Chuvas de quarta-feira deixam saldo de 213 ocorrências na região Sul de Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Dia seguinte05/01/2017 | 22h25

Chuvas de quarta-feira deixam saldo de 213 ocorrências na região Sul de Blumenau

Defesa Civil fez sobrevoo na área e segue com vistorias na região Sul de Blumenau

Chuvas de quarta-feira deixam saldo de 213 ocorrências na região Sul de Blumenau Eraldo Schnaider/Divulgação
Foto: Eraldo Schnaider / Divulgação

O dia seguinte aos dois temporais que provocaram estragos nos bairros Garcia, Valparaíso, Glória e Progresso, na região Sul de Blumenau, foi de vistorias e de recuperação. O prefeito Napoleão Bernardes e o secretário de Defesa do Cidadão Marcelo Schrubbe sobrevoaram na manhã desta quinta a área atingida para identificar do alto rachaduras e outras situações de risco na localidade.

Até o início da noite desta quinta-feira, a Defesa Civil havia registrado 213 ocorrências em função das chuvas. Desse número, aproximadamente a metade envolve residências, segundo Schrubbe. Nenhum caso teve vítimas. Cinco famílias foram orientadas a deixar os domicílios e estão passando as noites em casas de familiares – o número pode mudar a partir do trabalho desta sexta. Nenhuma rua estava interditada até o fechamento desta matéria. No total, 78 ocorrências já tiveram laudo expedido pela Defesa Civil, que espera concluir sábado a análise dos casos registrados até esta sexta. Além do Distrito do Garcia, foram registrados deslizamentos nas ruas Hermann Kratz e Franz Mueller, ambas no bairro Velha Grande.

– Nesta sexta as equipes vão novamente a campo e a tendência agora é ser mais rápido porque as situações mais graves já foram vistoriadas – pontua Schrubbe.

A prefeitura de Blumenau emitiu um decreto de situação de emergência específico para a região Sul. A medida facilita o acesso a equipamentos e recursos necessários para a reconstrução das áreas atingidas. Um dos deslizamentos que provoca preocupação ocorreu na Rua Emílio Tallmann, no bairro Progresso. A Defesa Civil ainda trabalha na avaliação do local.

Volume de chuva de quase um mês em 12 horas
Na quarta-feira os moradores de bairros do Distrito do Garcia viveram um susto quando um segundo temporal atingiu a cidade por volta das 23h, menos de seis horas depois das chuvas que provocaram deslizamentos e alagamentos. Em 12 horas, a região registrou volume de chuva de 153,2 milímetros, quase todo o esperado para o mês de janeiro, que tem média de 180 milímetros. A quinta-feira foi de menos apreensão. A região Sul não registrou temporal, apenas a região Norte da cidade teve volume de 20 milímetros de precipitação. Por outro lado, Brusque e Itajaí registraram altos volumes de chuvas ontem.

Ainda assim, como havia risco de temporal até a madrugada de hoje e a tendência é de que a condição permaneça durante o verão, a recomendação de cuidados e atenção extrema para quem mora em áreas de risco permanece.

No Hospital Santa Isabel, que teve parte do teto e de uma parede desabadas durante o primeiro temporal da quarta-feira, a análise dos técnicos já foi concluída. A unidade hospitalar começou a reconstrução do espaço, mas ainda não há previsão de quando os atendimentos de emergência serão retomados. Logo, a orientação é de que em casos de emergência sejam procurados os hospitais Santo Antônio e Santa Catarina.

No Alto Vale, ontem as chuvas dessa provocaram a queda de uma árvore no acostamento do Km 108 da BR-470, em Apiúna. Não houve interrupção da pista e o obstáculo foi retirado ainda no fim da tarde, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Blumenau

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaTaxista é assaltado no bairro Escola Agrícola, em Blumenau https://t.co/HflKdiXh5w #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCatarinense Giulia Soncini é eliminada do The Voice Kids https://t.co/lshf90Uxw3 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros