Defensoria Pública aciona Ratinho por declarações homofóbicas - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Pegou mal08/01/2018 | 11h41Atualizada em 08/01/2018 | 11h41

Defensoria Pública aciona Ratinho por declarações homofóbicas

Apresentador publicou um vídeo na semana passada em que questiona a presença de homossexuais nas novelas da Globo

Defensoria Pública aciona Ratinho por declarações homofóbicas Heinrich Aikawa/Instituto Lula
Foto: Heinrich Aikawa / Instituto Lula

O apresentador do SBT Ratinho causou polêmica em seu Instagram na última quarta-feira (3), ao publicar um vídeo em que questiona a presença de homossexuais nas novelas da Globo. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a Defensoria Pública de SP entrou com uma representação na última quinta (4) para que a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado instaure um processo administrativo contra o  por suas declarações. 

Na ocasião, Ratinho estava comentando um episódio da minissérie Entre Irmãs, que estreou na emissora na última semana.

– Eu estava aqui vendo a novela da Globo, aquela coisa de cangaceiro e tal. Mas poxa, a Globo colocou "viado" até em filme de cangaceiro, gente? Naquele tempo não tinha "viado" não – garantiu o apresentador do SBT no vídeo, apesar de ele não ter formação em história ou um registro histórico que comprove sua afirmação. – Você acha que tinha "viado" naquele tempo? É muito "viado": é "viado" às seis da tarde, é "viado' às oito da noite, é "viado" às nove da noite, é "viado" às dez da noite, é muito "viado". Eu não sei o que está acontecendo, não tem tanto "viado" assim. Ou tem? Será? – continuou.

Para a Defensoria, o termo "viado" foi utilizado pejorativamente. Na representação, pede-se que a secretaria aplique multa por discriminação homofóbica.

No dia seguinte à publicação do vídeo, Ratinho garantiu que tudo não passava de uma brincadeira

— Ontem eu fiz um comentário sobre gays na novela da Globo, e todo mundo comentou, virou viral, esse negócio aí. Mas veja bem, em nenhum momento eu quis ofender nenhum gay, até porque eu trabalho com todos eles, todos eles gostam de mim e eu gosto muito deles, então não tem nada a ver. Eu fiz uma brincadeira. Uma brincadeira pra gente brincar na internet. Lamentavelmente algumas pessoas não entenderam assim. Mas eu quero mandar um abraço e dizer que eu respeito todo mundo — justificou-se.

Quem me conhece sabe da minha personalidade, sou brincalhão e respeito todo mundo sempre! ��

Uma publicação compartilhada por Ratinho Oficial (@oratinho) em

Leia mais notícias no Diário Catarinense

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPrédio é evacuado após princípio de incêndio no Centro de Blumenau https://t.co/RrJ1BT3KCV #LeiaNoSantahá 5 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPolícia Civil vai abrir inquérito para apurar caso de criança que caiu de janela de prédio em Itajaí  https://t.co/patYLJiHea #LeiaNoSantahá 7 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca