Adolescentes de Blumenau criam miniempresas e aprendem sobre o mundo dos negócios - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Empreendedorismo10/07/2018 | 07h00Atualizada em 10/07/2018 | 07h00

Adolescentes de Blumenau criam miniempresas e aprendem sobre o mundo dos negócios

Iniciativa é voltada para alunos do segundo ano do ensino médio de Blumenau

Adolescentes de Blumenau criam miniempresas e aprendem sobre o mundo dos negócios Talita Catie/Jornal de Santa Catarina
Adolescentes criaram miniempresa que desenvolveu um kit com jogos de aprendizagem da Língua Brasileira de Sinais Foto: Talita Catie / Jornal de Santa Catarina

Empreender não é tarefa fácil. Exige planejamento, conhecimento de mercado e muita perseverança. Um grupo de 95 estudantes de Blumenau está lidando com esse desafio. Eles fazem parte do programa Miniempresa da Junior Achievement, em que o objetivo é despertar em alunos do ensino médio o espírito empreendedor. O trabalho compreende todos os processos reais de abertura de uma empresa. Desde a captação de capital, definição de presidente, diretores, financeiro, marketing, produção, comercialização do produto e até o retorno do lucro aos investidores.

Anderson Rodrigues, 16 anos, foi o mentor do "Na Ponta da Libras", um kit com dois jogos de aprendizagem da Língua Brasileira de Sinais. O produto foi criado em conjunto com outros 34 colegas. A ideia veio de uma realidade que o jovem conheceu ao fazer amizade com um rapaz surdo. Rapidamente ele aprendeu Libras e hoje ensina aos colegas. Para compartilhar o conhecimento que adquiriu e contribuir no processo de inclusão de pessoas com deficiência auditiva propôs a criação do jogo.
– Se ele quer comprar um lanche, às vezes, o atendente não consegue entender. Daí tem que ficar apontando, fazendo mímica – lamenta o jovem.

Para mostrar aos consumidores a importância do produto, os alunos criaram uma estratégia diferente de venda. Em um shopping, tentavam conversar com as pessoas na linguagem de sinais. Ao ver que não conseguiam se comunicar, mostravam os jogos e reforçavam a importância de conhecer Libras. As redes sociais também são aliadas. A Jussara Eliza, 16 anos, é a responsável pela comunicação do negócio e conta que as vendas estão aquecidas.

O trabalho do grupo começou em abril e a produção foi de 813 kits. Desses, mais de 600 já comercializados. Até pessoas de São Paulo e Pernambuco adquiriram o produto. O sucesso fez com que as vendas pela internet fossem suspensas. É que a produção no momento encerrou, pois o programa chega ao fim em agosto. Depois do balanço e fechamento das vendas, é que eles vão decidir se continuam com a miniempresa.
– Não queremos deixar parar, pois tem muita gente interessada. É tão gratificante ver que o nosso trabalho deu certo – comemora Jussara.

Quem apoia e incentiva os adolescentes fala com brilho nos olhos do empenho de cada estudante e sabe quão valiosa é a experiência. Vantuir da Silva trabalha em uma empresa que acolheu os integrantes miniempresa. Ele acompanhou todas as etapas, orientado os jovens empresários, e se sente orgulhoso do resultado.
– Eles encontraram um nicho de mercado, pois a gente percebe hoje que as empresas têm carência de intérprete, por exemplo – aponta.

Nesta edição, mais três grupos participaram da iniciativa, em diferentes segmentos, como aponta a coordenadora de projetos no Vale do Itajaí, Rosália Corrêa. Quando o programa encerrar, o resultado financeiro de cada miniempresa será dividido entre os acionistas e o dinheiro aplicado em impostos doado a uma instituição beneficente.

A experiência alia teoria, prática, responsabilidade social e, para alguns, a abertura de um leque de oportunidades para a carreira. Desde quando o programa começou, há mais de 10 anos, a coordenadora diz que os avanços são expressivos. Para ela, o aluno entra de uma forma no programa e sai transformado. Nessa experiência, muitos se descobrem empreendedores e outros encontram o caminho que querem seguir na vida profissional.
– Alguns alunos que já participaram hoje são gestores em grandes empresas – ressalta Rosália.

::: Leia mais notícias no Santa

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDuas pessoas morrem em acidente na BR-470, em Ilhota https://t.co/DzntbjJaXo #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDois homens são presos após roubo a lotérica no Centro de Gaspar https://t.co/4xM5W69r7C #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca