Aniversário de Blumenau terá cuca de 168 metros de comprimento - Geral - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Festa01/09/2018 | 18h00Atualizada em 01/09/2018 | 18h00

Aniversário de Blumenau terá cuca de 168 metros de comprimento

Um representante do sistema de homologação de recordes RankBrasil estará na Vila Itopava para confirmar esta como a maior cuca do Brasil

Aniversário de Blumenau terá cuca de 168 metros de comprimento Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Ela é uma das queridinhas da gastronomia de Blumenau. Uma massa doce com cobertura de farofa, um crumble à base de manteiga, farinha e açúcar. Os sabores mais tradicionais costumam ser de banana, nata e farofa. Mas ao longo dos anos o blumenauense aprendeu a conviver e apreciar variações mais alternativas, com abacaxi, uva, Sonho de Valsa e até linguiça Blumenau – criatividade que não é nenhuma heresia para os paladares mais alemães, simpáticos à união entre doce e salgado.

Essa é a cuca, uma das protagonistas da culinária local, presença certa em qualquer café mais farto servido pelos blumenauenses. A novidade é que este ano a cuca também terá lugar especial nas comemorações do aniversário da cidade. Neste domingo, quando a cidade comemora 168 anos, uma cuca de 168 metros de comprimento será servida às 16h30min, em um ato na praça da Vila Itoupava. O corte da cuca vai fechar o desfile de aniversário que a comunidade do bairro fará, com início às 15h. 

Um representante do sistema de homologação de recordes RankBrasil estará no local para confirmar esta como a maior cuca do Brasil, superando a marca atual, que é de São Bento do Sul, com 144,9 metros. Alcançar esta marca não é tarefa simples. Toda a lista de ingredientes é de proporções gigantescas. São 300 quilos de farinha de trigo, 60 quilos de manteiga, 90 quilos de açúcar, seis quilos somente de fermento. Achou pouco? Tem ainda 200 litros de água, 100 litros de leite, 600 ovos e 80 limões caipiras, para dar aquele (enorme) toque de raspas de limão. Para a farofa lá se vão mais 130 quilos de trigo, 100 de açúcar e 60 de manteiga.

O empresário Roberto Fritzke, 41 anos, está coordenando a produção da supercuca. Para ele, há uma responsável clara pela relação de carinho existente entre a cuca e os blumenauenses.
– É a tradição, é o fato de ser uma receita feita pelas mães e pelas avós. Hoje ela é famosa até mesmo para quem vem de fora – conta.

::: Produção cultural em Blumenau cresce de forma autoral e ativa
::: Para todos os gostos: culinária de Blumenau vai muito além dos pratos germânicos

CUCA TERÁ OITO PADEIROS E SERÁ FEITA EM DOIS TURNOS

 Blumenau - SC - Brasil - 31082018 - Roberto Fritzke fará a maior cuca do Brasil com 168 metros.
Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

A cuca começará a ser feita no fim da tarde deste sábado. Na sexta-feira Roberto organizava os ingredientes para deixar tudo preparado. Quatro padeiros vão assumir o primeiro turno e, no domingo, outros quatro assumem a parte final do serviço. Mais quatro pessoas vão ajudar untando as formas e auxiliando os padeiros.

Devem ser feitas 300 “folhas” de cuca, de 60 centímetros de comprimento e 46 centímetros de largura. Elas vão ser colocadas uma ao lado da outra, para completar os 168 metros, em homenagem ao aniversário da cidade.

Se o blumenauense já tinha uma relação íntima com a cuca, agora, tendo o prato presente nas comemorações de aniversário da cidade e sendo responsável pela maior cuca do país, esta relação de amor e sabor só tende a aumentar.

 
Jornal de Santa Catarina
Busca