Preço do combustível tem novo reajuste nas refinarias - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Mais aumento21/12/2017 | 14h07Atualizada em 21/12/2017 | 14h07

Preço do combustível tem novo reajuste nas refinarias

Petrobrás afirma que ajustes nos preços podem ocorrer a qualquer momento

Preço do combustível tem novo reajuste nas refinarias Lucas Correia/Agência RBS
Foto: Lucas Correia / Agência RBS
Agência Brasil e Diário Catarinense

A gasolina e o diesel devem sofrer novo reajuste de preços comercializados nas refinarias. De acordo com a Petrobras, em anúncio feito nesta quinta-feira (21), a gasolina sobe 1,1% e o diesel 0,4%, a partir desta sexta-feira (22).

Na quarta (20), a empresa já havia informado um aumento de 0,7% para o diesel e 1,4% no preço da gasolina, com validade a partir desta quinta.

Desde julho que a Petrobras adota esse modelo de reajustes frequentes dos preços da gasolina e do diesel. Segunda a estatal, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”.

“Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, manifestou a Petrobrás. 

O diretor o Procon de Santa Catarina, Michael da Silva, disse que o órgão fiscalizador tem feito pesquisa de preço e teste de qualidade da gasolina, uma vez que aluns postos acabam adulterando o combustível com uso de álcool. Os resultados são constantemente divulgados no site e encaminhados ao Ministério Público. 

Silva avalia que a nova política do Governo Federal, que permite a alteração constante dos preços, tem prejudicado os consumidores. 

 — Realmente, o consumidor está de mãos atadas, o aumento é diário por causa dessa nova política da Petrobrás, que regula o preço com base no petróleo internacional — disse o diretor.

Um dos problemas detectados pelo Procon estadual é a agilidade dos postos em atualizar os preços quando estão em alta e a demora em reduzir o preço quando os valores estão em baixa. 

— Em novembro aconteceu isso e nós notificamos alguns postos para que eles explicassem por meio das notas fiscais — completou Silva.  

Leia mais

Confira a lista dos postos de combustíveis mais baratos de Florianópolis

Preço da gasolina pode chegar a R$ 4,19 nos postos de Florianópolis


Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDefesa Civil de Blumenau sobrevoa áreas de risco https://t.co/cJzWLXSDzX #LeiaNoSantahá 23 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMenino com deficiência visual morre ao cair em bueiro em Campos Novos https://t.co/Omi1DdArT8 #LeiaNoSantahá 48 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca