Apresentador pede desculpas a Ludmilla e diz que "pobre macaca" não é racismo  - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Explicações19/01/2017 | 13h02Atualizada em 19/01/2017 | 13h26

Apresentador pede desculpas a Ludmilla e diz que "pobre macaca" não é racismo 

Marcão do Povo foi entrevistado no Timeline Gaúcha desta quinta 

Apresentador pede desculpas a Ludmilla e diz que "pobre macaca" não é racismo  Reprodução/TV Record
Foto: Reprodução / TV Record

O apresentador Marcão do Povo, da TV Record do Distrito Federal, pediu desculpas à cantora Ludmilla e justificou o uso da expressão "pobre macaca". Em entrevista ao Timeline Gaúcha desta quinta-feira, o ex-âncora do programa Balanço Geral disse que em sua região a fala refere-se a quem ascendeu financeiramente.

– "Pobre macaca" são pessoas que eram pobres e conseguiram subir na vida. Ela era pobre e conseguiu subir na vida. E não dá valor a seus fãs – disse.

Leia mais:
Planeta Atlântida 2017: Jeremih, Ludmilla e CPM 22 são confirmados
Apresentador que chamou Ludmilla de "macaca" é demitido
Após ser chamada de "macaca" por apresentador, Ludmilla prestará queixa na polícia

Apesar das críticas, ele afirmou que não tem nada contra a artista: 

– É uma expressão usada principalmente por nós que fomos criados no interior. Temos essa brincadeira, uma expressão usada em bares. De maneira alguma eu quis "denegrir" a imagem de Ludmilla. 

Dirigindo-se à cantora, se mostrou arrependido: 

– Eu peço desculpas à Ludmilla e a todos os seus fãs.

Marcão disse, inclusive, ter dançado ao som dela: 

– Minha filha é fã dela. Eu dancei no aniversário da minha filha música da Ludmilla. Eu não tenho nada contra.

Após prestar queixa na polícia, Ludmilla anunciou que vai processar Marcão. E o comunicador não economizou ao falar das ações dela na Justiça:

– A Ludmilla entrou com ação contra alguém que falou que o cabelo dela era preto. Entrou com ação porque alguém falou que o short dela era preto. Ela está vivendo de processos, não de shows. Até porque está muita em baixa a cantora hoje no Brasil. Ah, e nem sabemos se o nome dela é Ludmilla ou Kátia. Para não atender o povo, ela diz que é Katia.

O âncora desmentiu que tenha sido demitido da Rede Record: 

– Ainda não assinei o destrato e quero continuar.

Em nota, a cantora classificou a ofensa como "desrespeito absurdo, vergonhoso". O Timeline ofereceu espaço à Ludmilla, mas, através de sua assessoria, a cantora respondeu que não vai se manifestar no momento.


 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaEpagri/Ciram alerta para risco de ressaca e alagamentos no domingo e na segunda-feira em SC https://t.co/9sQLDUhstM #LeiaNoSantahá 24 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é morto em troca de tiros com agente penitenciário em Tijucas https://t.co/EDoSjAkKj3 #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros