Grupos estreantes no Fenatib aguardam ansiosos para subirem os palcos - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Cultura13/04/2018 | 07h15Atualizada em 13/04/2018 | 07h15

Grupos estreantes no Fenatib aguardam ansiosos para subirem os palcos

Cia Beto Malabares e Grupo K -Teatro são dois dos novos grupos que vão se apresentar pela primeira vez no festival este ano

 

 Blumenau - Sc - Brasil - 10042018 - Roberto Vacelai o Beto Malabaris com a esposa Rosinha Walter apresentam a peça Brincando com Lixo no FENATIB.
Roberto Vasselai e Rosinha Walter chegam ao festival abordando a importância de se preservar o meio ambienteFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

O 21º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens de Blumenau (Fenatib)  começa nesta sexta-feira e muitos espectadores estão ansiosos pelas 15 peças programadas para esta edição. Mas não é só o público que conta as horas para as cortinas se abrirem. Os grupos de teatro também estão empolgados e quem vai subir ao palco pela primeira vez no Fenatib nem se fala. Roberto Vasselai e Rosinha Walter, da Cia Beto Malabares, de Gaspar, definem a estreia em apenas uma palavra: reconhecimento. Para o casal, parceiros de cena há pelo menos seis anos, esse será o momento de mostrar ao grande público um trabalho de formiguinha que leva principalmente às escolas cultura e educação ambiental.

Eles chegam ao Fenatib com o espetáculo de marionetes "Brincando com o Lixo". A obra é fruto de uma paixão de Vasselai pelo universo circense e alia uma preocupação com o planeta. Todos os bonecos que encantam crianças e adultos com acrobacias e malabarismos são feitos de material reciclado. A peça foi a primeira produzida pelo ator e diretor e ganhou espaço em unidades educacionais com oficinas para ensinar os estudantes a produzirem os bonecos e também incentivá-los a se aventurarem nesse universo.

– Quero inspirar as crianças e saber que um dia influenciei uma delas a entrar para o teatro – fala.

Foto de Jonathan Pellense da peça o tapete de Maria para o Fenatib 2018
Grupo K – Teatro, de Blumenau, tem 13 anos de carreira e estreia no festival com "O Tapete de Maria"Foto: Jonathan Pellense / Divulgação

O Grupo K – Teatro, de Blumenau, tem 13 anos de carreira e estreia no festival com "O Tapete de Maria", inspirada na obra homônima de Simone Cosac Naify. O espetáculo tem mais de 10 anos e foi apresentado pelo menos 100 vezes em diferentes regiões do Brasil. A missão de contar a história de amor dos personagens Maria e Stéfano é dos atores Joanna Oliari e Rafael Koehler, com a direção de Nicoli Pereira.

– A nossa maior expectativa está no retorno dos profissionais de teatro que estarão presentes no Fenatib e na troca com as crianças durante a peça. É muito bom poder integrar a programação de um evento que contribui muito para a nossa formação como profissionais do teatro – afirma Koehler.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaExpectativa em Blumenau é vacinar 106 mil pessoas contra a gripe https://t.co/333L81xZwy #LeiaNoSantahá 7 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMotociclista morre após acidente entre carro e moto em Blumenau https://t.co/gfZBHqcdUo #LeiaNoSantahá 14 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca