Esqueça o Alexandre Nero galã e vá dar risada com a peça O Grande Sucesso, em cartaz na Capital - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Teatro06/11/2016 | 09h41Atualizada em 06/11/2016 | 13h19

Esqueça o Alexandre Nero galã e vá dar risada com a peça O Grande Sucesso, em cartaz na Capital

História se passa em uma coxia de um teatro e todos os personagens são atores secundários de uma peça de quatro horas que aguardam sua vez de entrar no palco

Esqueça o Alexandre Nero galã e vá dar risada com a peça O Grande Sucesso, em cartaz na Capital Yasmine Fiorini/Agência RBS
Figurino impecável e colorido ajuda a criar uma atmosfera quase mágica para o musical nada convencional Foto: Yasmine Fiorini / Agência RBS

Alexandre Nero fez tanto sucesso como os bonitões Comendador, de Império, e Romero, de A Regra do Jogo, que surpreende no papel de um ator entediado e angustiado na peça O Grande Sucesso, em cartaz em Florianópolis neste fim de semana. Sem a pinta de galã que o consagrou na TV, ele poderia ser apenas um dos oito atores que participam da comédia musical — mas foi sua fama alcançada em novelas das 21h que atraiu o público que encheu o Teatro Ademir Rosa na noite de sábado.

A história se passa em uma coxia de um teatro e todos os personagens são atores secundários de uma peça de quatro horas e aguardam a vez de entrar no palco. Nesse "não lugar", como alguém define o espaço, eles começam a filosofar sobre questões do próprio teatro ("nenhum edital do lado de cá"), fracassos e sucessos. Há ainda espaço para piadas com a própria peça ("cult, que ninguém entende nada") e com Nero ("ator famoso, casa cheia").

Apesar de ser o ator mais famoso do espetáculo, Nero não é o único a se destacar no palco. Impossível não rir com as performances dançantes de Fernanda Fuchs, por exemplo. O figurino impecável e colorido ajuda a criar uma atmosfera quase mágica para o musical nada convencional — prepare-se para ver cenas como a de uma das atrizes tocando violino e passeando pelo palco deitada em um carrinho de rolimã.

Escrita e dirigida por Diego Fortes, originalmente de Curitiba como muitos dos atores, tem trilha sonora original com Nero dando vazão ao seu lado cantor - vale destacar uma versão musical para Poema em Linha Reta, de Fernando Pessoa — "Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo". Foi Nero mesmo quem encomendou a peça para o autor a partir de uma vontade de voltar aos palcos depois de quase 10 anos dedicados à televisão.

Nas redes sociais, Alexandre Nero até faz piada com o fato de ser conhecido mais pelos seus personagens de novelas do que pelo seu nome real. Em seu perfil no Instagram, durante um passeio pelo Mercado Público da Capital catarinense, publicou uma série de vídeos em que recebe fãs para fotos e pergunta se eles sabiam o seu nome. Nem todos sabiam.

Agende-se

O quê: O Grande Sucesso, com Alexandre Nero
Quando: domingo, às 18h
Onde: Teatro Ademir Rosa, no CIC (Av. Irineu Bornhausen 5.600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: R$ 100 / R$ 50 (meia). À venda nas bilheterias dos teatros do CIC, TAC e Pedro Ivo e via Bluetickete Vantajoso. Sócios do Clube do Assinante têm 20% de desconto.
Informações: (48) 3664-2628
Classificação etária: 14 anos

Leia mais:

Galã da TV e do teatro, Alexandre Nero se apresenta pela primeira vez em Florianópolis

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros