Alunos da rede estadual de SC não terão mais exame final e nota média para aprovação será 6 - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Mudanças na sala de aula10/02/2017 | 19h10Atualizada em 12/02/2017 | 16h57

Alunos da rede estadual de SC não terão mais exame final e nota média para aprovação será 6

Mudanças já valem para o próximo ano letivo, que inicia na próxima segunda-feira

Alunos da rede estadual de SC não terão mais exame final e nota média para aprovação será 6 Salmo Duarte/Agencia RBS
Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Cerca de 530 mil alunos devem voltar às aulas na rede estadual na próxima segunda-feira. Além das 16 escolas que terão ensino médio em tempo integral em SC, o ano letivo inicia com outras novidades para os alunos. A rede estadual mudou o sistema de avaliação. A média para aprovação que era de 7 passou para 6 e os alunos não terão mais o exame final, a ideia é que o  estudante tenha reforço e reavaliação ao longo do ano, explica o secretário de educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps. 

Ele explica que a mudança é referente à resolução 40 publicada pelo Conselho Estadual de Educação no ano passado. A medida orientava as escolas a fazer  progressão parcial para que os alunos passassem de ano mesmo sem ser aprovados em todas as disciplinas. A secretaria optou por manter a reprovação, mas com modificações:

— O estudante vai ter que dedicar já desde o início do ano letivo com atividades de recuperação paralela e até reavaliações. O importante é que os alunos comecem o ano atentos, porque não terão mais essa segunda grande chance. 

A medida vale para todas as 1.080 escolas estaduais, tanto para o ensino fundamental como médio. A secretaria ainda definirá em quantas disciplinas o aluno poderá reprovar para ficar em dependência. 

 Outra mudança é em relação aos professores. A rede deve iniciar com 30 mil docentes, sendo 22 mil efetivos, uma redução de 1 mil em comparação ao início do ano letivo passado. Um dos impactos está na extinção das vagas de professor nas chamadas salas de tecnologia. Esses profissionais cuidavam dos equipamentos da escola e davam assistência nas salas de informática. Em média, havia um professor por escola do Estado, o que explica a queda no número de profissionais:

— A gente tinha um profissional capacitado, gabaritado para ser professor, mas que atuava como um técnico nas escolas. Entendemos que seria muito importante que esses professores com habilitação que estavam atuando nas salas de tecnologia pudessem ser professores que entrassem no processo de contratação para suprir as vagas em salas de aula — explica Deschamps. 

A partir de agora todos os professores passarão por capacitação para ajudar na assistência e empresas terceirizadas cuidarão da manutenção dos computadores. Outra ajuda virá de estagiários do ensino médio. Serão 1.075 alunos, contratados por meio do Programa Novos Valores do governo estadual, para atuar no apoio a direção e professores. A previsão é que o edital seja publicado na segunda-feira. 

Algumas unidades da rede estadual, por problemas de liberação dos Bombeiros ou obras, iniciam as aulas até dia 20 de fevereiro. Os alunos das 16 escolas de ensino médio integral inciam as aulas na quarta-feira. A meta que precisa ser cumprida é de 120 alunos dentro da modalidade por escola. Deschamps afirma que algumas escolas ainda não atingiram a meta, porém as matrículas seguem abertas. Em outras, como a Ivo Silveira, em Palhoça, 185 alunos se matricularam. No total, são 19 novas escolas de ensino médio no Estado. 

Rede estadual em SC
Previsão de 530 mil alunos*
1080 escolas
30 mil professores

Leia também:

Reforma do ensino médio deve chegar às salas de aula só em 2019


Entenda as principais mudanças da reforma do Ensino Médio

Secretaria de Educação estuda extinguir 1,2 mil vagas para professores de informática em SC

Entenda o funcionamento do ensino médio integral em SC, que está com matrículas abertas até 6 de fevereiro

Senado aprova reforma do ensino médio e texto segue para sanção presidencial

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaLava-Jato pede R$ 2,3 bilhões de indenização a políticos do PP https://t.co/yH1PsV7CRr #LeiaNoSantahá 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCasos de depressão aumentam quase 20% em 10 anos, alerta OMS https://t.co/hkoPPMWqEq #LeiaNoSantahá 21 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros