De palestras a observação do céu: veja a programação do Simpósio Catarinense de Astronomia - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Não é sobre signos21/07/2017 | 11h07Atualizada em 21/07/2017 | 11h07

De palestras a observação do céu: veja a programação do Simpósio Catarinense de Astronomia

Sexta edição do evento acontece nos dias 28 e 29 de julho, na UFSC, em Florianópolis

De palestras a observação do céu: veja a programação do Simpósio Catarinense de Astronomia Cristiano Estrela/Agencia RBS
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Não precisa ser acadêmico, nem integrar algum clube de astronomia. Se você se interessa pelo céu, já é o suficiente para inscrever-se no VI Simpósio Catarinense de Astronomia. O evento acontece no campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Florianópolis nos dias 28 e 29 de julho, sexta-feira e sábado da semana que vem. A programação pensada pelos estudiosos da universidade — concentrados no Planetário e no Grupo de Estudos de Astronomia — contempla desde palestras até sessão de observação das constelações. 

Na sexta-feira, 28, estão previstas seis apresentações, duas palestras e a contemplação do céu (às 18h30min) guiada por um monitor. A programação é das 8h às 18h30min. Já no sábado, 29, são nove apresentações, das 9h às 16h30min. 

As 120 vagas previstas nas inscrições para ouvintes já foram preenchidas, bem como a submissão de trabalhos. Mas se você não se importar em não ganhar um certificado pela participação no simpósio, pode ir até o auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC nos dias de evento para tentar assistir ao conteúdo apresentado. 

Abaixo, veja as temáticas centrais das apresentações previstas:

— Ecologia de galáxias;
— Por que conhecer o astrônomo Brazilício?;
— O Ensino de Astronomia a partir da Astronáutica;
— Associação Paraibana de Astronomia e Núcleo de Pesquisa e Ensino em Astronomia do Instituto Federal da Paraíba;
— Experiências de Divulgação da Astronomia;
— Circulação e Textualização de Conhecimentos, Saberes e Sentidos da Astronomia na Literatura Infantil;
— Experiências Observacionais;
— Limite de Roche e Esfera de Hill;
— A ludicidade na Astronomia: Conhecendo o Universo a partir de Histórias e Brincadeiras;
— A elaboração e realização do minicurso "Da Fotografia à Astronomia" do Clube de Astronomia de Araranguá;
— Apresentação das constelações tupi-guarani para os alunos do ensino fundamental II no Planetário da UFSC;
— Astronomia na escola: uma aula baseada na Teoria da Aprendizagem Significativa;
— Materiais didáticos alternativos ao ensino de Astronomia: maquete bidimensional de quatro constelações;
— Telescópios e a arte de construir;
— Uma experiência na educação básica;
— A utilização de metodologias construtivistas para o ensino de Astronomia visando incentivar a participação na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA);
— Relato de experiência sobre a preparação de alunos e aplicação da prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia;
— Observações do Eclipse Solar de 26/02/2017.

Leia também:

Projeto independente leva ensino de astronomia a escolas públicas e particulares da Grande Florianópolis

Confira biografia animada de José Brazilício de Souza, autor da música do Hino de Santa Catarina

Professora catarinense vai ministrar palestra para engenheiros da Nasa

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlog do Pancho: Hemosc troca plantão 24 horas por sobreaviso https://t.co/vfeIHGt72Lhá 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaSite da Oktoberfest de Blumenau sofre ataque e é retirado do ar https://t.co/AvGBqy2JbG #LeiaNoSantahá 16 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros