Justiça determina a organização de novo concurso para realeza da 35ª Oktoberfest - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Oktoberfest06/03/2018 | 09h44Atualizada em 06/03/2018 | 09h44

Justiça determina a organização de novo concurso para realeza da 35ª Oktoberfest

Conforme decisão judicial, nova disputa deve ocorrer dentro do prazo de 30 dias

  

Seletiva da realeza da Oktoberfest
O novo concurso deverá ter as candidatas já classificadas na pré-seletiva, vedando a abertura de novas inscriçõesFoto: Eraldo Schnaider / Prefeitura de Blumenau

A Justiça determinou que o Parque Vila Germânica organize um novo concurso para escolher a realeza da 35ª Oktoberfest. A decisão foi proferida pelo juiz João Baptista Vieira Sell, da 1ª Vara da Fazenda de Blumenau, nesta segunda-feira. O magistrado decidiu que a organização da festa suspenda o concurso que coroou rainha e princesas da festa no ano passado. A decisão é em caráter liminar e cabe recurso por parte da organização. 

Segundo a ação judicial, os organizadores devem fazer um novo concurso no prazo de 30 dias e em 10 dias precisa apresentar um novo cronograma de seleção. O processo foi movido por Ana Paula Molverstet, candidata que foi coroada rainha da festa no ano passado, mas não pode assumir o título, pois segundo a organização houve um erro na tabulação das notas dos jurados. À época, no dia seguinte à coroação de Ana Paula, a organização anunciou um novo resultado.  Com isso, a realeza foi composta pela rainha Karolina Gehrke, a primeira princesa Daniele Kirsten e Daniela Provesi como segunda princesa.  

A candidata questiona a avaliação dos jurados. Segundo consta na ação, apenas dois dos três requisitos previstos no regulamento foram avaliados. Conforme o juiz, o novo concurso deve observar todos os três quesitos estabelecidos no regulamento oficial — postura e desenvoltura na passarela; capacidade de comunicação; beleza e simpatia — além de aproveitar as inscrições das candidatas já classificadas na pré-seletiva, vedando a abertura de novas inscrições.

O juiz estipulou multa de R$ 3 mil por dia caso a comissão organizadora do concurso não atenda a decisão. O Santa entrou em contato com o Parque Vila Germânica, que afirmou que só vai se manifestar sobre a decisão, após ser notificado oficialmente. Ainda de acordo com a decisão, a suspensão não impede que a atual realeza da festa permaneça no exercício das funções, cumprindo os compromissos agendados. 


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDuas pessoas morrem em acidente na BR-470, em Ilhota https://t.co/DzntbjJaXo #LeiaNoSantahá 16 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDois homens são presos após roubo a lotérica no Centro de Gaspar https://t.co/4xM5W69r7C #LeiaNoSantahá 17 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
Imprimir