ 1,8 milhão.

Em Blumenau, a Secretaria de Defesa do Cidadão entregou ontem os documentos para o governo do Estado sobre os estragos causados pela chuva da semana passada. Serão necessários pelo menos R$ 10 milhões para recuperar o que foi danificado.
Pelo menos 20 equipes trabalham ainda nas ruas afetadas pelo temporal e a estimativa é que sejam necessários mais 15 dias para terminarem a limpeza e o recolhimento de resíduos.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Brusque

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é detido por populares e preso após assalto na Rua Bahia, em Blumenau https://t.co/Y8wFhcgfsv #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaRaimundo Colombo acompanha velório de Teori Zavascki no RS https://t.co/liI3E7apOT #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros