Cemitérios municipais de Blumenau estão lotados - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Serviço02/11/2017 | 07h15Atualizada em 02/11/2017 | 07h15

Cemitérios municipais de Blumenau estão lotados

Os 15,4 mil túmulos dos três espaços públicos da cidade - ruas Bahia, João Pessoa e Progresso - estão ocupados. Novos sepultamentos só ocorrem após exumações

Após ler o título desta reportagem, alguns dirão que não há nem mesmo espaço para se cair morto na cidade. O assunto certamente estará entre aqueles que nesta quinta-feira prestam homenagens aos entes queridos neste Dia de Finados. A preocupação com a falta de espaço nos três cemitérios municipais de Blumenau, administrados pela prefeitura, é antiga. Atualmente os 15,4 mil túmulos municipais estão ocupados e os sepultamentos só ocorrem após exumação.

Enquanto a população se questiona sobre o local de eterno descanso, a concessão dos espaços públicos é vista como saída para resolver o problema, que se agrava a cada ano:

Hoje ainda temos locais abandonados e na medida que as pessoas venham a falecer e precisam ocupar esses locais, nós conseguimos fazer a exumação e usar as vagas. Mas a gente imagina que em dois, três anos, no máximo, isso se satura também e por isso a importância da concessão — explica o secretário de Conservação e Manutenção Urbana de Blumenau, Marcelo Schrubbe.

Para atender a demanda — somente em outubro 136 pessoas morreram em Blumenau — a empresa que ficará responsável pelos três cemitérios municipais (confira tabela) terá a missão de abrir novas vagas, continuar com as exumações e verticalizar os túmulos. 

Cremação deve ser incentivada

Schrubbe ressalta que Blumenau ainda não tem como hábito a cremação dos corpos, mas que a medida se faz cada vez mais necessária:

— É preciso ofertar o serviço de cremação. Nós queremos que as cremações sejam incentivadas porque ambientalmente é o mais correto, menos prejudicial ao meio ambiente, e o que hoje nós temos disponível. Porque homologar ou fazer um novo cemitério é praticamente inviável e os que temos estão lotados. Então não se tem muita opção — explica o responsável pela pasta.

Como adiantou o colunista Pancho, até o fim do ano a prefeitura deve ter em mãos o estudo de viabilidade financeira para a concessão à iniciativa privada dos cemitérios municipais de Blumenau. Se o prazo for respeitado, o edital e o estudo irão para análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE) entre janeiro e fevereiro e a previsão é lançar o edital no primeiro semestre de 2018.

Mesmo após a mudança, as cerca de 11 mil famílias incluídas no Cadastro Único por receberem benefício social continuarão tendo gratuidade das taxas dos três cemitérios municipais, como ocorre atualmente.

 Blumenau - SC - Brasil - 31102017 - cemitério da rua bahia em Blumenau
Cemitério da Rua Bahia Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Cemitério da Rua Bahia (Rua Bahia, Escola Agrícola)
Capacidade: 7,8 mil túmulos (municipal), 55 carentes (15 para crianças e 40 para adultos)
Situação: lotado

Cemitério do Progresso (Rua Progresso, Progresso)
Capacidade
: 3 mil túmulos, 5 carentes
Situação: lotado

Cemitério da Rua João Pessoa (Rua João Pessoa, Velha)
Capacidade: 4,5 mil túmulos, 5 carentes (existiam mais vagas, mas parte do terreno desmoronou na tragédia de 2008)
Situação: lotado

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaAdolescente é apreendido com quatro quilos de maconha em terminal de ônibus de  Blumenau https://t.co/Ummd7eCJnm #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaInscrições para a seleção do Colégio Militar de Blumenau iniciam nesta segunda-feira https://t.co/NJPaHNUYZh #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca