Verão também exige atenção com doenças respiratórias - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Saúde31/01/2018 | 07h00Atualizada em 31/01/2018 | 07h00

Verão também exige atenção com doenças respiratórias

Problemas em vias aéreas, mais associados ao inverno, podem aparecer nesta época do ano e exigem prevenção e tratamento de quadros gripais

Verão. Tempo de praia, sombra, água fresca, pés para o alto e de repor as energias. Nem sempre. A estação mais quente do ano soa como um convite ao lazer, mas também pode trazer perigos para a saúde. Mais comuns e associados ao clima de inverno, problemas respiratórios também podem dar o ar da graça nesta época do ano devido a fatores como mudanças bruscas de temperatura, na umidade do ar e ambientes com ar-condicionado.

O pneumologista Ricardo Albaneze, que atende no Hospital Dia do Pulmão e no Hospital Santa Isabel, conta que nos prontos-socorros o movimento em razão desses problemas respiratórios ainda segue a média do dia a dia profissional. No entanto, ele diz que a condição um pouco mais amena de temperatura deste verão na região de Blumenau em comparação com outros anos favorece a disseminação de algumas doenças virais.

– Os raios ultravioletas são um bom esterilizador de superfície. Quanto menos insolação direta a gente tem, o clima fechado, pouco sol e menos radiação ultravioleta, mais beneficia a propagação de vírus – explica o profissional.

Desta forma, abre-se uma porta para o aumento de casos de gripe e resfriados. Se tratados rapidamente, tudo certo, caminho livre para aproveitar o verão cheio de saúde. Mas gripes e resfriados também podem ser causadores iniciais de sinusite, inflamação do tecido que reveste os seios da face e que pode provocar infecção, acúmulo de muco e dor. Para evitar passar o verão em meio a tosses, espirros e sacolas de remédio, a solução é a prevenção. Conforme Albaneze, o diagnóstico precoce dos quadros gripais de verão ajuda a tratar com os antivirais corretos para eliminar a chance de complicações. Consumo de líquido e atividades físicas são outros fatores que costumam reduzir o tempo dos sintomas e a incidência das viroses.

Segundo o pneumologista, outro chamariz da sinusite é uma doença que costuma congestionar o nariz e é bastante conhecida de moradores do Vale do Itajaí: a rinite. Isso graças ao exército de fungos, que se aproveitam das condições de calor e umidade que prevalecem em Blumenau também nesta parte do ano. Já os ácaros e outros germes se disseminam por causa da menor insolação. Nesses casos, não tem jeito: a saída é buscar também o controle da rinite.

Os mesmos cuidados, sobretudo para pacientes que já sofrem com essas patologias, são importantes para evitar casos ainda mais graves, como crises envolvendo faringite, asma ou pneumonia. Segundo dados do IBGE, juntas, essas doenças afetam até 40% da população brasileira.

Alerta aos cuidados com o ar-condicionado

Além da menor presença do Sol, da variação de temperatura durante um mesmo dia, ao entrar e sair dos ambientes e dos quadros gripais não tratados, há outro elemento que pode se tornar um vilão para a saúde respiratória. Ele mesmo: o ar-condicionado. O pneumologista explica que os equipamentos podem até ajudar na limpeza do ar ambiente quando bem conservados, mas que, como muitas pessoas não costumam fazer frequentemente a higienização dos filtros, ele acaba passando do status de solução para problema, seja pela qualidade do ar ou pelo efeito no sistema respiratório.

– O ar ressecado irrita mais ainda a via aérea e pode deixá-la mais suscetível a problemas – detalha Albaneze.

Além dos casos de doenças respiratórias, o pneumologista afirma também que neste ano está sendo registrado um aumento nos casos de coqueluche – doença bacteriana com sintomas semelhantes aos da gripe, com febre e congestão nasal, mas com tosse que pode durar até três meses. O motivo seria uma diminuição na procura das pessoas pela vacinação contra a doença. Casos importados do vírus da gripe H3N2 vindos de pessoas que viajaram para os Estados Unidos também respondem por um aumento nos atendimentos.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau supera Joinville e conquista o quarto título da Olesc  https://t.co/JFTGP19eRxhá 14 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCriminosos quebram parede e arrombam cofre de farmácia na Itoupava Central em Blumenau  https://t.co/VQFH0Vgu8ghá 20 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca