Presos na primeira etapa da Operação Terra Prometida são liberados pela Justiça - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Gaeco02/07/2017 | 14h11Atualizada em 02/07/2017 | 14h11

Presos na primeira etapa da Operação Terra Prometida são liberados pela Justiça

Prisões eram temporárias, para auxiliar nas investigações

A Justiça determinou na sexta-feira à noite a soltura do vereador de Camboriú, Antônio Paulo da Silva Neto, o Piteco (PR), e do ex-secretário da Fazenda da cidade, Sérgio Venâncio.

O ex-prefeito de Ilhota, Daniel Bosi e os ex-vereadores Carlos Alexandre Martins (SD) e Márcio Aquiles da Silva (PV) já haviam sido liberados, assim como os empresários Gelson e Gilson Laffitte. 

Ex-prefeita Luzia Coppi Mathias é presa pelo Gaeco 

Todos foram detidos na Operação Terra Prometida, que investiga a obtenção de vantagens por políticos em troca de benefícios para donos de loteamentos. Eles haviam sido presos temporariamente, como parte das investigações que seguem em curso. 

 
Jornal de Santa Catarina
Busca