Como será a festa da virada em Blumenau e Balneário Camboriú - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Fim de ano29/12/2017 | 07h00Atualizada em 29/12/2017 | 07h00

Como será a festa da virada em Blumenau e Balneário Camboriú

Réveillon em Blumenau pretende reunir mais de 60 mil pessoas, e Balneário quer 1 milhão

Como será a festa da virada em Blumenau e Balneário Camboriú Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Festa do Réveillon em Blumenau no dia 31 começa às 20h, com apresentação musical no palco montado próximo à prefeitura Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

As duas principais festas de Ano-Novo do Vale do Itajaí irão queimar 32 toneladas de fogos de artifício e cada uma delas terá 15 minutos de show pirotécnico para comemorar a chegada de 2018. Seja em Blumenau, na Avenida Beira-Rio, ou em Balneário Camboriú, por toda extensão da orla, moradores e turistas que querem celebrar a virada terão opções de sobra para curtir o Réveillon. Somados, os dois municípios gastarão R$ 2,25 milhões nos eventos. Só no litoral, o montante desembolsado é de R$ 1,85 milhão, enquanto em Blumenau o investimento será de aproximadamente R$ 400 mil – recurso que vem do lucro da 34ª Oktoberfest.

As secretarias de Turismo de ambos os municípios, em conjunto com órgãos de segurança e trânsito elaboraram estratégias para que, mesmo em meio ao grande movimento, tudo corra bem, seja às margens do Itajaí-Açu, ou à beira-mar (confira na tabela). A principal alteração em Blumenau na comparação com a última virada é a ausência do restaurante que era montado em frente à antiga Delegacia Regional. Neste ano haverá só vendedores ambulantes com pipoca, cachorro-quente e churros. Mesmo assim, a previsão da gerente de eventos do Parque Vila Germânica, Adenir Barbieri, é otimista:

– Teremos várias atrações e, independentemente da condição do tempo, vai ser um grande evento.

Em Balneário Camboriú, por segurança, a festa será apenas com fogos montados nas 10 balsas, sem apresentações musicais em palcos, como na última edição. A previsão, conforme o secretário de Turismo, Miro Teixeira, é que o visitante não só acompanhe a virada, como gaste mais em comparação a 2016.

– Estamos percebendo a cidade cheia, com aumento no volume de pessoas em comparação ao ano passado. Na festa da virada tudo dependerá do tempo e, se não chover, mantemos a previsão de 1 milhão de pessoas, já que vem gente de todas as cidades em volta.

A orientação em comum para ambas as cidade é quanto às garrafas, copos de vidro ou taças de cristal. Por questões de segurança, o pedido da Polícia Militar é de que somente espumantes e champanhes sejam levados aos eventos e, assim que consumidos, jogados no lixo. Cerveja? Só em lata.

BLUMENAU

Custo
R$ 400 mil
Música
A primeira apresentação musical começa às 20h e ficará a cargo da Heróis de Ninguém. Às 21h30min, é a vez da dupla Dani e Rafa e, por fim, às 23h30min, a Banda do Barril se encarregará da contagem regressiva. Um pouco antes, às 23h15min o padre João Bachmann fará uma bênção. O encerramento está marcado para 2h.
Público
A previsão é que entre 50 mil e 60 mil pessoas participem da festa da virada em Blumenau.
Fogos
Serão 12 toneladas de fogos, em show de 15 minutos. A queima ocorrerá em três pontos: Prainha, Museu da Água e Ponte de Ferro.
Trânsito e estacionamento
A Ponte de Ferro será fechada para o trânsito no dia 31, às 5h. A Beira-Rio será parcialmente fechada às 20h na altura da Rua José Ferreira da Silva até a Avenida Martin Luther. A Ponte Adolfo Konder, entre a Ponta Aguda e o Centro, em frente ao Castelinho da Havan, será fechada quatro horas antes da virada. Haverá restrição de estacionamento na Beira-Rio a partir das 5h, da José Ferreira da Silva à Padre Landel de Moura. A liberação total das vias será às 5h.
Segurança
A organização do evento contratou 70 seguranças de uma empresa privada, fora o efetivo policial que também estará presente.
Alimentação
Não haverá restaurante, como em anos anteriores. A venda de alimentos ficará a cargo de ambulantes que irão comercializar churros, cachorro-quente e pipoca.
1 Ambulância será posicionada em frente à prefeitura para casos emergenciais

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Custo
R$ 1,85 milhão
Música
Diferente do ano passado, não haverá atrações musicais.
Público
A expectativa do município é manter o número considerado limite, de 1 milhão de pessoas, somadas aquelas que acompanham a queima de fogos dos apartamentos.
Fogos
Serão 20 toneladas de fogos espalhadas por 10 balsas que ficarão a 400 metros da areia da praia. O show durará 15 minutos.
Trânsito e estacionamento
No total, 41 agentes de trânsito farão o controle de veículos. A partir das 21h serão fechadas as transversais entre as ruas 1101 e 3000. Neste mesmo horário a Avenida Atlântica será interditada, não será mais possível estacionar, e os condutores terão de desviar pela Rua 3000. A previsão é de que a Atlântica seja liberada às 3h e, durante a noite, os agentes colocarão cavaletes para orientar motoristas.
Segurança
Serão 80 guardas municipais espalhados por toda orla, sem contar o efetivo da Polícia Militar que também atuará na segurança do evento.
Alimentação
Estabelecimentos comerciais à beira da Avenida Atlântica e quiosques ficarão abertos para atender os visitantes.
1 Ambulância será posicionada na Praça Almirante Tamandaré, junto à tenda da Secretaria de Saúde.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaRua Dois de Setembro terá trecho interditado na segunda-feira https://t.co/Eer9j4TrGW #LeiaNoSantahá 1 diaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaRua Dois de Setebro terá trecho interditado na segunda-feira https://t.co/g9s9pDdKcV #LeiaNoSantahá 1 diaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca