Saiba quais são as profissões que vão bombar em 2018 - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Espaço do Trabalhador14/11/2017 | 14h18Atualizada em 14/11/2017 | 14h18

Saiba quais são as profissões que vão bombar em 2018

Cenário vai beneficiar carreiras novas e antigas, avaliam especialistas em Recursos Humanos

Saiba quais são as profissões que vão bombar em 2018 Arte/ Charles Segat / Agência RBS /Agência RBS
Foto: Arte/ Charles Segat / Agência RBS / Agência RBS

A lenta recuperação da economia, o avanço de tecnologias e o envelhecimento da população brasileira desenham o cenário para as profissões mais promissoras para 2018. Na opinião de especialistas em recursos humanos, o cenário vai beneficiar tanto as novas carreiras (como analistas de dados) quanto as tradicionais, como vendedores e analistas financeiros. Mas uma exigência vale para todas: cursos que ajudem a alinhar o conhecimento à demanda do mercado serão ainda mais valorizados. 

A retomada econômica irá ajudar, principalmente, o setor de serviços e o comércio, uma vez que, com mais dinheiro no bolso, a população tende a entrar mais nas lojas, gastar mais com lazer e chamar especialistas para fazer pequenos reparos em casa. Uma boa notícia para quem trabalha como eletricista, hidráulico, cabeleireiro, garçom, atendente ou vendedor, por exemplo, que poderá encontrar melhores salários e vagas no mercado de trabalho

Na indústria, profissionais e técnicos da linha de frente poderão se dar bem no setor metalmecânico. Com a roda da economia voltando a girar, a indústria automotiva ou de peças e equipamentos produz mais e vende mais, buscando mais mão de obra.

Confira quais as profissões que têm tudo para bombar no próximo ano: 


Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: MP avalia importância histórica de um dos primeiros balneários de SC https://t.co/pouRvLAQ0H #LeiaNoSantahá 25 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDaniela Matthes: "Leis e bom senso não são suficientes para um trânsito mais seguro" https://t.co/5Djy3cxRvo #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca