Internet, lanchonete e  estacionamento têm piores notas no Aeroporto Hercílio Luz - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Na visão dos passageiros30/01/2018 | 21h30Atualizada em 30/01/2018 | 21h30

Internet, lanchonete e  estacionamento têm piores notas no Aeroporto Hercílio Luz

Pela primeira vez aeroporto é incluído em levantamento trimestral  do Ministério dos Transportes, que engloba os 20 maiores aeroportos

Internet, lanchonete e  estacionamento têm piores notas no Aeroporto Hercílio Luz Leo Munhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense

Internet lenta, estacionamento, comida e produtos caros, demora na fila da imigração e poucas tomadas. Na visão dos passageiros, esses são os piores quesitos do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, mas o resto da estrutura e serviços também está longe de ser considerado positivo. O resultado aparece no levantamento do Ministério dos Transportes que mostra que, dentre os 20 maiores aeroportos do país, o terminal em Florianópolis tem a pior nota de satisfação dos usuários. 

Com avaliações que vão de 1 a 5, a Capital conseguiu a média de 3,51. O aeroporto de Curitiba, por exemplo, que teve o melhor desempenho do país, alcançou 4,77 pontos. O resultado da Pesquisa de Satisfação do Passageiro nos terminais brasileiros, que juntos respondem por 87% da movimentação de passageiros no país, foi divulgado ontem à tarde pelo Ministério dos Transportes. No caso de Florianópolis a pesquisa é referente aos meses de novembro e dezembro. 

A insatisfação dos usuários do Hercílio Luz aparece principalmente em itens como qualidade da internet, que recebeu apenas 1,46 pontos - a média entre os terminais neste quesito chega a 3,43. O custo-benefício do estacionamento (2,17) e dos produtos de lanchonetes e restaurantes (2,46) também tiveram um desempenho bem abaixo da meta do governo, que é de 4. 

Em Florianópolis, entre os 38 indicadores pesquisados, apenas nove alcançaram essa meta. A cordialidade dos funcionários da emigração recebeu a maior pontuação, 4,48. A qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem, o tempo de fila na emigração, a prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança e do ckeck-in também foam bem avaliados, mas ainda assim as notas são mais baixas que as médias dos outros terminais analisados. 

O presidente da Santur, Valdir Walendowsky, defende que a situação do terminal em Florianópolis não impacta na redução de visitantes, porém a melhoria poderia incrementar o número de visitantes, inclusive de outros países:

— É claro que se tiver melhorias logísticas teria mais turistas em SC. 

Essa foi a primeira vez que o Hercílio Luz foi incluído no levantamento. Segundo a assessoria da Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, a inclusão é justificada pela pesquisa englobar os terminais que mais movimentam passageiros no país. Além disso, o aeroporto de Florianópolis "está com a iniciativa privada e é importante que o poder publico acompanhe a gestão", acrescentou. A concessionária Floripa Airport assumiu o controle do espaço em 3 de janeiro deste ano, antes a administração era da Infraero.

Também foram incluídos pela primeira vez na avaliação os aeroportos de Belém (PA), Maceió (AL), Goiânia (GO) e Vitória (ES). Entre esses terminais, o de Florianópolis apresentou a pior nota em todos os quesitos analisados. Nestes aeroportos foram realizadas 4.836 entrevistas entre novembro e dezembro de 2017, já nos 15 demais, foram no último trimestre do ano passado. Por isso, o Ministério dos Transportes considera os terminais em rankings separados nesta primeira avaliação. A próxima pesquisa sai em abril.    

O que diz

Infraero
O Aeroporto de Florianópolis foi concedido à iniciativa privada e estava em processo de transição operacional quando a pesquisa foi realizada. Ainda assim, a Infraero avaliará o resultado obtido durante sua gestão para aprimorar seus processos nos demais aeroportos de sua rede. Além disso, a empresa segue à disposição da Floripa Airport, dando suporte às operações do aeroporto, conforme previsto no contrato de concessão.

Floripa Airport
O relatório foi realizado antes da concessionária assumir as operações do aeroporto. A empresa assumiu em 3 de janeiro de 2018, há menos de um mês, e desde então, implementou uma série de melhorias no terminal, como
ampliação da capacidade da área de inspeção de segurança; instalação de uma nova rede de wi-fi gratuito; início das reformas de várias lojas e restaurantes e negociação com novos parceiros. 

O que é a pesquisa

Trimestralmente, desde 2013, o Ministério dos Transportes divulga o resultado da avaliação dos principais aeroportos em relação à satisfação dos passageiros com base em 38 quesitos de infraestrutura, atendimento, serviços, itens de gestão, além da satisfação geral, com notas entre 1 e 5, sendo 1 "muito ruim" e 5 "muito bom". 

Confira as notas dos aeroportos participantes da pesquisa:

Curitiba 4,77
Viracopos 4,76
Confins 4,48
Natal 4,48
Santos Dumont 4,43
Guarulhos 4,43
Manaus 4,39
Brasília 4,34
Fortaleza 4,32
Recife 4,29
Porto Alegre 4,28
*Maceió 4,28
Congonhas 4,22
*Goiânia 4,21
Cuiabá 4,14
Galeão 4,11
*Belém 4,01
Salvador 3,91
*Vitória 3,85
*Florianópolis 3,51

* Entrevistas em apenas dois meses e não trimestral, como nos demais

Aeroporto Hercílio Luz tem pior índice de satisfação dos passageiros, aponta pesquisa

Catarinenses podem ter CNH digital a partir desta quinta-feira 

Leia as últimas notícias no Diário Catarinense


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaÀs 18h, os brinquedos da Planetapeia vão percorrer os setor do Parque Vila Germânica. Às 19h será a vez de atrações… https://t.co/hdgiMphZqbhá 7 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaO desfile na Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau, está cancelado, mas algumas das atrações vão circular pelos… https://t.co/tTOVJw7lewhá 7 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca