Seis postos conseguem liminar para receber combustível com escolta em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Greve dos caminhoneiros29/05/2018 | 18h00Atualizada em 29/05/2018 | 18h00

Seis postos conseguem liminar para receber combustível com escolta em Blumenau

Escolta ainda a ser definida deve garantir chegada de produtos a estabelecimentos, possivelmente já nesta quarta-feira, segundo a gerência de um dos locais

Seis postos conseguem liminar para receber combustível com escolta em Blumenau Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina/Jornal de Santa Catarina
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina / Jornal de Santa Catarina

Seis postos de combustíveis de Blumenau conseguiram uma liminar para que a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e Polícia Militar Rodoviária (PMRv) façam a escolta de caminhões de combustíveis desde as distribuidoras até os postos de destino. A decisão do juiz federal Vilian Bollmann, da 4ª Vara Federal de Florianópolis, atende pedido do Auto Posto Alge, do Posto Fortaleza, Posto Sinei, Posto Dalcastagne I e II e Posto Hass.

Leia mais:
:: Manifestantes impedem venda de combustível em posto com estoque em Brusque
:: Produtores do Vale do Itajaí descartam leite por falta de transporte

Três dos seis postos beneficiados pela liminar pertencem a uma mesma rede. O gerente de um deles, Cléber Dalcastagne, informa que a pendência agora para que os estabelecimentos recebam caminhões de combustível é a definição da escolta que vai acompanhar os caminhões desde a base em Itajaí até os locais de entrega. Ele acredita que nesta quarta-feira os postos já possam receber combustível, mas informa que não é possível precisar em que horário do dia isso acontecerá.

– Vale lembrar que nos nossos três postos haverá o limite de R$ 50 por cliente porque receberemos uma quantidade limitada, para começar a atender a demanda – afirma.

O posto de Cléber chegou a registrar fila na tarde desta terça-feira. Sem perspectiva de receber o combustível ainda nesta terça, no entanto, os motoristas deixaram o local depois das 15h, segundo a gerência.

Sindicato também aguarda decisão sobre pedido de liminar
Além dos seis estabelecimentos beneficiados pela liminar, o Sindicato do Comércio Varejista de derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb) também aguarda uma decisão favorável para a liberação dos caminhões. O presidente Júlio Cesar Zimmermann, a entidade apresentou um pedido de liminar para que os caminhões que estão posicionados em frente à base de distribuição em Itajaí possam ser carregados com combustível e passar pelos bloqueios para chegar até os postos da região. No entanto, até as 17h desta terça o pedido ainda não havia sido analisado. Os únicos caminhões de gasolina que chegaram a Blumenau foram para transporte coletivo e serviços urgentes da prefeitura.

Na Grande Florianópolis, uma decisão do juiz Yannick Caubet, da Vara de Plantão Cível e Criminal de Biguaçu, determinou a remoção de todos os caminhoneiros e manifestantes nas imediações do Terminal da Petrobras. Um depósito de combustível está bloqueado desde a semana passada pelos grevistas. A liminar atendeu pedido do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis contra a Associação Brasileira de Caminhoneiros. Após a decisão, ao menos três caminhões saíram do terminal, mas com carga apenas para abastecer viaturas de serviços públicos e emergenciais. 

 Leia mais:
:: Hospitais Santa Isabel e Santo Antônio fazem apelo por abertura de AGs em Blumenau na sexta-feira
:: Transporte reduzido, aulas mantidas: confira a situação no nono dia de protestos no Vale do Itajaí 


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDupla é detida furtando fiação elétrica na Itoupavazinha, em Blumenau https://t.co/ySFt0VAFa0 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaTia e sobrinha morrem em acidente em Rio dos Cedros; segundo a PM, motorista estava embriagado https://t.co/3zinKNdSmA #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca