Vereadores rejeitam moção que proibia instalação de novo porto em São Francisco do Sul  - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Projeto11/04/2017 | 21h56Atualizada em 11/04/2017 | 22h10

Vereadores rejeitam moção que proibia instalação de novo porto em São Francisco do Sul 

Proposta do vereador Dodô foi rejeitada por quatro votos a dois

Vereadores rejeitam moção que proibia instalação de novo porto em São Francisco do Sul  Anderson Peretti/Divulgação
Moradores protestaram em frente ao prédio da Câmara Foto: Anderson Peretti / Divulgação

A Câmara de Vereadores de São Francisco do Sul rejeitou, nesta terça-feira à noite, por quatro votos a dois, a moção apresentada por Salvador Luiz Gomes, o Dodô (PMDB), que pedia a proibição de instalação de um novo porto na Praia do Forte.

Votaram contra o projeto os vereadores Edson Luiz Duarte (PSD), Odair José de Carvalho (PSD), Álvaro José Siebers (PPS) e Wilson Ledoux Batista, o Tuta (PP). A favor ficaram o autor da moção, o vereador Dodô, e também Dorlei João Antunes (PPS).

O projeto elaborado pela WorldPort Empreeendimentos Portuários prevê investimentos de mais de R$ 3 bilhões em uma área de aproximadamente 1,46 milhão de metros quadrados. O projeto ainda está sob análise da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e a liberação ou não das licenças ainda não tem prazo para ocorrer.

Os moradores contrários ao projeto do novo porto, que acompanhavam a sessão, protestaram em frente ao prédio da Câmara após a decisão. Viaturas da Polícia Militar permaneceram no local para dar segurança aos vereadores.

Durante a sessão, a colônia de pescadores Z-02, uma das que atingidas pela instalação do novo porto, se manifestou, por meio de um ofício, que não se opõe a instalação de qualquer empreendimento portuário. Nele, o presidente Antônio Pedro de Oliveira destaca que "a entidade está acompanhando os procedimentos legais relacionado aos empreendimentos e está garantindo que os direitos dos pescadores profissionais artesanais sejam resguardados e garantidos na forma da lei".

A entidade ressalta ainda que se "opõe a qualquer manifestação feita em seu nome que não tenha passado por discussões e/ou aprovações da diretoria."   


 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaVÍDEO: padaria no Centro de Blumenau é furtada durante o dia https://t.co/iyRPURFxuB #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMPF pede retorno de esposa de Cabral para a prisão preventiva https://t.co/hKnanKRaQP #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros