Os redutos de quem ainda fala alemão em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Especial31/03/2017 | 21h21

Os redutos de quem ainda fala alemão em Blumenau

Na Semana da Língua Alemã em Blumenau, o Santa mostra onde se fala o idioma, a importância para a cultura e as vantagens no mercado de trabalho

Os redutos de quem ainda fala alemão em Blumenau Lucas Correia/Agencia RBS
Foto: Lucas Correia / Agencia RBS

"Alles Gut!", entoam em alto e bom som os 14 alunos, todos com nove anos, quando a professora de alemão pergunta como eles estão em uma das salas da Escola Isolada Municipal Alves Ramos, na Itoupava Central. "Hallo", cumprimentam tímidos e um pouco corados os moradores da Vila Itoupava, em Blumenau. Talvez muitos desconheçam, mas no Centro da cidade há pessoas que durante 90% do horário de trabalho conversam em alemão dando suporte aos clientes, ligações vindas do outro lado do oceano Atlântico. Aos primeiros domingos de cada mês, fiéis também se reúnem em igrejas luteranas para acompanhar o culto celebrado em alemão e relembrar a língua aprendida dentro de casa.

Clique aqui ou na imagem abaixo para acessar a reportagem especial sobre o a língua alemã em Blumenau:




Aproveite e teste seus conhecimentos em alemão no quiz abaixo:

JORNAL DE SANTA CATARINA - JORNAL DE SANTA CATARINA

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaLadrão se esconde atrás de balcão de loja para evitar flagrante no Centro de Blumenau https://t.co/w41PZxdNBC #LeiaNoSantahá 7 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCom 39 mortes registradas, Blumenau bate recorde de homicídios desde 1996 https://t.co/DBfBbt6QFX #LeiaNoSantahá 17 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros