Mulher encontra 30 escorpiões em menos de um mês dentro de casa - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Em Biguaçu05/12/2017 | 17h00Atualizada em 05/12/2017 | 17h00

Mulher encontra 30 escorpiões em menos de um mês dentro de casa

Aracnídeos apareceram dentro de casa. Suspeita é que os animais estejam se proliferando em um terreno vizinho 

Mulher encontra 30 escorpiões em menos de um mês dentro de casa Rafaella Martins Soares da Silva/Arquivo Pessoal
Escorpiões foram encontrados no banheiro, sacada e quarto Foto: Rafaella Martins Soares da Silva / Arquivo Pessoal

A jornalista Rafaella Martins Soares da Silva, 34 anos, moradora do bairro Jardim Janaína, em Biguaçu, na Grande Florianópolis, encontrou, em menos de um mês, cerca de 30 escorpiões amarelos dentro de casa. Os animais apareceram no banheiro, na sacada e no quarto dos filhos. Desesperada, ela saiu de casa e aguarda uma posição da prefeitura. A suspeita é que o foco esteja num terreno baldio ao lado da residência, na Rua Sérgio Murilo Martins.

O primeiro escorpião apareceu na noite do dia 14 de novembro, dentro do banheiro. Dois dias depois, o segundo animal foi visto no mesmo cômodo. De lá para cá, todos os dias são capturados no mínimo dois escorpiões dentro ou no entorno da residência. 

Segundo Rafaella, a pior situação foi na noite deste domingo, 3 de dezembro, quando a filha de 10 anos deu de cara com um escorpião entrando no armário. A família revirou a casa e acabou achando outro na cabeceira da cama do filho de sete anos. Na segunda-feira, 4, mais dois foram vistos no lado de fora da casa.

— Minha maior preocupação é com as crianças. Numa busca rápida pela internet vi que a picada para uma criança pode ser fatal — diz Rafaella.

Com medo, a família saiu de casa e está ensacando tudo para dedetizar o local. Porém, a moradora ainda espera uma iniciativa da prefeitura. De acordo com Rafaella, uma equipe da Vigilância Ambiental, Sanitária e Fundação Municipal de Meio Ambiente de Biguaçu (Famabi) esteve na casa no dia 17 de novembro. A orientação foi para que a família tomasse cuidado, não acumulasse entulhos e que uma captura noturna seria feita.

De acordo com ela, que mora há 34 anos no mesmo endereço, nunca houve incidência de escorpião na localidade. O aparecimento do aracnídeo começou após o terreno ao lado da casa ser usado como aterro para entulhos.  

— A janela do banheiro que fica virada para esse terreno não abro mais. Eu já tenho 20 escorpiões dentro de um vidro, fora os que matamos e os que a vigilância levou. A única coisa que eu quero é que não me deixem em risco. Eu só tô pedindo que eles (prefeitura) limpem e digam que o foco é em tal lugar. Na minha casa eu consigo controlar, mas o que não dá é tratar algo que não se sabe de onde vem.

Prefeitura vai limpar terreno

A superintendente de Saúde de Biguaçu, Genivalda Ronconi, informa que os agentes de endemias já estiveram no local e fizeram uma captura noturna no terreno onde há entulhos. O proprietário do terreno também foi notificado para que faça a limpeza do local, mas ele ainda não se manifestou. 

Por causa do grande número de escorpiões encontrados na residência, a Secretaria de Obras vai fazer a limpeza emergencial do terreno e multar o dono. A limpeza pode ocorrer ainda na tarde desta terça-feira, 5, segundo Genivalda. Os agentes de endemias também farão uma vistoria na casa de Rafaella para verificar se não há entulhos que favorecem o aparecimento e proliferação dos escorpiões. 

Não há infestação

O Secretário de Saúde de Biguaçu, o médico Heron Felício Pereira, comenta que não há motivos para pânico. Segundo ele, a cidade registra apenas este foco de escorpião e que pode ser combatido com a limpeza e captura dos animais, já que não há veneno específico para matá-los.  

— É um foco que está associado à falta de limpeza de terreno, onde estão jogando entulhos de construção há pouco tempo — diz Heron.

Ainda de acordo com ele, os entulhos e o calor propiciam um ambiente adequado para a proliferação do escorpião. No ano passado, o único bairro que registrou foco de escorpiões foi o Mar das Pedras. 

Cuidados

Os escorpiões se escondem em meio a entulhos, como madeiras, tijolos, buracos e plantas com muitas folhagens. A Vigilância Ambiental já começou a campanha de orientação sobre os cuidados com esses animais. Ao ver um escorpião, a Vigilância deve ser comunicada imediatamente pelo telefone (48) 3039-8462. Confira algumas dicas da Vigilância para combater o escorpião:

- Mantenha seu quintal e jardim sempre limpos e evite plantas de muita folhagem
- Observe com cuidado os panos de chão e as roupas úmidas antes de apanhá-los
- Tenha cuidado para não ser picado nas mãos quando mexer em lenha, tijolos, entulhos e buracos
- Não mate sapos e lagartos, pois para eles o escorpião é um bom prato
- Não jogue lixo e entulhos ao redor de sua casa, pois isso se torna um bom ninho para o escorpião
- Elimine latas velhas, cacos de telha e outros objetos que acumulem água. Escorpiões vivem com sede e precisam de água para sobreviver
- Acabe com as baratas, elas são um bom alimento para escorpiões
- Acabe com buracos e frestas em paredes, janelas, portas e muros
- Faça sempre uma busca cuidadosa dentro e fora de casa. Observe com cuidado sapatos e roupas, sacudindo-os antes de calçar ou vestir
- Se for picado, procure imediatamente o serviço de saúde.

Foi picado? Veja o que fazer

O escorpião amarelo é um aracnídeo peçonhento, ou seja, venenoso. A picada do escorpião, se não tratada imediatamente, pode levar a morte, principalmente crianças, idosos e pessoas com o sistema imunológico comprometido. 

Segundo Heron, em caso de picada, a pessoa deve procurar o serviço de emergência 24 horas mais próximo o mais rápido possível. Em Biguaçu, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas fica na Rua Quintino Bocaiuva, Bairro Fundos. Se possível, o animal deve ser levado para análise do médico.

Heron explica que na maioria dos casos o paciente fica em observação e recebe medicamentos para tratar os sintomas, como vermelhidão no local da picada. Em casos mais graves é aplicado o soro antiescorpiônico.

Leia mais notícias da Grande Florianópolis 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPrefeitura de Florianópolis possui todas as certidões negativas federais https://t.co/RB5s3knpjj #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCarolina Bahia: a turma do jogo duplo  https://t.co/MsjqZJcXkS #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca