Tiroteio em aeroporto da Flórida deixa pelo menos cinco mortos - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Estados Unidos06/01/2017 | 17h09Atualizada em 07/01/2017 | 16h36

Tiroteio em aeroporto da Flórida deixa pelo menos cinco mortos

A prefeita de Fort Lauderdale, Barbara Sharief, confirmou que há um atirador sob custódia e que o motivo do ataque ainda é desconhecido

Tiroteio em aeroporto da Flórida deixa pelo menos cinco mortos Joe Raedle/AFP
Foto: Joe Raedle / AFP
AFP
AFP

Um homem armado abriu fogo, nesta sexta-feira, no aeroporto Hollywood de Fort Lauderdale, na Flórida, deixando cinco mortos e oito feridos antes de ser detido, informou o xerife.

"Confirmado: tiroteio no aeroporto internacional Hollywood de Fort Lauderdale, com várias pessoas mortas. Um indivíduo está sob custódia", informou, no Twitter, o gabinete do xerife do condado de Broward.

Em outra postagem, o chefe da polícia local confirmou que cinco pessoas morreram e oito feridos foram levados ao hospital.

O senador pela Flórida Bill Nelson identificou o atirador como Esteban Santiago, um homem que aparentemente levava uma identificação militar.

Apesar de a própria prefeita, Barbara Sharief, confirmar que há um atirador sob custódia — e que o motivo do ataque ainda é desconhecido — a polícia afirma que segue as buscas.

Leia mais
Tiroteio deixa três feridos em centro de orações muçulmano em Zurique
Embaixador russo morre após ser baleado na Turquia
Tiroteio em campus da Universidade de Ohio deixa oito hospitalizados, diz TV

A prefeita, Barbara Sharief, confirmou que há um atirador sob custódia e que o motivo do ataque ainda é desconhecido.

Mais cedo, imagens de TV mostraram passageiros correndo para se proteger e outros reunidos na pista, enquanto a emissora NBC noticiou que uma pessoa havia sido morta. Tanto a NBC News quanto a CNN relataram que o homem armado foi levado sob custódia.

Passageiros se reuniram no meio da pista do aeroporto Hollywood Foto: TAYLOR ELENBURG / AFP

"Um incidente está em curso no setor de retirada de bagagens do Terminal 2", confirmou o aeroporto no Twitter. "Todos os serviços estão temporariamente suspensos em #FLL. Entre em contato com sua transportadora aérea para informações sobre seu voo", diz outra postagem.


O ex-porta-voz da Casa Branca Ari Fleischer também tuitou: "Estou no aeroporto de Ft. Lauderdale. Tiros foram disparados. Todo mundo está correndo". Em outro tuíte, ele citou a polícia para informar que havia um atirador e cinco vítimas no episódio.

Os passageiros estão sob guarda no local e ainda não se sabe quando eles vão sair do aeroporto, disse o diretor do aeroporto, Mark Gale. 

"Vamos entrar em contato com outros aeroportos e, como indicado pelo xerife, vamos ir passo a passo metodicamente antes das operações de reiniciar", disse.

Imagens de TV mostraram passageiros correndo para a segurança e centenas de pessoas se reuniram na pista do aeroporto. Uma hora depois, as fotos aéreas mostraram pessoas sendo evacuadas do asfalto para uma das faixas.

Uma testemunha, Ismail Burke, contou à emissora ABC que caminhava pelo terminal quando ouviu gritos. 

— Demos a volta e parecia que ele [o atirador] usava um uniforme e (tinha) uma arma grande — disse.

— E, de repente, começou a disparar nas pessoas. Corremos para o banheiro e foi assim que consegui sair de lá — acrescentou.

Orações de Trump

O incidente aconteceu no setor de entrega de bagagens do Terminal 2 e os policiais receberam as primeiras ligações de emergência às 12H55min locais (15h55min de Brasília).

O presidente eleito, Donald Trump, manifestou no Twitter que está "monitorando a terrível situação na Flórida (...) Meus pensamentos e orações estão com todos".

O presidente Barack Obama foi informado sobre os fatos por assessores de segurança.O governador do estado, Rick Scott, informou que está a caminho do aeroporto para coletar informações. Seu gabinete não quis dar mais detalhes até o momento. 

Um vídeo gravado por uma testemunha com o seu celular e obtido pelo canal 7, afiliada da Fox, mostra uma pessoa sangrando no chão do Terminal 2 e outras deitadas ou ajoelhadas.O ex-porta-voz da Casa Branca Ari Fleischer também tuitou: "Estou no aeroporto de Ft. Lauderdale. Tiros foram disparados. Todo mundo está correndo".

"Tudo parece calmo agora, mas a polícia não deixa que ninguém saia do aeroporto, pelo menos não da área onde eu estou", acrescentou em outro tuíte postado mais tarde.

Este ataque ocorre em um estado sensibilizado pelos frequentes tiroteios que ocorrem nos Estados Unidos. Em junho de 2016, um chamado "lobo solitário", pessoas que agem sozinhas em ataques, matou 49 e feriu 53 em uma boate gay em Orlando, no centro da Flórida.

No ano passado também ocorreram neste estado pelo menos uma dezena de tiroteios em massa, que, apesar disso, não ganharam grande repercussão por deixarem poucas vítimas.

Veja o local do tiroteio:

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaSenai inaugura novos institutos em Joinville nesta quinta-feira https://t.co/gBTdrrzjs0 #LeiaNoSantahá 13 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPenitenciária de Florianópolis deve ter ampliação de 400 vagas em seis meses https://t.co/Zrpi234qQA #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros