Projeto "Incrível Máquina de Livros" fica em Blumenau até sábado - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Educação11/07/2018 | 09h08Atualizada em 11/07/2018 | 09h08

Projeto "Incrível Máquina de Livros" fica em Blumenau até sábado

Projeto circula pelo Brasil e incentiva a leitura de forma lúdica

Projeto "Incrível Máquina de Livros" fica em Blumenau até sábado Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Sabe aquele livro que está em bom estado, mas só fica guardado na estante? Ele pode virar um novo, por meio da "Incrível Máquina de Livros". O projeto percorre o país e incentiva à leitura com a troca de livros, atrai a atenção do público de forma lúdica e estimula a imaginação de crianças e adultos. A ideia surgiu em 2012, quando um protótipo foi utilizado durante um teste de uma semana, na Praça da República, em São Paulo. Nesta primeira ação foram trocados 500 livros por dia, mas por falta de recursos o projeto não continuou.

– Desenhamos o projeto e ficamos cinco anos em busca de uma mágica financeira para conseguir colocar o projeto em pé, que somente aconteceu em novembro do ano passado, quando circulamos por quatro cidades de São Paulo e este ano a gente começou a campanha nacional – conta o idealizador do projeto inovador, Fauze Jibran.

A ação tem parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e saiu do papel graças ao patrocínio de uma empresa de papel e celulose, além de recursos via Lei Rouanet. Com recursos garantidos, uma van foi montada para percorrer 21 cidades, em 13 estados do Brasil. Agora é a vez do Sul do país receber esta iniciativa, e Blumenau foi uma das escolhidas.

– Fomos procurados no início deste ano pelos idealizadores do projeto e aceitamos participar desta ação, que vem ao encontro do que nós trabalhamos aqui na fundação, com nossos projetos, que visam à formação e qualificação do leitor – aponta Shirlei Dickmann, coordenadora de projetos de leitura da Fundação Cultural de Blumenau.

O funcionamento é simples, lúdico e divertido. A máquina recebe a visita dos interessados que podem levar um livro novo ou usado em boas condições (não pode estar rasgado ou riscado), insere na máquina e escolhe um dos botões disponíveis, adulto ou infantil. De forma automática, aquele livro guardado se transforma em outro: uma nova oportunidade de leitura e conhecimento.

Para o produtor cultural Ricardo Vita Martins, esta é uma forma de trocar literatura por literatura, com títulos novos e usados em bom estado, em um ciclo que é levado de um lugar para o outro.

Desde que a van começou a circular, já foram trocados aproximadamente 20 mil livros em 15 cidades. A máquina possui capacidade para transformação de mil livros novos por dia. A cada exemplar de literatura inserido cria-se uma expectativa, pois o leitor não sabe qual obra vai receber de volta. Aliado a isso, luzes e sons ambientam toda a dinâmica da máquina de livros.

Para poder fazer o processo, as pessoas precisam doar necessariamente livros literários. Não são aceitos didáticos, técnicos e gibis. Cada um pode colocar no máximo três livros na máquina e transformá-los em novos exemplares e experiências literárias.

::: Leia mais notícias de Blumenau

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau supera Joinville e conquista o quarto título da Olesc  https://t.co/JFTGP19eRxhá 8 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCriminosos quebram parede e arrombam cofre de farmácia na Itoupava Central em Blumenau  https://t.co/VQFH0Vgu8ghá 14 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca