Crônicas de cozinha: batata total flex - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Dicas25/09/2014 | 17h48Atualizada em 25/09/2014 | 17h55

Crônicas de cozinha: batata total flex

Saia da clássica dobradinha maionese (ou salada de batatas) e purê com as batatas ao murro



 A batata é combustível para uma cozinha total flex. Depois de uns minutos tomando banho de óleo quente fica tão deliciosa quanto calórica e cheia de coisas que devemos — mas nem sempre queremos — passar longe. Ela dá corpo para sopas, vai bem junto do aipim no escondidinho, purê e a clássica salada de domingo, que por aqui conhecemos como maionese. Lá em casa a batata desfila à mesa com mais frequência preparada nas duas últimas formas.

Outras crônicas:

>> Quiche, a salvação de uma vegetariana em churrascos
>> Meu primeiro bolo fofo
>> We love bananas
>> Como quase colocar fogo na casa abrindo um coco
>> Risoto fast-food

Se existem formas de medir a evolução de um cozinheiro amador entre as caçarolas, o purê talvez seja a mais transparente delas. Chegar ao ponto certo de cozimento das batatas e depois transformá-las num creme macio e sem nenhum carocinho sequer é uma atividade que requer alguma prática e paciência. Meu passado me condena: já fiz muito purê encaroçado e sem gosto. Pode se gabar quem se arrisca a nomear seu purê de mousseline, que equivale ao primo rico, cheio de leveza e finesse do purê.

Para um purê com cara de restaurante, algumas dicas: 

- Cozinhe as batatas sem casca, mas não deixe passar do ponto. Quando estiver fácil de espetar com um garfo, elas estão no ponto certo.
- Amasse as batatas com a ajuda de um amassador. É um instrumento barato e vale a pena comprar.
- Para dar um acabamento digno de restaurante, use a batedeira. O creme vai ficar liso, sem caroços.
- Use um pouco de leite para deixar a mistura mais leve.
- Para dar um toque especial: além do sal, tempere com um pouco noz-moscada moída na hora.
- Finalize com uma boa colherada de manteiga sem sal ou creme de leite.

Para sair da rotina da dobradinha purê-maionese, teste uma receita portuguesa simples, mas cheia de sabor: as batatas ao murro.

Batatas ao murro
(Fonte: Panelinha)

Ingredientes
4 batatas grandes
2 l de água
4 colheres (sopa) de sal grosso
4 colheres (sopa) de azeite alecrim a gosto

Modo de Preparo
1. Sem descascar as batatas, lave-as bem sob água corrente.
2. Numa panela grande, coloque as batatas com a casca e 2 litros de água. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar por 45 minutos. Transfira as batatas escorridas para um pano de prato limpo.
3. Quando esfriar, dê um murro em cada batata. Elas devem ficar ligeiramente achatadas e abertas.
4. Pré-aqueça o forno a 180 ºC (temperatura média).
5. No fundo de uma travessa refratária, espalhe metade do sal grosso e disponha as batatas. Salpique o restante do sal, regue com o azeite e polvilhe com o alecrim. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno preaquecido para assar por 15 minutos. Sirva quente com carnes, aves e especialmente com peixes.

Daniela Matthes é repórter e adora se aventurar pela cozinha. Escreve o Minha Receita, projeto do caderno Gastronomia do Santa. Para saber mais do projeto, acesse: santa.com.br/minhareceita.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPesquisa mostra caminhos para o trânsito de Blumenau https://t.co/XavCe4cQ4Q #LeiaNoSantahá 17 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaRegistro de doadores de medula óssea diminui em Santa Catarina https://t.co/Et1DnG5byn #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca