Dois anos após fim de obra, moradores da rua Minas Gerais, em Joinville, ainda reclamam de alagamentos - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Teste AN nas Ruas22/11/2017 | 14h57Atualizada em 22/11/2017 | 15h35

Dois anos após fim de obra, moradores da rua Minas Gerais, em Joinville, ainda reclamam de alagamentos

Água se acumula em trechos que não foram revitalizados em trabalhos que tiveram investimento de R$ 9 milhões

Dois anos após fim de obra, moradores da rua Minas Gerais, em Joinville, ainda reclamam de alagamentos Salmo Duarte/A Notícia
Em 2015, um trecho de 1,6 quilômetros ganhou ciclofaixas, calçadas e nova sinalização, durante obra para impedir cheias Foto: Salmo Duarte / A Notícia
Foto: A Notícia

Dois anos após a inauguração da obra para impedir as cheias na rua Minas Gerais, em Joinville, moradores ainda reclamam que parte da via alaga. Finalizado em dezembro de 2015, o trabalho compreendeu aproximadamente 1,6 km – de um total de 5,3 km.  A via, que liga os bairros Nova Brasília e Morro do Meio, na zona Oeste da cidade, é a décima primeira via a analisada na série Teste AN nas ruas

Com investimento de R$ 9 milhões, o asfaltamento e elevação ocorreu do trecho que vai da rua Servidão Bernardino Borba até próximo a Lina Albrecht. O plano para contenção dos alagamentos resolveu metade do problema, conforme alguns moradores ouvidos pela reportagem. Em alguns pontos, a enxurrada continua fazendo estragos em residências e comércios. A aproximação do verão – e das tempestades da estação – intensifica a preocupação com os estragos que as cheias podem causar. 

— Essa tubulação é muito fina para conter a quantidade de água, ainda mais no verão, quando chove forte. Aqui pela redondeza (próximo à estrada Lagoinha) todo mundo sofre porque ainda enche — queixa-se Alexandre Golembieski, 67 anos, que reside próximo a Escola Municipal Professora Elizabeth Von Dreifuss

 JOINVILLE,SC,BRASIL,17-11-2017.Teste AN nas Ruas, teste AN foi averiguar a situação da rua Minas Gerais.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Para o morador Alexandre, a principal reivindicação são os alagamentos Foto: Salmo Duarte / A Notícia

O aposentado mora há 29 anos no Morro do Meio e afirma já ter observado diversos 'técnicos fazendo estudo, medindo tubulação' na região. Porém, as chuvas continuam atormentando as pessoas que residem próximo aos trechos não compreendidos na obra. Além de residências, a rua ainda abriga diversos estabelecimentos comerciais, escola, Centro de Educação Infantil (CEI) e uma delegacia de Polícia Civil

— Eu acho uma vergonha, eu nunca cheguei a perder materiais por causa das chuvas. Mas tem um verdureiro que sofre muito com os alagamentos. Ele já perdeu muitos produtos e até móveis por muito tempo — garante a proprietária de uma loja de roupas, que não quis ter a identidade revelada. 

Fora o prejuízo financeiro – com móveis e produtos – os alagamentos também resultam em transtornos para pedestres e motoristas, já que o trânsito é interrompido pela água nestes dias. A Prefeitura garante que a Subprefeitura Sudoeste está implantando nova rede de drenagem nesta região. Tubos de 30 e 40 centímetros de diâmetro estão sendo substituídos por outros de 60 centímetros, o que vai melhorar a capacidade de escoamento das águas pluviais. 

'O trabalho foi iniciado a partir da rua Lina Albrecht, no Morro do Meio, e se estenderá até as proximidades da Escola Municipal', certificou o Prefeitura. 

Teste na rua Jerônimo Coelho:  'Parece que você está pedalando na Lua', diz morador 

Água turva e malcheirosa surge no meio da rua

 JOINVILLE,SC,BRASIL,17-11-2017.Teste AN nas Ruas, teste AN foi averiguar a situação da rua Minas Gerais.Tubo quebra e deixa o rastro de esgoto.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
No meio da rua há um rastro verde, cheio de água turva e malcheirosaFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Em um trecho da Minas Gerais, próximo ao entroncamento com a Pitaguaras, há um rastro verde que inicia em um buraco, cheio de água malcheirosa e turva. De acordo com Alexandre, o aposentado do início dessa reportagem, essa não é a primeira vez que ele observa essa situação. Por causa da rede de drenagem antiga, conforme o morador, o esgoto 'sobe' para as ruas. O mau-cheiro do material torna-se insuportável em dias de calor,  atrapalhando os moradores e favorecendo o acúmulo de bichos e a proliferação de doenças. 

— O esgoto às vezes volta pela tubulação e chega à rua. Eu vou levar vocês até um buraco onde o esgoto tá saindo pelo asfalto. Ali, por causa da tubulação pequena, passou um caminhão e fez um buraco. Isso não é a primeira vez que acontece por aqui — assegura Alexandre. 

O Governo Municipal acredita que a nova rede de drenagem contribuirá para amenizar este tipo de transtorno. A solução definitiva virá com a implantação do serviço de coleta e tratamento do esgoto sanitário, serviço ainda sem previsão de data para implantação. Já os problemas no asfalto, conforme o município, são consertados sempre que a Subprefeitura da região recebe uma reclamação. 

Teste na rua Prudente de Moraes: Calçamento precário incomoda moradores

Contraste entre poeira e asfalto

 JOINVILLE,SC,BRASIL,17-11-2017.Teste AN nas Ruas, teste AN foi averiguar a situação da rua Minas Gerais.Mais ou menos 100m para conclusão de asfalto.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Uma parte da rua não é asfaltada. Do trecho com pavimentação, aproximadamente dois quilômetros possui estrutura para bikesFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Outro fator apontado pelos moradores e usuários da rua da zona Oeste foi as diferentes condições de infraestrutura no decorrer da extensão. Os cenários oscilam de 180 metros de estrada empoeirada – trecho de chão batido, sem ciclofaixas ou calçadas –; quase dois quilômetros revitalizados – estrutura renovada para pedestres, ciclistas e motoristas – e a maior extensão da rua com pavimentação em bom estado - sem meio-fio, calçadas e faixa exclusiva para bicicletas. 

— Tem partes da rua que são boa, outras nem tanto. Próximo da minha casa tem o esse buracão, há uns dois meses aberto. Já vi mulheres com carrinho de bebê precisando passar no meio da rua por causa dele — reclama a moradora Liana Gardini, 20 anos. 

O Município diz que a Subprefeitura Sudoeste já solicitou a Unidade de Pavimentação para a realização da operação tapa-buraco ao longo da rua, que deve ocorrer nos próximos dias. 

 JOINVILLE,SC,BRASIL,17-11-2017.Teste AN nas Ruas, teste AN foi averiguar a situação da rua Minas Gerais.Falha no asfalto,carros dividem uma faixa unica.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Por causa de buraco, veículos invadem parte do sentido contrárioFoto: Salmo Duarte / A Notícia

A cratera fica quase na esquina com a rua Fernando Goll e se estende do meio da rua até metade da calçada. Enquanto o problema não é resolvido, os pedestres são obrigados a andar no meio da via. O perigo também atinge os motoristas que, para desviar do buraco, trafegam no meio da pista, invadindo parte do sentido contrário. Na extensão também há duas bocas de lobo estão quebradas, próximas a rua Fraternidade.  

'Uma equipe da Subprefeitura vai vistoriar os pontos com problemas de bocas de lobo e providenciar a resolução – colocação das tampas', garantiu o Governo do Municipal, por meio de nota.

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPIB caiu em 109 cidades catarinenses em 2015 https://t.co/M5tfmBxGSN #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Outlet inaugura em Porto Belo com investimento de R$ 200 mi https://t.co/7sueqH4O9I #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca