Região Sul foi a mais atingida durante temporal em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Chuva24/01/2018 | 09h16Atualizada em 24/01/2018 | 09h26

Região Sul foi a mais atingida durante temporal em Blumenau

Na Rua da Glória o acúmulo de chuva chegou a marca de 67 milímetros, média da cidade foi de 27,6 milímetros

Região Sul foi a mais atingida durante temporal em Blumenau Defesa Civil de Blumenau/Divulgação
Estrago na Rua da Glória, em Blumenau Foto: Defesa Civil de Blumenau / Divulgação

Diferente de outros dias quando a chuva intensa atingiu vários bairros da cidade, na tarde e noite de terça-feira o temporal se concentrou na área Sul de Blumenau. Segundo a Defesa Civil o temporal chegou com maior intensidade nas ruas Glória, que registrou 67 milímetros, Ruy Barbosa (56 milímetros), Araranguá (44 milímetros), Jordão (41 milímetros) e na localidade da Nova Rússia (38 milímetros). A média na cidade foi de 27,6 milímetros.

De acordo com o secretário da Defesa do Cidadão, Rodrigo Quadros, o número de ocorrências registradas durante o temporal de terça-feira foi menor em relação aos dias anteriores - com exceção de segunda-feira quando apenas quatro ocorrências foram atendidas pela equipe da Defesa Civil.

— Na Rua da Glória há suspeita de que uma galeria tenha rompido, mas vamos até o local nesta quarta-feira para fazer uma vistoria. Apenas 10 ocorrências foram registradas pelo órgão — informa Quadros.

Nesta quarta-feira a previsão é de calor e dia abafado na cidade, com possibilidade de temporal ao fim da tarde. Segundo o AlertaBlu a temperatura máxima pode chegar a 38 ºC. Um dia típico de verão em Blumenau, assegura Quadros.  

Aplicativo do AlertaBlu

Para receber notificações sobre o risco de temporais na cidade, o aplicativo AlertaBlu está disponível para dowload. A ferramenta traz informações sobre o nível do rio Itajaí-Açu e a situação do momento, como estado de vigilância, atenção, alerta e prontidão, cotas de ruas e previsão do tempo. Também disponibiliza telefones úteis em casos de emergências, como Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Militar. 

Desde que as chuvas começaram na semana passada, o número de instalações quadruplicou. Na sexta-feira mais de dez mil downloads do aplicativo para smartphones ou tablets foram feitos e o número de usuários chega a 13,1 mil. 

Chuva em Brusque e no Litoral 

Rajadas de vento que atingiram Brusque durante o temporal de terça-feira à tarde destelharam cinco casas, três unidades escolares e vários locais foram atingidos por quedas de árvores, segundo a Defesa Civil de Brusque. De acordo com o coordenador do órgão, Edevilson Paulino Cugiki, o maior número de ocorrências foi de quedas de árvores e placas, mas ainda não é possível contabilizar todo o prejuízo causado pela chuva. Nesta quarta-feira o monitoramento continua.

Temporal causa estragos em Brusque
Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Brusque / Divulgação

Uma série de prejuízos foram registrados nesta terça-feira, devido ao temporal que atingiu a região de Itajaí.  No bairro Fazenda, parte do muro do Cemitério da Fazenda foi derrubado pelo vento. No Morro Cortado, na Avenida Osvaldo Reis — que liga Itajaí e Balneário Camboriú — uma cratera abriu no asfalto e a  roda de um carro ficou presa no local. Na Praia Brava, houve desmoronamento de terra. Nas avenidas e ruas da cidade foram registradas diversas quedas de árvores e alagamentos em virtude da chuva torrencial.

Em Balneário Camboriú houve  alagamentos em diversas ruas e avenidas como a do Estado, das Flores e Martin Luther, segundo a Defesa Civil. Também teve queda de árvores em ruas e fiação elétrica, queda de muros e diversos destelhamentos. Devido ao vento, parte da forração do primeiro andar da Câmara de Vereadores se desprendeu da estrutura e caiu. Telhas da cobertura também levantaram, o que provocou goteiras em alguns gabinetes.

Na cidade de Camboriú até as 21h de terça-feira a Defesa Civil já havia registrado oito casas destelhadas e pontos de alagamento no Centro da cidade e nos bairros Monte Alegre, Taboleiro, Conde Vila Verde, Areias, Cedro e Lídia Duarte. Três árvores caíram com os fortes ventos. Uma das quedas deixou a Avenida Santa Catarina em meia pista.
 
Leia também
::
Temporal derruba árvores e destelha casas em Brusque
::
Quarta-feira será mais um dia quente em Blumenau
::
Chuva forte provoca estragos na região de Itajaí
::
Acesse santa.com.br e confira notícias sobre Blumenau e região

Jornal de Santa Catarina
Busca