Balneário Camboriú pede financiamento ao BNDES para alargamento da praia - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Cidades07/11/2017 | 11h24Atualizada em 07/11/2017 | 11h24

Balneário Camboriú pede financiamento ao BNDES para alargamento da praia

Obra deve custar R$ 200 milhões aos cofres públicos

Balneário Camboriú pede financiamento ao BNDES para alargamento da praia Divulgação / Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação / Divulgação

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, virá a Balneário Camboriú para acompanhar de perto os próximos passos do projeto de reestruturação da Praia Central, com alargamento da faixa de areia. Ele recebeu ontem no Rio de Janeiro o prefeito Fabrício Oliveira (PSB), que fez a apresentação da ideia preliminar acompanhado do deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB). 

Fabrício quer financiamento do BNDES para tirar a proposta do papel _ algo em torno de R$ 200 milhões. Castro pareceu receptivo à ideia.

A obra é tratada pelo prefeito não como alargamento, mas como "recuperação" da orla. Segundo ele, a areia vem encolhendo ano a ano, e a ideia é devolver à cidade o modelo de praia de 60 anos atrás.

A primeira fase do projeto, que consiste apenas na extensão da faixa de areia, deverá custar cerca de R$ 100 milhões. A readequação total da praia, com novas calçadas e quiosques, é o que vai inchar o orçamento.

A maior preocupação do trade turístico é em relação à qualidade do banho de mar após o alargamento. A prefeitura tem uma jazida mapeada, que teria as mesmas características da areia da orla _ o que, em tese, garante que a Praia Central não perca as características.

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaCâmaras de Joinville e Chapecó lideram despesas com diárias em Santa Catarina  https://t.co/dKl5ARjuHg #LeiaNoSantahá 9 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMinistério Público investiga morte em operação do Bope, em Piçarras https://t.co/glCVrM49pb #LeiaNoSantahá 58 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca