Catarinenses devem gastar em média R$ 265 em material escolar neste ano - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Volta às aulas29/01/2018 | 15h56Atualizada em 29/01/2018 | 15h56

Catarinenses devem gastar em média R$ 265 em material escolar neste ano

Pesquisa da Fecomércio aponta que gasto é 1,4% maior que no ano passado, mas inferior a inflação oficial do período, calculado pelo IPCA em 2,95%

Catarinenses devem gastar em média R$ 265 em material escolar neste ano Marco Favero/Diário Catarinense
Maria Antônia e a madrinha Alexandra na compra de materiais Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

Neste ano os catarinenses devem desembolsar em média R$ 265,37 na compra de material escolar. É o que aponta a pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC), que também traz os gastos médios nas sete cidades-polo do Estado. Em Blumenau, por exemplo, o investimento deve chegar a R$ 318,70, o maior de SC; já os moradores de Criciúma pretendem ser mais econômicos (R$233,47). Já na Capital o gasto previsto é de R$ 303,81. A Pesquisa de Intenção de Compras- Volta às Aulas 2018 ouviu 2.060 pessoas nas sete cidades do Estado.

O economista da Fecomércio SC, Luciano Córdova, explica que essa diferença de até R$ 85 entre as cidades catarinenses é resultado da confiança do consumidor em cada município, além do nível de renda:

— Florianópolis que tem um nível de renda mais elevado, assim como Blumenau, tem se destacado nas pesquisas de intenção. Então o nível de renda dessas cidades impacta, claro que ponderado a confiança do consumidor. 

Além disso, o gasto médio do catarinense se manteve praticamente estável, passando de R$ 261,66 no ano passado a R$ 265,37 em 2018. Esse resultado é 1,4% maior que no ano passado, mas inferior a inflação oficial do período, calculado pelo IPCA em 2,95%. Córdova explica que o consumidor está mais cauteloso e mais realista de suas condições de consumo. 

Diante disso, a saída encontrada para não tomar um susto nas contas do fim do mês é gastar a sola do sapato e ir de loja em loja para encontrar o melhor preço. Quase seis em cada 10 entrevistados disseram que pretendem pesquisar item por item antes de fechar a compra. Já outros 29,1% prometeram reutilizar os materiais escolares do ano anterior. 

 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL - 26/01/2018Promoções de Volta às Aulas variam os preços do material escolar. Na foto, a estudante Maria Antônia Freitas Molina
Maria Antônia irá reaproveitar parte dos materiaisFoto: Marco Favero / Diário Catarinense

É o caso de Maria Antônia Freitas Molina, 14 anos. A mochila e o estojo para começar o ensino médio em fevereiro serão os mesmos do ano passado. A madrinha dela, Alexandra Freitas, acompanha a menina na hora das compras em Florianópolis e impõe limites. 

— Nós procuramos em umas quatro lojas e ela escolhe os cadernos. Mas, se for muito caro não deixo comprar, não. Tem que aprender a dar valor ao dinheiro — diz a madrinha, que até se ofereceu para fazer as capas dos cadernos da afilhada para economizar. 

Alexandra ainda dá uma outra dica valiosa. De acordo com ela, quando a lista de material é grande vale dividir a compra em mais de um estabelecimento, pois os preços podem variar muito entre uma loja e outra. 

Uma pesquisa de preços do Procon de Florianópolis comprova o argumento de Alexandra. Divulgado neste mês, o levantamento do órgão de defesa do consumidor apontou que itens da mesma marca podiam custar até o dobro, dependendo do estabelecimento. Já aqueles de diferentes marcas chegam a variar 1000% nas papelarias. 

Além de verificar os preços, a coach financeira Marlise Alves Teixeira aponta outras alternativas para economizar, como fazer compras coletivas. Ela cita grupos de pais que se organizam pelo WhatsApp e fazem uma lista única. Assim conseguem mais descontos ou até comprar em atacados. 

Catarinenses podem ter CNH digital a partir desta quinta-feira 

Leia as últimas notícias no Diário Catarinense


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau terá programação para a Semana da Imigração Alemã  https://t.co/SXsH0rQ1og #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaIFC abre inscrições para três cursos gratuitos em Blumenau https://t.co/i6JdqzH19V #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca