Liberação do FGTS para atingidos por chuva de janeiro começa hoje em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Reconstrução02/04/2018 | 07h00Atualizada em 02/04/2018 | 07h00

Liberação do FGTS para atingidos por chuva de janeiro começa hoje em Blumenau

Cerca de mil pessoas poderão efetuar o saque em Blumenau, segundo estimativa da Secretaria de Defesa do Cidadão

Liberação do FGTS para atingidos por chuva de janeiro começa hoje em Blumenau Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Francisco Alves mostra barranco que desmoronou em janeiro e atingiu o imóvel onde ele e a família moram no Garcia Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

A semana inicia com um compromisso inadiável para centenas de famílias em Blumenau. A partir de hoje até sexta-feira cerca de mil pessoas atingidas pela enxurrada de 16 de janeiro podem solicitar a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a prefeitura, poderão requerem o saque aqueles que registraram a ocorrência junto à Defesa Civil, órgão onde devem agora apresentar os documentos exigidos para ter o dinheiro à disposição.

A família de Raquel Maçaneiro Alves, que reside na Rua Barcelona, no bairro Garcia, é uma das que estão na lista divulgada no site da administração municipal com direito a solicitar a liberação do fundo. Eles sabem que poderão dar entrada ao processo. Isso porque no documento consta o nome da rua e o número da casa que registrou a ocorrência na época, bem como a data em que os moradores destes imóveis devem procurar a Defesa Civil. O objetivo é prestar um atendimento ordenado às famílias e evitar tumultos. Dez profissionais do órgão municipal de defesa e da Caixa Econômica Federal farão a identificação preliminar dos documentos e informarão o dia para recebimento. O teto de saque é de R$ 6,2 mil.

As famílias que não relataram terem sido afetadas pela enxurrada não poderão acessar o benefício. O diretor de Defesa Civil de Blumenau, Adriano Cunha, explica que é necessário seguir rigorosamente a lista de atingidos enviada em janeiro ao Ministério da Integração Nacional. O documento leva em consideração os casos registrados nos dias 16, 17 e 18 do primeiro mês do ano. Na última década, o FGTS foi liberado para os blumenauenses em três oportunidades: 2008, 2011 e 2018.

Raquel está desempregada e não lembra se tem algum dinheiro no fundo, mas acredita que o marido e o enteado têm. O valor já tem destino certo: a reforma de algumas partes da casa danificadas por um deslizamento de terra que atingiu o imóvel em que vivem. A lama entrou em praticamente todos os cômodos.

O banheiro foi um dos mais afetados, pois teve toda a tubulação comprometida. Se possível, a ideia da família é finalizar um muro, que deve dar um pouco mais de segurança aos Alves, embora o alerta sempre acenda quando chove.

– Onde tinha um quarto antes agora colocamos a sala. É que temos medo de deslizar o barranco enquanto tiver alguém dormindo e a pessoa não ver o que está acontecendo – conta Raquel.

"O pouco que vier vai ajudar", diz atingida

A família de Lucia Helena Leal Sbardelatti está na lista para atendimento na quarta-feira e a expectativa é grande para efetuar o saque. Eles precisam reformar todo o primeiro andar da casa situada na Rua Carl Wahle, no bairro Água Verde. O espaço foi fortemente afetado pela chuva de 16 de janeiro. Há 30 anos ela não via algo parecido e conta que a água subiu tão rápido que mesmo estando em casa não foi possível tirar nada do local.

O forro será trocado, pois ficou danificado, e as paredes precisam ser pintadas, isso sem contar os prejuízos em equipamentos, como máquinas de costura e refrigerador.

– O pouco que vier do FGTS vai ajudar muito – afirma a empregada doméstica.

SERVIÇO
O que: habilitação para o saque do FGTS
Quando: de hoje até sexta-feira, conforme cronograma, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 17h
Onde: na Defesa Civil de Blumenau, no 1º andar da prefeitura, no Centro

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA
Os cadastrados devem levar originais e cópias da lista a seguir:

- Carteira de Identidade (também serão aceitos carteira de habilitação, passaporte e novo modelo da Carteira do Trabalho);

- Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

- Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS - páginas de identificação, contratos de trabalho e anotações gerais) ou CNIS (a ser retirada no INSS) ou Caged (a ser retirada no Ministério do Trabalho);

- Comprovante de residência em nome do trabalhador, cônjuge ou pais (conta de luz, água ou outro documento recebido via correio), com data de emissão ou data de postagem entre 30/09/2017 e 28/01/2018;

- Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante esteja em nome de cônjuge ou companheiro (a);

- Cartão do Cidadão (opcional);

- Cartão ou o número da conta na Caixa.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDuas pessoas morrem em acidente na BR-470, em Ilhota https://t.co/DzntbjJaXo #LeiaNoSantahá 10 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDois homens são presos após roubo a lotérica no Centro de Gaspar https://t.co/4xM5W69r7C #LeiaNoSantahá 11 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca