Candidatos à presidência da França se enfrentam em debate na TV - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Disputa20/03/2017 | 08h19Atualizada em 20/03/2017 | 08h21

Candidatos à presidência da França se enfrentam em debate na TV

Com 40% dos eleitores indecisos, discussão entre os postulantes ao Palácio do Eliseu será uma oportunidade para convencer os franceses que ainda não definiram o voto 

Candidatos à presidência da França se enfrentam em debate na TV JOEL SAGET,ERIC FEFERBERG/AFP
François Fillon, Benoît Hamon, Marine Le Pen, Emmanuel Macron e Jean-Luc Mélenchon Foto: JOEL SAGET,ERIC FEFERBERG / AFP
AFP
AFP

Faltando apenas um mês para o primeiro turno, os cinco principais candidatos à presidência da França se enfrentam, nesta segunda-feira, em um debate na TV. O enfrentamento será crucial para contrapor as propostas dos postulantes ao Palácio do Eliseu em uma disputa ofuscada por revelações de supostos desvios de recursos públicos que afetam tanto o candidato da direita, François Fillon, como a aspirante da extrema-direita Marine Le Pen.

De acordo com as pesquisas mais recentes, Le Pen e o centrista Emmanuel Macron são os dois favoritos para seguir ao segundo turno das presidenciais de 7 de maio, com quase 26% das intenções de voto cada.

Ao lado deles, participarão no debate Fillon, que perdeu a condição de favorito depois de ser indiciado por desvio de dinheiro público, o socialista Benoît Hamon e o candidato da esquerda radical Jean-Luc Mélenchon.

Leia mais
Quem ganha e quem perde com a derrota do populismo na Holanda
Marine Le Pen classifica convocação à Justiça como "operação política"
Candidato de centro lidera corrida presidencial na França

Os outros seis candidatos à presidência, mas com poucas chances de chegar ao segundo turno, foram excluídos do debate — decisão que provocou protestos.

Em um cenário mundial de incerteza, após o Brexit e a eleição de Donald Trump, analistas demonstram prudência sobre o resultado da eleição, sobretudo por conta do grande número de eleitores indecisos, decepcionados com uma campanha marcada por escândalos.

Com uma participação prevista de 65% — muito reduzida para um primeiro turno — e 40% de eleitores indecisos, o debate entre os candidatos será uma oportunidade para convencer os franceses que ainda não sabem em quem votar.

O primeiro turno da eleição francesa acontecerá em 23 de abril e o segundo turno está previsto para 7 de maio.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaColombo apoia reforma da previdência e vai articular com deputados de SC https://t.co/ATbeODUwiF #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCarolina Bahia: desarticulação política  https://t.co/AENxgFg3xs #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca