Dez ruas de Blumenau terão sinalização de velocidade padronizada - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Trânsito21/11/2017 | 06h45Atualizada em 21/11/2017 | 06h45

Dez ruas de Blumenau terão sinalização de velocidade padronizada

Mudanças pela segurança de motoristas e pedestres ocorrerão em seis bairros 

Dez ruas de Blumenau terão sinalização de velocidade padronizada Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Guilherme Poerner é uma das vias que terá a velocidade padronizada em toda a extensão Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Acelera, reduz, acelera. Ao transitar por Blumenau você já deve ter visto placas indicando diferentes limites de velocidade na mesma rua, certo? Para garantir a segurança de condutores e também de pedestres, 10 ruas terão novas placas instaladas em seis bairros até quarta-feira. A alteração já aconteceu em outras 33 vias desde o ano passado.

A ação é motivada por um estudo técnico desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, entre 2015 e 2016, que apontou a disparidade e a necessidade de garantir uma uniformidade na sinalização viária. As adequações pretendem tornar a via mais fluída e segura e devem acontecer em outras 35 ruas, totalizando 78. Quem pensa que a mudança irá reduzir a velocidade se engana, como explica o diretor de Planejamento Viário da secretaria de Desenvolvimento Urbano, Julian Plautz:

É importante destacar que a velocidade nestas ruas não foi reduzida, mas padronizada, em busca da ideal. Claro que em algumas houve redução, mas em outras vias a velocidade até aumentou. A colocação das placas já começou e temos um cronograma de implantação que deve continuar no próximo ano – comenta.

A educadora e especialista em Trânsito, Márcia Pontes, destaca que há anos Blumenau precisava desta padronização. Ela observa que as vias mudaram as características, com mais carros, mais pessoas circulando, mais comércios e mais lotes lindeiros e a sinalização continuava a mesma:

– Se vou em velocidade constante o tempo todo mantenho um padrão de fluidez, se aumento, diminuo, crio um gap (quebra de continuidade), um para e anda. E hoje as pessoas correm mais. Os motoristas não têm costume de olhar as placas de velocidade, mas deveriam, é essencial. Olham uma placa e não olham a outra que manda baixar ou aumentar a velocidade – reforça.

Município diz que segue orientações do CTB e Contran

Na definição da velocidade máxima de cada rua, segundo a prefeitura, são considerados o volume de pedestres,  os estabelecimentos, a geometria das vias, número de acidentes registrados, a velocidade média das viagens e os fatores que geram congestionamento. Plautz ressalta que a prefeitura seguiu as orientações e as bases técnicas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para implantar as adequações necessárias:

– Além da extensão das ruas, vamos priorizar os pontos onde há transversais. Quando o motorista entra na via, a placa deve indicar a velocidade. A sinalização precisa ser vista não apenas pelo motorista que já está transitando, mas também para aquele que acabou de entrar.

Confira quais ruas receberão a nova sinalização e qual será a velocidade máxima nelas:

40 km/h
• Rua Oscar Holz, na Itoupavazinha

50 km/h
• Rua 25 de Agosto, na Itoupava Norte
• Rua Guilherme Poerner, no Passo Manso/Água Verde
• Rua Johann Hadlich, no Passo Manso
• Rua Johann Sachse, no Salto do Norte
• Rua Júlio Michel, na Fortaleza
• Rua Marechal Rondon, no Salto do Norte
• Rua São Valentin, na Itoupava Norte

60 km/h
• Rua Água Branca, na Água Verde
• Rua Frederico Jensen, na Itoupavazinha, até a Rua Professor Jacob Ineichen, na Itoupava Central

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaRicardo Dias: Laguna inaugura pavimentação do acesso ao Farol de Santa Marta https://t.co/eXuaFXt5zk #LeiaNoSantahá 6 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaÓrgão Especial do TJ se reúne para apreciar casos do desembargador Gallo https://t.co/5me3dNyarC #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca