Anvisa proíbe lotes de vitamina C e sulfato de magnésio irregulares - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Saúde20/07/2017 | 08h20Atualizada em 20/07/2017 | 08h21

Anvisa proíbe lotes de vitamina C e sulfato de magnésio irregulares

Fabricantes devem recolher todos os estoques existentes no mercado 

Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Anvisa proibiu, na última segunda-feira, 17, todos os lotes do Suplemento da Marca Cactinea, de Vitamina C à base de acerola com extrato de Cactaceae hylocereus undatus, da empresa Nutreo Comércio Produtos Homeopáticos Eireli. 

De acordo com agência, o produto não tem avaliação de segurança para uso em alimentos e também não tem o registro como novo medicamento, que é exigido. A empresa fabricante deve recolher todo o estoque disponível no mercado.

Sulfato de Magnésio

A Anvisa também determinou a interdição do medicamento Sulfato de Magnésio 100 mg/ml solução injetável, ampola 10 ml, lote MFA de 08/2018, fabricado pela empresa Samtec Biotecnologia Ltda. 

Um laudo de análise realizado no Paraná (Lacen/PR) apresentou resultados insatisfatórios sobre o produto. O ensaio avalia o medicamento e a embalagem, para saber se as características visuais e a aparência do produto estão de acordo com o padrão de qualidade.

Saiba mais sobre os diferentes tipos de medicamentos.

Leia também:

Anvisa suspende lote de Lexotan

Saiba como denunciar à Anvisa a falta de um medicamento em farmácias

Vigilância Sanitária apreende lotes de tinta de cabelo por falsificação

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Justiça extingue ação do MPF contra o maior residencial do país https://t.co/5yvgCLCD0Q #LeiaNoSantahá 42 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaBlog do Pancho: Pesquisa mostra que 16% das ligações de esgoto em Blumenau foram mal feitas https://t.co/myuICJ0ePzhá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca