Conclusão das obras do Parque das Itoupavas fica para maio - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Infraestrutura05/04/2018 | 07h03Atualizada em 05/04/2018 | 07h03

Conclusão das obras do Parque das Itoupavas fica para maio

Abertura do espaço ao público ainda depende de questões logísticas, como empresa de segurança e trabalhadores que farão a manutenção do local

Conclusão das obras do Parque das Itoupavas fica para maio Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Local foi projetado para suprir a falta de espaços públicos de lazer na região Norte de Blumenau Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Os equipamentos da academia ao ar livre foram instalados, assim como uma ou outra lixeira e os bancos. O cimento da quadra foi colocado, mudas de plantas que farão parte do cenário já foram postas e o entulho já foi amontoado do lado de fora. Na entrada, o portão está fechado, mas a obra de arte que dará as boas vindas aos visitantes está lá, prontinha. Mesmo assim, vai ficar só para o mês que vem a entrega da obra do Parque das Itoupavas, espaço semelhante ao Ramiro Ruediger, que fica às margens da BR-470.

O secretário de Infraestrutura Urbana de Blumenau, Régis Evaloir da Silva, explica que no aspecto construtivo os trabalhos já estão prontos. Faltam algumas instalações elétricas, colocação de bebedouros e o procedimento burocrático que ocorre no fim de obra – como a avaliação se o que foi feito está de acordo com o projeto original, por exemplo – para que a estrutura seja oficialmente entregue à comunidade.

– Não deve demorar mais de 30 dias para fechar essa parte. A partir daí iremos avaliar os documentos, fazer os últimos pagamentos e verificar se o município quer fazer alguma outra pequena intervenção no local – argumenta o secretário.

A entrega da obra, porém, não significa na abertura dos portões do Parque das Itoupavas ao público no início de maio. Isso porque falta o município definir questões logísticas, como empresa de segurança e trabalhadores que farão a manutenção do local, para que o espaço fique oficialmente à disposição da comunidade.

– É diferente de fazer uma pavimentação, em que a gente termina a obra e acabou. Uma coisa é a construção da obra, outra é a operação do parque, mas isso foge da alçada da Secretaria de Infraestrutura – completa Silva.

A prefeitura confirmou que a gestão do Parque das Itoupavas será compartilhada entre a Secretaria de Administração, que ficará responsável pela vigilância e a Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana, que fará a zeladoria do local. Detalhes que envolvem processos licitatórios serão definidos apenas após o término da obra.

O custo total do parque, orçado em R$ 2,8 milhões no fim de 2015, será de R$ 4 milhões, um aumento de 42%. Um lobby teve de ser feito no ano passado para prorrogar o prazo de entrega e liberar um novo aditivo de R$ 500 mil para evitar novos atrasos e a paralisação dos trabalhos – o que traria ainda mais ônus ao município. A nova previsão de finalização dos trabalhos, que era fim de fevereiro deste ano, foi ampliada para março por conta do mau tempo em janeiro. 

A prefeitura alegou que a enxurrada que assolou a cidade no início do ano forçou as equipes a interromper os trabalhos no local, o que comprometeu o cronograma. Agora, o prazo foi estendido para o início de maio.

O PARQUE

A licitação do Parque das Itoupavas foi lançada no início de 2015, enquanto o contrato com a Sovrana Engenharia, responsável pelas obras, foi assinado no fim do mesmo ano. Com 49,5 mil metros quadrados, ele será maior que o Ramiro Ruediger (que tem 43 mil) e foi projetado para suprir a falta de espaços de lazer na região Norte de Blumenau.

O parque fica na Rua 1º de Janeiro, às margens da BR-470, e quando pronto terá pista de caminhada, ciclovia, quadras de basquete, futsal, vôlei de areia, playground, academia ao ar livre, pista de skate, bosque para piquenique e até mesmo uma cancha de bocha.

O espaço tem potencial para chegar a até 1 milhão de metros quadrados e é baseado no projeto do falecido arquiteto Egon Belz, inspirado em parques como o Ibirapuera, em São Paulo, e Barigui, em Curitiba.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau terá programação para a Semana da Imigração Alemã  https://t.co/SXsH0rQ1og #LeiaNoSantahá 5 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaIFC abre inscrições para três cursos gratuitos em Blumenau https://t.co/i6JdqzH19V #LeiaNoSantahá 6 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca