Evento sobre diversidade na escola Elza Pacheco será transmitido pela internet - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Educação13/11/2017 | 15h43Atualizada em 13/11/2017 | 15h43

Evento sobre diversidade na escola Elza Pacheco será transmitido pela internet

Após polêmica na Câmara de Vereadores de Blumenau, escola decidiu abrir o evento somente para alunos e transmitir para a comunidade através do Facebook

Evento sobre diversidade na escola Elza Pacheco será transmitido pela internet Lucas Correia/Jornal de Santa Catarina
Evento foi tema de sessão marcada por protestos na Câmara de Vereadores de Blumenau Foto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

Alvo de muita polêmica em Blumenau nas últimas semanas após uma moção de repúdio aprovada pela Câmara de Vereadores, o ciclo de palestras sobre diversidade da Escola de Ensino Médio Elza Pacheco está confirmado para esta terça-feira e manterá toda a programação divulgada anteriormente, com debates sobre diversidade de gênero, religiosa e cultural.

:::  Protestos sobre discussão de gênero marcam sessão da Câmara em Blumenau
:::  Daniela Matthes: "Negar o debate sobre a diversidade é assentir com as consequências da intolerância"

Idealizador do evento, que é um Festival de Cinema e ocorre anualmente na escola com programação durante todos os meses, o professor de história Maicon Roberto Poli de Aguiar diz que mesmo após a polêmica o evento está mantido com a mesma programação e palestrantes, mas que por questão de segurança a escola decidiu restringir o acesso.

O evento será aberto apenas para alunos da escola que se inscreverem, com limite em cerca de 70 estudantes, e terá transmissão ao vivo pela internet, na página da escola no Facebook.

— As palestras seriam abertas à comunidade, mas tivemos que fechar por segurança, já que nem todas as pessoas respeitam ideias diferentes — lamentou o professor.

Por ser um evento fora do horário de aulas e à noite, os alunos que desejam participar estão fazendo a inscrição e precisam levar uma autorização dos pais. Até às 15h desta terça a organização já tinha mais de 50 alunos confirmados. As palestras ocorrerão nesta terça e quinta-feira.

Acionada para analisar a situação do evento após o repúdio dos vereadores, a secretaria de Estado de Educação, através da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), se pronunciou oficialmente sobre o caso nesta segunda-feira à tarde. Através de nota, disse que "buscando zelar pelo caráter político-pedagógico do evento e pela segurança de estudantes, professores (as) e palestrantes, foi decidido que a realização do evento será fechada para a comunidade em geral" e que a transmissão pela internet ocorrerá para "permitir que todas as pessoas interessadas sejam atendidas e legitimando a lisura de todo o processo pedagógico empreendido". A ADR está, ainda, apoiando a escola e auxiliando na transmissão ao vivo das palestras.

Foto: Reprodução / Divulgação


Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: Meirelles é visto com bons olhos pelo mercado, mas só isso não basta https://t.co/vJtxZhOyYC #LeiaNoSantahá 35 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaColégio Militar de Blumenau abre inscrições na segunda-feira https://t.co/gzyiVxnyvB #LeiaNoSantahá 54 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca