Fotos com famosos e prisão ligada à prostituição: quem é a socialite que chamou filha de Gagliasso de "macaca" - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Racismo29/11/2017 | 17h04Atualizada em 29/11/2017 | 17h04

Fotos com famosos e prisão ligada à prostituição: quem é a socialite que chamou filha de Gagliasso de "macaca"

Brasileira radicada no Canadá, Day McCarthy se diz autora de quatro livros e frequenta eventos badalados

Fotos com famosos e prisão ligada à prostituição: quem é a socialite que chamou filha de Gagliasso de "macaca" Day McCarthy/Reprodução
Foto: Day McCarthy / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

Day McCarthy. Você pode ter lido este nome em algum momento nesta semana e se perguntando de quem se tratava. Apesar de sugerir certo estrangeirismo, estamos falando de uma brasileira. Nascida Dayane Alcântara Couto de Andrade, no Espírito Santo, Day, de 28 anos, ganhou as manchetes desde o último domingo (26) após fazer comentários racistas a respeito de Titi, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank

Esta pergunta, acredite, é mais difícil de se responder do que parece. Como suas redes sociais foram bloqueadas, é preciso recorrer ao seu site oficial para encontrar as primeiras respostas. Na aba em que Day se descreve, ela diz (em terceira pessoa e em inglês): "se há algo em sua vida que Senhora Day McCarthy quer em sua amada e compassiva vida, é inspirar". 

Seguindo, ela fala sobre suas graduações e qualificações profissionais, como a formação na escola de artes New York Film Academy.  Também afirma ter frequentado a Universidade de Harvard e ter diploma de administração da Universidade George Washington. Segundo informações apuradas pelo jornal Folha de S. Paulo, a brasileira foi aluna de um curso supletivo no Grajaú, no Rio de Janeiro, mas não chegou a se formar.

Outros feitos que chamam bastante atenção no currículo apresentado pela socialite são os quatro livros que ela diz ter escrito, embora não indique o nome de nenhuma publicação e, em sites de livrarias, não seja possível encontrar nenhum trabalho creditado a ela. Como possível fonte da riqueza que ostenta, limita-se a dizer ser dona de um negócio que opera fora da Europa e dos Estados Unidos. 

Em seu site, as fotos dividem-se em quatro categorias: premiações artísticas; eventos e programas de televisão; semanas de moda; e viagens. Nos eventos de grande importância, como o MTV Video Music Awards deste ano, por exemplo,  a brasileira costuma posar em lugares que apareçam banners ou possuam um cenário que indique a veracidade do local. Ela também tem o hábito de tirar selfies com celebridades. 

No evento citado, ela conseguiu uma foto com Kim Kardashian, embora o álbum completo mostre que a americana, sentada em uma das primeiras fileiras ao lado do marido Kanye West, assistiu à cerimônia bem distante de Day, que aparenta ter ficado em um segundo andar, distante do palco. 

Day McCarthy, socialite, bruno gagliasso, giovanna ewbank
Kim e Day durante a cerimônia do VMA 2017Foto: Day McCarthy / Reprodução

Aliás, fotos de celebridades em seu site não faltam. Além de selfies com artistas como Katy Perry e Shawn Mendes, há um número considerável de publicações de imagens feitas por profissionais não creditados, além de registros de personalidades que estavam passando diante de sua vista – é o caso de Kyllie Jenner, irmã mais nova de Kim, na foto abaixo. 

Day McCarthy, socialite, bruno gagliasso, giovanna ewbank
Day fotogragou passagem de Kyllie Jenner durante evento promocional da garotaFoto: Day McCarthy / Reprodução

Por meio de seus antigos perfis nas redes sociais, inativos desde o episódio envolvendo a pequena Titi, a mulher já criou polêmicas ao comparar Rafaella Justus (filha de Roberto Justus e Ticiane Pinheiro) ao boneco Chuck  e ao chamar o filho de Ana Hickmann, de três anos, de "bicha ridículo". Ela também já declarou apoio à candidatura de Jair Bolsonaro como presidente do Brasil, além de se demonstrar fã de Donald Trump. Também no final de semana, ela ameaçou vazar um vídeo Anitta cheirando cocaína em uma festa, acusação prontamente nega pela cantora. 

Atualmente radicada no Canadá, Day já morou também nos Estados Unidos. Em setembro de 2015, de acordo com o site Regional Inquirer, Dayane foi presa no estado da Virgínia acusada de "manter ou frequentar um local de prostituição". No estado norte-americano em questão é proibido prostituir-se em esquinas, motéis e em casa. 

Leia mais notícias de Entretenimento

news, whats, dc, divulgação
Foto: Arte DC


Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaCão terapeuta leva conforto a velórios em Balneário Camboriú https://t.co/vKSN8Tr4RH #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Cão terapeuta leva conforto a velórios em Balneário Camboriú https://t.co/jxmboyGlTw #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca