"Não tenho como produzir dinheiro", afirma Secretário de Saúde de SC - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Saúde em Crise20/09/2017 | 13h17Atualizada em 20/09/2017 | 13h17

"Não tenho como produzir dinheiro", afirma Secretário de Saúde de SC

Vicente Caropreso admite que há problemas no atendimento à população, mas defende que a situação do Estado ainda é modelo na realidade nacional

"Não tenho como produzir dinheiro", afirma Secretário de Saúde de SC Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
CBN Diário

O secretário de Saúde de Santa Catarina, Vicente Caropreso, admite que há problemas no atendimento à população, principalmente em hospitais, em função da falta de recursos, mas defende que a situação do Estado ainda é modelo na realidade nacional. "Não tenho como produzir dinheiro", afirmou em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 20, na Assembleia Legislativa, onde participa de uma audiência pública com secretários municipais de saúde e deputados estaduais.

"Em determinado momento, com a crise financeira, alguns serviços perderam qualidade. Nos hospitais a crise ficou mais evidente. Na realidade, estamos muito longe do caos". E desabafou contra a imprensa: "Algumas redes de TV querem promover isso (o caos)".

Para Caropreso, não há problemas de gestão: "Meu papel é fazer com que Estado, sociedade, Assembleia Legislativa, ajudem a resolver esse problema de falta de recursos. No primeiro semestre, economizamos R$ 70 milhões em relação ao mesmo período do ano passado com a informatização dos hospitais de administração direta do Estado", destacou. "Se compararmos com outros Estados, estamos no topo. Nossa equipe está fazendo o possível e impossível para manter a casa em ordem".

O secretário também falou sobre os repasses em atraso e falta de medicamentos. "Não vim aqui mentir. Não vim aqui enrolar. Isso não faz parte do meu vocabulário. Trabalho 14 horas por dia e não tenho limites. Vamos fazer uma previsão realista de pagamentos". Ele também disse que a falta de alguns insumos se deve a "chantagem que alguns fornecedores fazem".

Leia também:

 Dívida de R$ 508 milhões do Estado agrava situação da saúde em SC

 Especialistas analisam cenário da Saúde em SC e sugerem soluções

 Secretário de Estado da Saúde terá que prestar esclarecimentos na Justiça Federal

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaApós suspensão, organização anuncia novas eleitas no concurso da realeza da Oktoberfest 2018 https://t.co/INk0NEBsSS #LeiaNoSantahá 57 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaApós suspensão, organização anuncia novas eleitas no concurso da realeza da Okotoberfest 2018 https://t.co/eTjXtrD9tS #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros