Schützenfest, a festa dos atiradores, começa nesta quinta-feira, em Jaraguá do Sul - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Festa germânica09/11/2017 | 07h00Atualizada em 09/11/2017 | 07h00

Schützenfest, a festa dos atiradores, começa nesta quinta-feira, em Jaraguá do Sul

Organizadores do evento esperam pela passagem de 85 mil visitantes nos pavilhões do Parque Municipal até o dia 19 de novembro 

Schützenfest, a festa dos atiradores, começa nesta quinta-feira, em Jaraguá do Sul Maykon Lammerhirt/A Notícia
Rainhas da Schützenfest e dos atiradores, além das princesas e do rei do tiro, têm a missão de mostrar as atrações do evento Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia
Alex Sander Magdyel
Alex Sander Magdyel

alex.cardoso@somosnsc.com.br

Entre esta quinta-feira e o dia 19, o Parque Municipal de Eventos de Jaraguá do Sul será o ponto de encontro oficial dos atiradores da região. Considerada a maior festa do gênero no Brasil, a 29ª Schützenfest reúne gastronomia alemã, bandas típicas, desfiles, bailes, grupos folclóricos e as tradicionais competições de tiro. Os organizadores esperam receber 85 mil pessoas durante os 11 dias de festa.

Os eventos que antecederam à Schützenfest deste ano serviram de termômetro e a expectativa é a de que ela seja um sucesso, afirma o presidente da comissão central organizadora (CCO), Alcides João Pavanello. Segundo ele, a edição deste ano começou a ser preparada em fevereiro e tem o objetivo de envolver toda a comunidade jaraguaense. Atiradores de Corupá, Schroeder e Guaramirim também participarão do evento.

– É uma festa onde as pessoas podem vir com tranquilidade e segurança. Temos uma grande área coberta e a chuva não deve atrapalhar. Tenho certeza de que quem participar este ano vai ficar com vontade de voltar em 2018 – garante Alcides.

O presidente da CCO reforça que um concurso foi criado para incentivar os comerciantes a decorarem as suas vitrines de acordo com a temática da festa e com cores do Brasil e da Alemanha. As três melhores vitrines decoradas serão premiadas pelo evento.

A Schützen contará com a participação de 16 sociedades da região, 22 estandes de tiro nas modalidades seta e chumbinho e dois estandes de arco e flecha, uma novidade do evento. Para animar os foliões, 50 bandas típicas e mais de 20 grupos folclóricos irão se apresentar nos pavilhões do Parque Municipal. Cervejarias também oferecerão diferentes tipos de chope, incluindo o chope oficial da festa, o Schützenbier, que só poderá ser degustado durante o evento.

– É uma receita especial, exclusiva da festa. Esse chope só poderá ser degustado no período da Schützenfest. Todos os ingredientes vêm da Alemanha. Ele tem um sabor diferenciado e caiu no gosto do público no ano passado. Este ano, aumentamos a produção (do chope) – explica Alcides.

Além da estrutura física, que contará com pavilhões, tendas e estandes, a 29ª Schützenfest terá sinal wi-fi gratuito para os visitantes que não conseguem se desligar do mundo virtual. Para se conectar, basta o usuário fazer o check-in pela página do Facebook.

Sobre a principal atração do evento, Alcides lembra que a prática do tiro vem dos antepassados e que, por isso, a tradição é tão forte em Jaraguá do Sul, cidade que tem muitos moradores de origem alemã. Ele acredita que a cidade conte hoje com cerca de 1,5 mil atiradores, muitos deles adolescentes e jovens. O presidente da CCO destaca também que o objetivo não é transformar a Schützenfest em uma Oktoberfest, pois trata-se de “uma festa mais regional e familiar”.

A 29ª Schützenfest terá entrada gratuita nos dias 9, 13 e 19; até as 17 horas dos dias 12 e 15; e até as 19 horas nos demais dias. Em outras datas e horários, o acesso à festa custará R$ 8 ou R$ 15, dependendo do dia. Os ingressos estarão à venda nas bilheterias do Parque de Eventos. Estudantes e idosos acima de 60 anos pagam meia-entrada. Pessoas vestindo traje típico alemão têm acesso livre.

* Alex é estudante de jornalismo e faz estágio em “AN”.

Tiro em Jaraguá é tradição
Eleita a rainha dos atiradores, a psicóloga Valéria Westphal Bargen, de 54 anos, diz que desde 2009 pratica tiro com sua família no Clube Atlético Baependi. Ela lembra que, no início, seu marido e suas duas filhas utilizavam apenas a piscina e a academia do clube, mas logo que viram os estandes resolveram aprender a atirar. Atuando como voluntária na Schützenfest, ela chama a atenção e elogia a culinária alemã e a decoração do evento.

– Aqui em Jaraguá, nós percebemos que o tiro é uma tradição bem forte e torço para que continue assim, que os jovens e as crianças conheçam e continuem levando adiante. No clube, temos uma equipe muito boa, a nossa segunda família, que é a equipe do tiro. Para quem não conhece, vale muito a pena conhecer e participar dos tiros na Schützenfest para ver como é que funciona – afirma Valéria, que também já foi escolhida como a primeira princesa da festa.

Participando há mais tempo da festa, desde sua infância, o engenheiro eletricista Fabio Vinicius Dematte, de 31 anos, é o rei dos atiradores da 29ª edição da Schützenfest. A festa é tão importante para Fabio que ele pega férias nesta época do ano especialmente para aproveitar bem o evento.  Para ele, é importante que as pessoas participem da festa “não só para comer e beber bem”, mas também “para atirar e experimentar o esporte”.

Culinária alemã em destaque
Segundo os organizadores, o conceito gastronômico da Schützenfest foi elaborado com base na culinária alemã, que será disponibilizada ao público em uma praça com dez “eke’s” (cantos), no entorno do Pavilhão N. Lá, serão encontrados batata recheada, doces e gelados, além do spätzle (macarrão) e da wurst (salsicha). O visitante ainda terá à disposição o restaurante típico no pavilhão A.

Em todos os dias de evento, após as 18 horas, a entrada de menores de 16 anos só será permitida com o acompanhamento de responsáveis, com a apresentação de documentos. A CCO alerta que menores de 12 anos deverão estar acompanhados dos responsáveis.

A PROGRAMAÇÃO
Quinta-feira, 9 de novembro
Entrada: gratuita.
18h - Irmãos Radoll no Pavilhão B.
20h - Abertura oficial no Pavilhão A.
21h - Banda Die Tals Buben no Pavilhão A.
21h - Banda Adlers Band no Pavilhão B.

Sexta-feira, 10 de novembro
Entrada: gratuita até 19h, depois o ingresso custa R$ 15.
18h - Trio Edelweiss no Pavilhão B.
19h - Ingo Reeck no Pavilhão A.
20h - Musical Melodia no Pavilhão B.
21h - Marcha das Majestades no Pavilhão B.
21h - Orquestra Continental no Pavilhão A.
21h45 - Apresentação de grupos folclóricos no Pavilhão B.
0h - Musical Estrela de Ouro no Pavilhão B.
1h - Os Montanari no Pavilhão A.

Sábado, 11 de novembro
Entrada: gratuita até 19h, depois o ingresso custa R$ 15.
10h às 18h - Exposição de autos e clássicos nos Pavilhões A e B.
11h - Magali e Wanderli no Pavilhão A.
13h - Banda Recordando o Passado no Pavilhão B.
16h - Banda Versalles no Pavilhão B.
19h - Irmãos Radoll no Pavilhão A.
20h - Banda Mensagem no Pavilhão B.
21h - Marcha das Majestades no Pavilhão B.
21h30 - Apresentação de Grupos Folclóricos no Pavilhão B.
22h - Orquestra Continental no Pavilhão A.
23h30 - Apresentação de grupos folclóricos no Pavilhão B.
0h - Banda Verde Vale no Pavilhão B.
2h - VOX 3 no Pavilhão A.

Domingo, 12 de novembro
Entrada: gratuita até 17h, depois o ingresso custa R$ 8.
10h - Desfile das Sociedades na rua Walter Marquardt.
11h - Almoço típico no Pavilhão A.
11h - Apresentação de grupos folclóricos no Pavilhão B.
11h - Banda Die Tals Buben no Pavilhão A.
11h - Banda Coração de Ouro no Pavilhão B.
14h - Banda D’Fiebes no Pavilhão A.
15h - Apresentação de grupos folclóricos no Pavilhão B.
16h - Banda Adlers Band no Pavilhão B.
19h30 - Apresentação de grupos folclóricos no Pavilhão B.
20h - Marcha das Majestades no Pavilhão B.
20h - Musical Só Virtude no Pavilhão B.

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlog do Pancho: Usuários do Quero-Quero aguardam aprovação da sinalização noturna do aeroporto https://t.co/xFaFqHNw36há 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCaminhão carregando retroescavadeira atinge pedestre na BR-470 no Vale https://t.co/3MMdwXUZnu #LeiaNoSantahá 29 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca