Militantes vão fumar maconha durante posse de Trump - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

No próximo dia 2006/01/2017 | 15h19Atualizada em 06/01/2017 | 15h19

Militantes vão fumar maconha durante posse de Trump

Apesar de ser ilegal consumir a droga em locais públicos, 4,2 mil cigarros serão distribuídos em um gesto de desafio contra o republicano

Militantes vão fumar maconha durante posse de Trump JOHN GURZINSKI/AFP
Foto: JOHN GURZINSKI / AFP
AFP
AFP

Militantes pró-legislação da maconha distribuirão 4,2 mil cigarros no próximo dia 20, em Washington, durante o juramento de posse do presidente eleito Donald Trump, em um gesto de desafio contra o novo poder republicano e conservador.

Desde fevereiro de 2015 é permitido em Washington, a capital federal, ter até seis plantas de canabis em casa e possuir um máximo de 56 gramas de maconha desde que seja maior de 21 anos. No entanto, é proibido fumar em espaços públicos e, principalmente, comprar ou vender, já que o Congresso, que tem a tutela da capital, proibiu a regulamentação do comércio desta droga.

Leia mais
Autoridades russas autorizaram interferência na eleição dos EUA para beneficiar Trump
EUA colocam filho de Bin Laden na lista terrorista
Efeito Trump? Após ameaça por se instalar no México, Toyota tem queda de 3% nas suas ações

O estatuto da maconha é, portanto, incerto e poderá, inclusive, ser ilegal se o futuro Congresso republicano votar uma nova lei que anule pura e simplesmente a votada por referendo.

— Distribuindo maconha na posse, começamos a batalha — afirmou Adam Eidinger, de 44 anos, promotor do referendo de 2014 e fundador da DC Marijuana Coalition. — Estamos a ponto de perder nosso direito.

Segundo Adam, os 4,2 mil cigarros de maconha, correspondente a menos de 2 kg, custando cerca de 2 mil dólares e serão distribuídos de forma a respeitar os limites individuais.

O objetivo do protesto é que todos acendam o cigarro de maconha junto ao espelho d'água do National Mall 4 minutos e 20 segundos depois do início do discurso de Donald Trump (4/20 é o código universal dos amantes da maconha).

Só há um problema: a droga continua sendo ilegal em todo território federal e, portanto, também no National Mall.

— As pessoas poderão ir para cada fumar. Ou decidir cometer um ato de desobediência civil para protestar. Elas escolhem — explica Adam.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaMinistério Público Estadual encerra processo movido contra a licitação da Ponte do Centro em Blumenau https://t.co/eSBGlJWbYi #LeiaNoSantahá 4 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaTaxistas se negam a atender criança machucada porque seus pais chegaram de Uber ao hospital  https://t.co/mJKOTTPW7N #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros