Abastecimento de viaturas da PM volta ao normal em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança29/11/2017 | 14h36Atualizada em 29/11/2017 | 19h24

Abastecimento de viaturas da PM volta ao normal em Blumenau

Racionamento de combustível estava sendo feito até a manhã desta quarta-feira por falta de verba

Abastecimento de viaturas da PM volta ao normal em Blumenau Augusto Ittner/Jornal de Santa Catarina
Veículos voltaram às ruas nesta quarta-feira Foto: Augusto Ittner / Jornal de Santa Catarina

 O abastecimento das viaturas da Polícia Militar de Blumenau voltou a ser feito normalmente no final da manhã desta quarta-feira. A confirmação veio do setor de Relações Públicas do 10º Batalhão da PM no início da tarde, que garantiu também a normalização de todos os serviços da corporação. Desde segunda-feira a PM havia passado a adotar um racionamento de gasolina devido à falta de verba para combustível. Segundo informações da Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) e de fontes no batalhão, o racionamento envolvia cortar as rondas preventivas pela cidade – mantendo as viaturas paradas na sede do batalhão – e priorizar o atendimento a ocorrências graves, deixando de lado fatos com menor potencial ofensivo.

Apesar da normalização do abastecimento, a Polícia Militar não havia informado à reportagem até o fechamento da edição qual foi o entrave que exigiu o racionamento de combustível e a limitação nos serviços de policiamento no início desta semana. O comandante do 10º Batalhão, tenente-coronel Jefferson Schmidt, e o coronel Carlos Alberto Fritz Bueno, comandante da 7ª Região da Polícia Militar, não foram localizados ontem e, ainda na terça-feira, informaram que não poderiam falar sobre o assunto, indicando o comando da PM-SC, em Florianópolis. Através de nota, a comunicação social do comando estadual confirmou que o abastecimento voltou no fim da manhã de ontem, mas não deu detalhes sobre o problema e nem sobre o valor repassado.

:::  Especialistas analisam impacto da falta de rondas na segurança em Blumenau

Em nota, a Secretaria da Fazenda de Santa Catarina informou que no início do ano autoriza a Secretaria de Segurança Pública (SSP) a empenhar um valor para a aquisição de combustíveis – em 2016 foram pagos R$ 14,3 milhões e este ano, autorizados R$ 18,3 milhões. A nota complementa que na semana passada, depois que o mesmo problema de falta de verba e racionamento ocorreu em cidades do Sul, Oeste e Planalto Norte, o secretário Renato Lacerda liberou um crédito suplementar de R$ 280 mil para a SSP, justamente para custear combustíveis enquanto é feita uma projeção para a necessidade de recursos até o fim do ano. A assessoria da SSP informou que os valores para combustíveis são repassados diretamente à PM-SC, este ano inclusive com um valor suplementar, e que a PM-SC seria a responsável pela distribuição entre as cidades e por responder sobre o impasse em Blumenau.

Além do recurso estadual que mantém o serviço da Polícia Militar, o batalhão de Blumenau conta com um convênio firmado com a prefeitura em fevereiro. Um valor de R$ 150 mil foi depositado no começo do ano e rendeu a compra de quatro novas viaturas, e desde então o poder público municipal garante um repasse de R$ 10 mil mensais ao batalhão para ajudar nos custos com patrulhas e rondas. O valor é utilizado na manutenção dos veículos e também na compra de combustível. Não houve atraso nesses pagamentos, segundo a prefeitura.

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaSeguradora vai doar R$ 2.018 para bebês que nascerem na virada do ano https://t.co/yk2Bw2JyNT #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPiloto de moto morre em acidente na BR-280 na madrugada de sábado https://t.co/Gtf9hD17fm #LeiaNoSantahá 10 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca