Trump nega que Rússia tenha informações comprometedoras sobre ele - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Estados Unidos11/01/2017 | 14h20Atualizada em 11/01/2017 | 15h53

Trump nega que Rússia tenha informações comprometedoras sobre ele

Dados em mãos de agentes russos diriam respeito a escândalos envolvendo atividades sexuais do novo presidente americano

Trump nega que Rússia tenha informações comprometedoras sobre ele Timothy A. Clary/AFP
Foto: Timothy A. Clary / AFP
Agência Brasil e AFP

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, desqualificou nesta quarta-feira as acusações do FBI (a Polícia Federal norte-americana) de que a inteligência russa teria informações comprometedoras contra ele. No Twitter, Trump disse que as denúncias são "infundadas" e foram bancadas por adversários políticos.

"A Rússia jamais tentou ter influência sobre mim. NÃO TENHO NADA COM A RÚSSIA - NENHUM ACORDO, NENHUM CRÉDITO, NADA DE NADA!", afirmou Trump no Twitter, ao reagir às informações não confirmadas que circulam nos meios de comunicação.

"As agências de inteligência jamais deveriam permitir que essas falsas notícias 'vazem' para o público. Um último disparo contra mim. Estamos vivendo na Alemanha nazista", acrescentou.

Leia mais
Rússia nega ter informações comprometedoras sobre Trump
Obama não apenas jogou confete sobre si mesmo: discursou para a história
Nomeação do genro de Trump para Casa Branca gera polêmica sobre nepotismo

A nova polêmica que envolve o relatório norte-americano sobre a interferência russa nas eleições surgiu depois que a imprensa local publicou, nessa terça-feira, entrevistas anônimas. Nelas, agentes do FBI afirmam que o governo da Rússia tem uma espécie de dossiê com informações comprometedoras sobre Donald Trump.

Os dados em mãos de agentes russos diriam respeito a escândalos envolvendo atividades sexuais do presidente eleito e poderiam ser usadas, segundo os agentes entrevistados, para chantagear Trump.

No Twitter, Donald Trump voltou a afirmar que o relatório e as supostas denúncias teriam sido fabricadas e pagas por seus adversários políticos.

O presidente eleito deve dar hoje a primeira entrevista coletiva, um dia depois de o presidente Barack Obama ter feito o discurso de despedida.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP e Agência Brasil

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaMenina de 10 anos é estuprada no Garcia em Blumenau https://t.co/ymyFac5vDQ #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaLei das doulas é regulamentada em Santa Catarina https://t.co/Zr5bqcmvWJ #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros