Sem marmita e insumos por conta da greve, 40 obras são paralisadas em Blumenau - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Serviço28/05/2018 | 12h10Atualizada em 28/05/2018 | 12h10

Sem marmita e insumos por conta da greve, 40 obras são paralisadas em Blumenau

Município alega que empresas estão sem receber materiais há cinco dias

Sem marmita e insumos por conta da greve, 40 obras são paralisadas em Blumenau Patrick Rodrigues/
Foto: Patrick Rodrigues

Em ritmo de tartaruga desde o fim da última semana, cerca de 40 obras em andamento em Blumenau foram paralisadas nesta segunda-feira. Conforme a Secretaria de Infraestrutura Urbana, os trabalhadores estão sem alimentação que vem de terceiros – e que ficou retida na manifestação dos caminhoneiros – e as empresas não recebem insumos desde o último dia 24.

Obras como o prolongamento e duplicação da Rua Humbeto de Campos, de revitalização da Rua Bahia, de readequação da Rua General Osório, construção dos terminais Oeste (Água Verde) e Norte (Itoupava Central), Binário da Rua Chile e outras pavimentações foram paralisadas até o fim da greve. 

Até sexta-feira os trabalhos feitos nessas obras eram apenas braçais. Sem alimentação para os trabalhadores, esses serviços foram totalmente paralisados hoje, conforme a secretaria.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaJovem é baleado enquanto usava drogas em matagal em Blumenau https://t.co/Teg65ENJFk #LeiaNoSantahá 31 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaFiscalização é ponto crítico na segurança viária da serra da Vila Itoupava https://t.co/QnvUlbEQCD #LeiaNoSantahá 40 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca