Postos de Blumenau devem ter combustível na tarde desta quarta-feira, afirma sindicato - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Greve dos caminhoneiros30/05/2018 | 09h43Atualizada em 30/05/2018 | 16h58

Postos de Blumenau devem ter combustível na tarde desta quarta-feira, afirma sindicato

Caminhões com cargas de gasolina e etanol começaram a ser liberados pela manhã, em Itajaí

Postos de Blumenau devem ter combustível na tarde desta quarta-feira, afirma sindicato Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

De acordo com informações de Zimmermann, os caminhões da distribuidora com gasolina e etanol estariam circulando até sem necessidade de escolta, liberados pelos manifestantes. Isso só não ocorre com caminhões de diesel, que ainda não estaria sendo liberado. O acesso foi facilitado depois que o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados De Petróleo Do Litoral Catarinense e Região (Sincombustíveis) obteve uma liminar que permitia a liberação do acesso à base da Transpetro, em Itajaí, onde são carregados os caminhões que abastecem os postos da região.

Através de nota, a Polícia Militar de Blumenau disse que está fazendo operações de escolta de caminhões-tanque e que o primeiro comboio deve chegar em Blumenau no começo da noite desta quarta-feira. De acordo com a nota, vários postos receberão as cargas simultaneamente em diversos pontos de Blumenau. A PM pede também que a população tenha calma e busque os postos sem pressa e evitando tumultos.

Nesta terça-feira, seis postos de Blumenau também chegaram a conseguir uma liminar para receber escolta em carga de combustíveis, mas os estoques desta quarta devem chegar também a outros postos da cidade. Nos postos que obtiveram a liminar, às 9h30min desta quarta os diretores ainda negociavam a escolta dos caminhões. Dois desses postos, nos bairros Salto do Norte e Fortaleza, informaram que receberiam 10 mil litros cada um. Nesses pontos, quando a gasolina chegar, a venda deve ser limitada a R$ 50 por cliente.

- Solicitamos a escolta no trajeto e também nos postos em que serão vendidos os combustíveis. Nossa preocupação é com a segurança, não vamos abrir para a venda se não houver essa garantia - afirmou o gerente de um dos postos, Cléber Dalcastagne, preocupado com a proximidade de um dos postos com um ponto de bloqueio na BR-470, em Gaspar.

Sindicato deve sugerir venda limitada e acredita em normalização até sexta
O presidente do Sinpeb diz que não é possível quantos ou quais postos terão combustíveis já nesta quarta porque isso dependeria da logística da distribuidora. No entanto, ele afirma que se não houver mais nenhum contratempo, até a sexta-feira a situação deve estar normalizada em todos os postos da região. São cerca de 270 postos nos 43 municípios atendidos pelo sindicato, entre Ilhota e Pouso Redondo.

– Fazemos um apelo para que a população forme as filas, se organize e tenha paciência, porque todos nós estamos no limite, esgotados. Mas que todos tenham paciência. Começou a liberar hoje e amanhã, na sexta-feira já volta a normalidade – tranquilizou Zimmermann.

O Sinpeb deve orientar os postos a nesse primeiro dia limitar a venda a R$ 100 por automóvel. A decisão, no entanto, deve caber aos postos. Em Gaspar, um acordo entre o sindicato e o Procon definiu esse limite para abastecimento no momento da retomada das vendas nos postos.

Foto:


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBR-470, em Blumenau, ficará interditada por duas horas nesta terça-feira https://t.co/67UyJOCVdJ #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaHorário de vacinação nos ambulatórios gerais de Blumenau é ampliado https://t.co/nd9O7oPdz5 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca