Dono de lancha que atropelou adolescente em Balneário Camboriú é condenado a pagar indenização - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Tribunal30/08/2017 | 13h33Atualizada em 30/08/2017 | 13h33

Dono de lancha que atropelou adolescente em Balneário Camboriú é condenado a pagar indenização

Além da garota, os pais também foram beneficiados pela decisão do TJSC

Foto: Marcos Porto, Arquivo

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) determinou que o juiz aposentado Disney Sivieri pague R$ 100 mil de indenização a Tamara Dallafavera, atropelada pela lancha do magistrado em 2011, em Balneário Camboriú. A condenação é por danos morais e estéticos. A adolescente estava em um banana boat quando foi atingida pela embarcação, e teve ferimentos graves. O caso virou notícia em todo o país.

A decisão do TJSC também determina que o juiz pague pensão vitalícia e uma indenização de R$ 30 mil aos pais de Tamara. Sivieri havia apelado ao Tribunal alegando que o tratamento da menina havia sido feito pelo SUS e que o condutor do banana boat também teve responsabilidade no acidente, por supostamente não ter cumprido normas de navegação.

No entanto, o desembargador Saul Steil, relator do caso, considerou que a lancha do juiz aposentado estava em alta velocidade, a ponto de não ser possível desviar para evitar a colisão. A decisão foi unânime, mas a defesa de Sivieri ainda pode recorrer. O advogado dele não foi localizado nesta quarta-feira. 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaConfira as ruas que podem ser fiscalizadas com os radares portáteis em Blumenau https://t.co/obgEF0Lk8J #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaNovo relatório da Fatma aponta que 50,7% das praias de SC estão impróprias para banho https://t.co/VNBOpI3w0H #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca