Escâneres para revista corporal começam a ser instalados no complexo penitenciário de Joinville - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança10/04/2017 | 16h39Atualizada em 10/04/2017 | 16h39

Escâneres para revista corporal começam a ser instalados no complexo penitenciário de Joinville

Com o aparelho, que deve começar a funcionar no presídio e na penitenciária a partir de semana que vem, não haverá mais revista íntima

Escâneres para revista corporal começam a ser instalados no complexo penitenciário de Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Uso do aparelho vai agilizar a entrada de visitantes nas duas unidades em Joinville Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS
Gabriela Florêncio
Gabriela Florêncio

gabriela.florencio@an.com.br

Os escâneres para revista corporal começam a ser instalados na Penitenciária Industrial e no Presídio Regional de Joinville. Os equipamentos chegaram nas instituições na manhã desta segunda-feira. Segundo João Renato Schiitter, diretor da penitenciária, o equipamento será instalado pela empresa responsável e deve ficar pronto até o final desta semana.

Apenas na penitenciária, há uma população carcerária de 629 apenados - 501 pertencem ao regime fechado e 128 ao semiaberto. Em todo o complexo – que inclui o presídio - são 1.380 detentos. As visitas sociais e íntimas aos presos acontecem semanalmente no local. Além de o aparelho garantir mais segurança e eficácia na identificação de armas, drogas e celulares, ainda irá otimizar o tempo de revista e exige um número menor de funcionários. 

— Existe crítica por parte dos familiares quanto ao processo utilizado atualmente para revista. A instalação deste escâner, além de assegurar maior eficácia no processo, garante a otimização do tempo do nosso trabalho — afirmou.

A estrutura da penitenciária já foi modificada para receber este aparelho. Após a instalação, os funcionários do local serão treinados para que comecem a operar o equipamento. De acordo com a assessoria do Departamento de Administração Prisional (DEAP), ao todo serão instalados 12 equipamentos que atenderão 14 unidades prisionais no Estado – ou 60% dos presos de Santa Catarina.

De acordo com Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (SJC), a licitação para a aquisição dos escâneres começou em junho do ano passado. Ao final da concorrência, as empresas perdedoras ingressaram com recursos administrativos que foram indeferidos e impetraram mandados de segurança. O julgamento do recurso judicial, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), aconteceu no final do ano passado.

Depois, a empresa vencedora foi notificada, os contratos assinados e então foi feita a compra dos aparelhos tecnológicos. Como os equipamentos são importados, houve ainda a tramitação de importação. Ainda no início deste mês, familiares de detentos do Presídio Regional de Joinville fizeram manifestação em frente ao Fórum da cidade. Uma das principais reivindicações foi o fim da revista íntima realizada em mulheres e crianças. 


Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaFeirão oferta vagas de trabalho para deficientes em Blumenau https://t.co/P0Tu4DknzN #LeiaNoSantahá 17 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaGerações se reúnem para manter unidade de ensino aberta na Nova Rússia, em Blumenau https://t.co/OTgZxwpcf5 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros